Categorias
Cultura Destaque Diário do Rio

Prédio com acervo da Funarte é interditado por problemas estruturais

Da Agência Brasil

A Fundação Nacional de Artes (Funarte) decidiu interditar o prédio que abriga o seu Centro de Documentação e Pesquisa (Cedoc), no centro do Rio de Janeiro. Segundo portaria publicada hoje (19) no Diário Oficial da União, a decisão leva em conta o estado do imóvel, “cujas condições físicas e estruturais atuais colocam em risco a integridade do acervo e das pessoas que nele trabalham e utilizam de seus serviços”.

O edifício fica na Rua São José, número 50, e ficará fechado por tempo indeterminado. A Funarte afirma que o imóvel não atende mais às qualificações para guardar o acervo do Cedoc com segurança e precisa de reformas que não poderiam ser realizadas no local. Segundo a fundação, alertas sobre problemas estruturais têm sido comunicados pelo Cedoc desde 2009.

O centro é responsável pela organização, preservação, acesso e difusão do acervo documental da Funarte. Além de parte da história e da memória da arte e cultura brasileiras, o acervo também guarda informações sobre políticas públicas desenvolvidas para as artes cênicas (teatro, dança, circo), artes visuais (fotografia, artes plásticas, vídeo, entre outras) e música (popular e erudita).

Para que esses serviços sejam mantidos, está em análise a possibilidade de transferência do acervo do Cedoc para novas instalações como, por exemplo, o Museu Casa da Moeda do Brasil, também no Centro do Rio de Janeiro.

Categorias
Destaque Notícias

4 clínicas são interditadas e 6 pessoas detidas por exercício ilegal da profissão de médico

Uma operação deflagrada para apurar denúncias de exercício ilegal da profissão de médico em quatro clínicas oftalmológicas acabou com seis pessoas detidas Duque de Caxias. Conforme a investigação, nas clínicas eram realizados exames e consultas por técnicos em optometria. Os quatro locais vistoriados foram interditados e as seis pessoas, conduzidas à delegacia para prestar esclarecimentos.

A ação foi realizada na quarta-feira (17) por Fiscais do Procon Estadual do Rio de Janeiro, em conjunto com a Delegacia do Consumidor da Polícia Civil.

Todos os locais foram interditados pela mesma razão: realização de consultas e exames que só poderiam ser feitos por médico especializado em oftalmologia e não por optometrista – profissional habilitado apenas para confeccionar óculos e lentes, de acordo com a prescrição médica.

Além disso, em uma das clínicas, a técnica em optometria, que atendia pacientes no local, estava com o registro vencido desde 2013.

Em todas elas os agentes encontraram equipamentos como cadeira optométrica, autorrefratores, caixas de prova com as lentes de diversos graus, oftalmoscópio, fichas receituárias, além de equipamentos de conferência do grau dos óculos.

Alguns locais contavam com sala de espera com fila para atendimento e sala de exames, e não possuíam documentação necessária ao funcionamento. Dos seis detidos pela polícia, quatro eram técnicos em optometria, uma era recepcionista e uma pessoa era responsável por captar clientes. Eles não tiveram as identidades divulgadas.

Categorias
Destaque Rio

Avenida Niemeyer ficará fechada neste fim de semana para obras emergenciais

 

Avenida Niemeyer será interditada pela Prefeitura do Rio nesta sexta-feira, às 22h, nos dois sentidos, e permanecerá fechada durante o fim de semana, para obras emergenciais de contenção.  A via será liberada às 5h de segunda-feira. Durante a semana a pista seguirá em sistema siga e pare.

A interdição , que será feita por meio da Secretaria de Infraestrutura e da GeoRio,  será necessária para que sejam descartados os riscos de deslizamento, apontados em recente relatório técnico elaborado pela GeoRio. A empresa vem fazendo um trabalho inédito e preventivo de limpeza das encostas na via. Somente por conta deste serviço foi possível identificar rochas fragmentadas que correm risco de rolamento iminente, na altura do número 101 da Avenida Niemeyer.

A fim de minimizar os transtornos no trânsito para a população, a obra vai contar com a montagem de um túnel temporário em que serão executados os serviços acima do muro já existente. Sendo assim, o trânsito nesse trecho será no sistema siga e pare com operadores durante todo o período da obra.

Nos últimos 15 dias, a GeoRio realizou no período da noite, serviços de limpeza da Avenida Niemeyer. Ao todo foram removidas 36 toneladas de lixo como folhas, galhos, garrafas pet, lixo residencial e até tubulação de ferro desativada, o que equivale a 20 caminhões.

Foto: ABr