Categorias
Cinema Cultura Notícias do Jornal Séries Sociedade TV & Famosos

Anthony Hopkins presta homenagem a Chadwick Boseman em discurso de aceitação ao prêmio no Oscar 2021

*Por Fabiana Santoro

Um das grandes surpresas do Oscar 2021 foi o ator Anthony Hopkins levando a estatueta de Melhor Ator para casa. Com um performance impecável e emocionante no filme “Meu pai”, o ator de 83 anos se consagrou como o ator mais velho a ganhar a categoria.

A categoria também tinha Chadwick Boseman como um dos favoritos por seu trabalho na cinebiografia ‘A Voz Suprema do Blues‘. Muitos fãs pareceram decepcionados com o vencedor da categoria, visto que essa era a última oportunidade de Chadwick ganhar o Oscar. O ator faleceu em agosto de 2020 vítima de câncer.

Entretanto, Antony Hopkins fez questão de prestar homenagem ao colega em seu discurso de aceitação do prêmio. Em seu perfil no Instagram, o vencedor de Melhor Ator publicou um vídeo agradecendo ao Oscar e lamentando a morte de Boseman.

Confira:

“Aqui estou, no País de Gales, a minha terra natal. Aos 83 anos de idade, eu não esperava receber este prêmio, realmente não esperava. Sou muito grato à Academia. Também quero prestar homenagem a Chadwick Boseman, que foi tirado de nós muito cedo. Eu realmente não esperava isso, então me sinto muito privilegiado e honrado”, disse ele.

Categorias
Cinema Cultura Séries Sociedade TV & Famosos

‘Minari’: Yuh-Jung Youn leva o prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante no Oscar 2021

*Por Fabiana Santoro

‘Minari – Em Busca da Felicidade’ é considerado um dos grandes filmes indicados ao Oscar 2021. A aclamada atriz Yuh-Jung Youn levou a estatueta de Melhor Atriz Coadjuvante para casa. Fazendo história na premiação, Yuhn-Jung-Youn se torna a primeira atriz sul-coreana a conquistar o prêmio.

Ao receber a estatueta, a atriz sul-coreana ficou encantada em conhecer Brad Pitt. Em seu discurso agradeceu Lee Isaac Chung, diretor do filme e destacou as outras indicadas, especialmente a Glenn Close: “Como é possível que eu pude ganhar da Glenn Close? Ela é a Glenn Close!!”

Yuh-Jung Youn em seu discurso de Melhor Atriz Coadjuvante por ‘Minari’. (Foto: Reprodução ABC News)

Yun-Jung Youn concorreu com as atrizes Maria Bakalova (“Borat: Fita de Cinema Seguinte”), Glenn Close (“Era Uma Vez um Sonho”), Olivia Colman (“Meu Pai”) e Amanda Seyfried (“Mank”).

Sobre a trama: 

Minari se passa nos anos 80. David (Alan S. Kim), um menino coreano-americano de sete anos de idade, que se depara com um novo ambiente e um modo de vida diferente quando seu pai, Jacob (Steven Yeun), muda sua família da costa oeste para a zona rural do Arkansas. Entediado com a nova rotina, David só começa a se adaptar com a chegada de sua vó. Enquanto isso, Jacob, decidido a criar uma fazenda em solo inexplorado, arrisca suas finanças, seu casamento e a estabilidade da família.

Categorias
Cinema Cultura Notícias do Jornal Séries Sociedade TV & Famosos

Oscar 2021: “Nomadland” ganha melhor filme; confira os outros vencedores da premiação

*Por Fabiana Santoro

Com dois meses de atraso, o Oscar 2021 principal premiação do cinema em Hollywood, ocorreu nesse domingo (25) anunciando os vencedores de sua 93ª edição.

“Nomadland” foi o grande destaque da noite da premiação, levando melhor direção e melhor filme. A chinesa Chloé Zhao, faz história como a primeira mulher asiática a ganhar a estatueta na categoria e a segunda mulher em 93 edições do Oscar a ganhar melhor direção.

Chloé Zhao com as estatuetas de Melhor Filme e Melhor Direção (Foto: Reprodução Instagram)

Confira os demais vencedores:

Melhor filme
Meu Pai
Judas e o Messias Negro
Mank
Minari
Nomadland
Bela Vingança
O Som do Silêncio
Os 7 de Chicago

Melhor atriz
Viola Davis – A Voz Suprema do Blues
Andra Day – Estados Unidos Vs Billie Holiday
Vanessa Kirby – Pieces of a Woman
Frances McDormand – Nomadland
Carey Mulligan – Bela Vingança

Melhor ator
Riz Ahmed – O Som do Silêncio
Chadwick Boseman – A Voz Suprema do Blues
Anthony Hopkins – Meu Pai
Gary Oldman – Mank
Steve Yeun – Minari

Melhor direção
Thomas Vinterberg – Druk – Mais uma Rodada
David Fincher – Mank
Lee Isaac Chung – Minari
Chloé Zhao – Nomadland
Emerald Fennell – Bela Vingança

Melhor atriz coadjuvante
Maria Bakalova – Borat: Fita de Cinema Seguinte
Glenn Close – Era Uma Vez um Sonho
Olivia Colman – Meu Pai
Amanda Seyfried – Mank
Youn Yuh-jung – Minari

Melhor ator coadjuvante
Sacha Baron Cohen – Os 7 de Chicago
Daniel Kaluuya – Judas e o Messias Negro
Leslie Odom Jr. – Uma Noite em Miami
Paul Raci – O Som do Silêncio
Lakeith Stanfield – Judas e o Messias Negro

Melhor filme internacional
Druk – Mais uma Rodada (Dinamarca)
Shaonian de Ni (Hong Kong)
Collective (Romênia)
O Homem que Vendeu Sua Pele (Tunísia)
Quo vadis, Aida? (Bósnia e Herzegovina)

Melhor roteiro adaptado
Borat: Fita de Cinema Seguinte
Meu Pai
Nomadland
Uma Noite em Miami
O Tigre Branco

Melhor roteiro original
Judas e o Messias Negro
Minari
Bela Vingança
O Som do Silêncio
Os 7 de Chicago

Melhor figurino
Emma
A Voz Suprema do Blues
Mank
Mulan
Pinóquio

Melhor trilha sonora
Destacamento Blood
Mank
Minari
Relatos do Mundo
Soul

Melhor animação
Dois irmãos: Uma Jornada Fantástica
A Caminho da Lua
Shaun, o Carneiro: O Filme – A Fazenda Contra-Ataca
Soul
Wolfwalkers

Melhor curta de animação
Burrow
Genius Loci
Se Algo Acontecer… Te Amo
Opera
Yes People

Melhor curta-metragem
“Feeling Through”
“The Letter Room”
“The Present”
“Two Distant Strangers”
“White Eye”

Melhor documentário
Collective
Crip camp
The mole agent
Professor Polvo
Time

Melhor documentário de curta-metragem
Collete
A Concerto is a Conversation
Do not Split
Hunger Ward
A Love Song for Natasha

Melhor som
Greyhound: Na Mira do Inimigo
Mank
Relatos do Mundo
Soul
O Som do Silêncio

Canção original
Fight For You – Judas e o Messias Negro
Hear my voice – Os 7 de Chicago
Husa’vik – Festival Eurovision da Canção: A saga de Sigrit e Lars
Io sì – Rosa e Momo
Speak Now – Uma noite em Miami

Maquiagem e cabelo
Emma
Era Uma Vez um Sonho
A Voz Suprema do Blues
Mank
Pinóquio

Efeitos visuais
Problemas Monstruosos
O Céu da Meia-Noite
Mulan
O Grande Ivan
Tenet

Melhor fotografia
Judas e o Messias Negro
Mank
Relatos do Mundo
Nomadland
Os 7 de Chicago

Melhor montagem
Meu Pai
Nomadland
Bela Vingança
O Som do Silêncio
Os 7 de Chicago

Melhor design de produção
Meu Pai
A Voz Suprema do Blues
Mank
Relatos do Mundo
Tenet