Categorias
Brasil Destaque Diário do Rio Notícias Política Rio

AIEB Brasil irá homenagear voluntários do Natal Solidário

A instituição AIEB Brasil (Associação Internacional dos Embaixadores da Paz) irá homenagear os colaboradores que apoiaram o projeto Natal Solidário, de 2021.

Todos os colaboradores irão receber a Comenda Embaixadores da Paz 2021, uma iniciativa anual de arrecadação e mobilização, feita com o objetivo de continuar apoiando a população em situação de vulnerabilidade.

A Comenda será entregue na Câmara municipal de Duque de Caxias, no 9º Encontro de Autoridades em fevereiro de 2022. A iniciativa busca o engajamento na causa, com a finalidade em arrecadação e novos embaixadores(as), a fim de conseguir doações para a construção de projetos comunitários realizado pela AIEB Brasil.

“A AIEB Brasil é uma instituição filantrópica, mas medalhística, onde entregamos títulos e moções. E como forma de gratidão para aqueles que nos ajudam com as nossas ações sociais sendo Natal, Páscoa e dia das crianças, nós organizamos um evento para realizar uma homenagem”, explicou o presidente da AIEB Brasil, Rodrigo Agostini.

Categorias
Ação Solidária Destaque Fazendo a Diferença

Felipe Noronha desenvolve projeto gratuito para atender pessoas com vitiligo

A máxima fazer o bem, sem olhar a quem, se encaixa como uma luva na vida de Felipe Noronha. Empresário carioca, ele resolveu lançar o seu primeiro projeto social voltado para pessoas com vitiligo, doença que alcança 1% da população mundial. No Brasil, mais de um milhão de pessoas convivem com a doença. O desenvolvimento de transtornos psicológicos, como a queda na autoestima e a retração no convívio social, são seus efeitos mais significativos. A doença não tem causa definida, mas está associada a fenômenos autoimunes, exposição solar ou química, estresse e traumas emocionais.

O projeto irá acontecer uma vez por semana, com vagas limitadas e gratuitas. De acordo com o profissional, é importante que a doença já se encontre na sua fase estável e que o paciente tenha o consentimento do seu médico dermatologista. É importante salientar que a pele com a mancha de vitiligo é mais sensível e existe a preocupação para que a área a ser camuflada não sofra escoriações. Para isso o profissional irá usar a técnica da tatuagem estética como também equipamentos próprios para o procedimento. As sessões ocorrerão em ambiente ambulatorial na clínica em que ele atende na Barra da Tijuca, com todos os protocolos de biossegurança necessários. Para se inscrever basta mandar uma mensagem ao instagram do profissional: @tattooplasty. “A ideia é devolver aos pacientes a confiança com o seu próprio corpo. O vitiligo e outras marcas que mexem com a pigmentação corporal podem ser camufladas com a dermopigmentação paramédica”, explica Felipe.
Felipe Noronha trabalha com a implantação de novas tecnologias cirúrgicas para a neurocirurgia, cirurgia da coluna e da face. Começou sua carreira como instrumentador cirúrgico e até hoje faz dos centros cirúrgicos dos principais hospitais do país o seu hábitat natural.

Apaixonado pela milenar arte da tatuagem desde garoto, pensando na próxima tecnologia a ser lançada no mercado cirúrgico e diante dos avanços na qualidade dos pigmentos e equipamentos para a dermopigmentação, Felipe decidiu ser ele mesmo essa novidade se tornando tatuador estético. Há 5 meses sendo um dos poucos profissionais habilitados do ramo no Brasil ele oferece os serviços de dermopigmentação de estrias, cicatrizes, vitiligo, manchas acrômicas, leucodermias e suas principais especializações: harmonização areolar e reconstrução do complexo Aréolo-Mamilar. O  procedimento da tatuagem estética  consiste na diminuição do contraste de tonalidades entre a área lesionada e a pele sadia através das técnicas de tatuagem realista e uso de pigmentos personalizados.

 

Categorias
Destaque Notícias Rio Saúde

Show à Vida arrecada fundos para famílias atendidas no Instituto Fernandes Figueira

A Vice-Presidência de Gestão e Desenvolvimento Institucional da Fundação Oswaldo Cruz (VGPDI/Fiocruz), por meio de seu Escritório de Captação de Recursos, e o Instituto Nacional de Saúde da Mulher, da Criança e do Adolescente Fernandes Figueira (IFF/Fiocruz) promovem a terceira edição do evento beneficente Show à Vida, no dia 06 de novembro, às 19h. Pela primeira vez, será transmitido ao vivo, de forma online e gratuita.

O evento visa arrecadar doações para o programa Amigos do Figueira, rede de amor e solidariedade em prol das ações realizadas em apoio a crianças e adolescentes, com doenças complexas e dependentes de alguma tecnologia médica, e às suas famílias atendidas no IFF. Durante a transmissão, serão apresentadas pílulas dos projetos apoiados, e os espectadores poderão fazer suas doações através de um QR Code exibido na tela.

Nesta edição, o Show à Vida conta com a apresentação da Orquestra de Solistas do Rio de Janeiro (OSRJ), de 80 minutos de duração. A orquestra, regida pelo maestro Rafael Barros Castro, homenageará a vida e as obras dos sambistas Cartola, Noel Rosa e Nelson Cavaquinho, com o concerto “Mestres do Samba”, tendo como convidado especial o saxofonista Carlos Malta e Levi Chaves.

O show será transmitido nos canais do Youtube do IFF e do Teatro Rival Refit, além da página do Facebook da OSRJ.
A realização do evento conta com o patrocínio da Aché, Amil, Sanofi Genzyme, Drogasil, Bayer, Grupo SERES, Domingues e Pinho Contadores e Halliburton através da Lei de Incentivo à Cultura do Município do Rio de Janeiro e da Lei Federal de Incentivo à Cultura e parceiras como a Quintal, Estúdios Santa locação e o Teatro Rival Refit.

Amigos do Figueira

O Amigos do Figueira é uma realização do Núcleo de Apoio a Projetos Educacionais e Culturais (Napec) e do Novos Caminhos. Atualmente, o programa contempla os projetos Volta Pra Casa, Napec e Novos Caminhos. Para saber mais, acesse: www.amigosdofigueira.org.br.
Evento: Show à Vida
Artístico: Orquestra de Solistas do Rio de Janeiro convida Carlos Malta e Levi Chaves.
Dia: 06/11/2021
Horário: 19h
Local: Teatro Rival Refit (Rua Álvaro Alvim, 33 – Cinelândia, Rio de Janeiro – RJ)
Link 

Categorias
Ação Solidária Destaque

Colégio arrecada 2780 unidades para a campanha Meias do Bem

Ao longo dos anos, o CEL Intercultural School tem participado de várias iniciativas solidárias. E uma das mais recentes foi a Meias do Bem. Em parceria com a loja Puket, de roupas e acessórios infantis, o colégio arrecadou, em suas quatro unidades, após pouco mais de um mês, 2780 meias. As doações serão revertidas em cobertores para moradores de rua. A cada 40 pares doados, as pessoas necessitadas recebem um cobertor e um par novo de meias.

Não é só uma campanha, mas um service learning, que é um trabalho da Educação do Caráter. Nele, além de fazer uma boa ação para alguém, há um ganho acadêmico para os alunos e uma reflexão final – explica Vitoria Padilla, coordenadora geral da Educação Infantil e Ensino Fundamental I do CEL.

Nossos alunos trabalharam com Matemática: quantas meias são necessárias para transformá-las em um cobertor. E, também, nas aulas de CEL Maker, construíram um aparelho que contabilizava cada meia que entrava na doação. Ou seja, não era apenas uma campanha, mas um ganho acadêmico, como, normalmente, acontece nas iniciativas das quais participamos – exemplificou Vitoria.

Uma das estratégias empregadas é a política dos 5R’s: repensar, recusar, reduzir, reutilizar e reciclar. O primeiro ponto é repensar, porque precisamos primeiro refletir sobre hábitos de consumo e descarte – continua a coordenadora.

Gerente da unidade da Puket que recebeu as doações, Glaucia ficou feliz com a parceria com o CEL:

É muito importante, porque despertamos esse assunto nos alunos e, ao mesmo tempo, eles conhecem nossa marca, que fica mais consolidada em quem já a conhecia.

Início em 2013:
O projeto Meias do Bem teve início em 2013:

Fazemos meia há mais de 30 anos e, neste processo produtivo, sempre sobram fiapos, pedaços de meias velhas que a gente sempre deu para transformar em cobertores. Aí a gente estava pensando e vendo a campanha do agasalho, que é muito legal: as pessoas dão roupas velhas a quem precisa. Só que, normalmente, as meias velhas a gente joga fora. Foi aí que surgiu a ideia do Meias do Bem. Já tínhamos o processo produtivo, e por que não coletar todas essas meias que, em geral, iam para o lixo, e transformar em cobertores? –  indaga Cláudio Bobrow, sócio-fundador da Puket e idealizador do projeto.

Categorias
Destaque

A Lei do Retorno

O futuro é uma construção constante e instável: Constante, uma vez que o futuro é eterno; enquanto instável não podemos precisar esse futuro. Nossa função é viver. A “coisa” é tão tensa que sugiro buscarmos estar em plenitude de espirito e paz. As engrenagens parecem apontar para uma desengrenarem avassaladora! Minha oração e súplica é para que a compreensão forneça a força e a energia para cada dia, a fim de que vivamos com sabedoria e muito mais compaixão.

Será que já não basta mais “passar pernas” nos outros? Será que não já foi mais que de mais confundir uma alma boa como essa sendo uma pessoa otária? Parece que, quando vimos alguém entregando/devolvendo algo que foi esquecido por outrem em um lugar, dizemos: isso está cada vez mais raro! Como se este ato não fosse o absolutamente normal!

Minha prece continua solicitando que a honestidade e a bondade não sejam motivos de admiração, pois devíamos tê-las como “algo comum” em nosso viver. Isto faz parte de nós! Não está fora! Nunca esteve fora! Entristece perceber os valores invertidos. As análises do próximo sem a empatia. A força ingrata da cobiça ou os feitos dos olhares atravessados da inveja, ganancia e mentiras. Que triste destino dos que erram o alvo; que acham que esperto é o mesmo que inteligente!…

Desejo que a vida de cada um seja leve, livre e solta, feito passarinhos que dançam na turbulência dos ventos de cada estação, mesmo estando apoiados num fio ou galho de árvore. Que as penas mudem para fortalecer; ajudar quem está aprendendo a voar. Que tenham mais compaixão, que critiquem menos e elogiem mais. O respeito é “saber o limite do próximo, estendendo a mão quando preciso”.

O mundo é um grande castelo de cartas: imponente mas, extremamente frágil; ou igual a dominós enfileirados: a queda de um é a queda de todos. Somos Um!

Que o individualismo se enfraqueça e dê espaço para a empatia, o coletivo, amor ao próximo. E que parem de continuar crucificando Cristo todos os dias. Viver, é uma vez só (?). Então, vá amar o que o universo nos permitiu; sentir cada sensibilidade da alma, mente, corpo e tudo ao redor. Sinta o frio, o calor e o vento. Sinta sem moderação. Pois é sentindo que nos fazemos melhores humanos.

Categorias
Destaque Notícias Rio Saúde

Outubro Rosa

Shopping vai oferecer cortes de cabelo gratuitamente para doação nesta terça (19)

Essa e outras ações temáticas vão acontecer no espaço Sou do Bem, Sou Madu, no terceiro piso. Mall também receberá doações de lenços até o dia 25 de outubro

Para marcar o Outubro Rosa, mês de conscientização sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama e de colo do útero, o Madureira Shopping montou uma programação especial e gratuita para os moradores do bairro e do entorno.

Nesta terça, 19, entre 11h e 18h, o Shopping vai oferecer cortes de cabelo gratuitos para quem está disposto a ajudar quem precisa. Para participar, é necessário ter, pelo menos, 25 centímetros de mechas para doação. A ação acontece no 3º piso, em parceria com a Oncoimagem Brasil. Além disso, na mesma data, o Madu vai doar perucas para pacientes oncológicos e com alopecia. Para recebê-las, os interessados precisam apresentar laudo médico.

Já na quarta, 20, às 14h, o shopping vai sediar oficinas de maquiagem e de turbante, com dicas de beleza para as pacientes em tratamento contra o câncer.

Fechando as ações, no dia 25 de outubrosegunda-feira, às 14h, será realizado um bate-papo com a nutricionista Emília Akil e os alunos do curso de nutrição da Universidade Estácio de Sá sobre a relação entre o câncer de mama e a alimentação.

Para participar das atividades, as pessoas interessadas devem resgatar um cupom de acesso no aplicativo no Shopping. As turmas terão limitação de 20 pessoas simultaneamente.

Durante todo o período da ação, o Madureira Shopping vai receber lenços que serão doados a pessoas em tratamento de câncer e alopecia.

SERVIÇO:

Datas: 19, 20 e 25 de outubro

Horários: Terça-feira (19/10), das 11h às 18h | Quarta-feira (20/10), às 14h | Segunda-feira (25/10), às 14h.

Local: Estr. do Portela, 222 – Madureira.

Madureira Shopping – Rio de Janeiro

Entrada Gratuita

Categorias
Ação Solidária Aconteceu Brasil Cidade Destaque Fazendo a Diferença Rio

A arte e educação unidas para um futuro melhor

Coragem, garra e muita persistência foram os ingredientes que Eliete Gomes usou para tirar do papel o seu grande sonho: montar um atelier que unisse arte e educação.  E assim surgiu o Atelier Social Ecoar das Artes Eliete Gomes. “Me emociono muito de falar do atelier, porque no início foi muito difícil, um trabalho de formiguinha. Éramos eu, meu filho e alguns professores voluntários, não tínhamos patrocínio e pouco dinheiro para investir. Levei muitos nãos, mas sempre acreditei e deu certo”, revela Eliete.

 

Professora, pedagoga, mestre em artes visuais e acadêmica da Academia Brasileira de Belas Artes, Eliete Gomes, que trabalhou por 40 anos na rede pública de ensino, sempre sentiu a carência que os alunos tinham em aprender.  “O Atelier é um espaço de aprendizado e de convivência social. Eles aprendem muitos valores aqui. Sou muito feliz convivendo com as crianças e adolescentes e tendo a oportunidade de ensinar tudo que aprendi”.

Fundado há 12 anos, em Santa Cruz, zona oeste do Rio de Janeiro, o Ecoar tem como objetivo principal assistir crianças e adolescentes que, além das artes, aprendem a resgatar a autoestima, a cidadania e os projetos sociais. E por meio do projeto Educarte, são atendidas uma média de 50 crianças e adolescentes de 08 à 15 anos de idade, estudantes da rede pública de ensino e moradores do bairro.  No atelier, além do reforço escolar, os alunos aprendem artes visuais, que são vistas das mais diversas formas como pintura em tela, desenho livre, biscuit, argila, sucata. Os trabalhos feitos no atelier são mostrados em exposições de artes gratuitas para a comunidade. Algumas telas também são levadas para exposições em outros países.

Com o patrocínio da Ternium, atualmente os alunos do Ecoar das Artes estão trabalhando à exposição O Romantismo no Brasil pelo Olhar de uma Criança. “No Projeto Educarte, além de estudar as características do romantismo, os alunos estudaram os autores desse movimento, conhecendo suas poesias e escrevendo poesias próprias com base nas dos autores estudados, como: Castro Alves, José Alencar, Gonçalves Dias, Alvares de Azevedo, Casimiro de Abreu e Gonçalves Magalhães.

Categorias
Destaque Diário do Rio Notícias

Inea realiza mutirão de doação de sangue em parque da capital na sexta-feira

O Instituto Estadual do Ambiente (Inea), órgão vinculado à Secretaria de Estado do Ambiente e Sustentabilidade (Seas), promoverá na próxima sexta-feira (6) um mutirão de doação de sangue no Parque Estadual da Pedra Branca, na Zona Oeste da capital fluminense. A iniciativa em parceria com o Hemorio espera receber 140 doadores ao longo do dia.

“Esta iniciativa orgulha a Secretaria e o Inea, uma vez que poderá salvar muitas vidas. Esperamos que a comunidade carioca e nossos servidores participem e contribuam para esta bela ação”, afirma o secretário de Estado do Ambiente e Sustentabilidade, Thiago Pampolha.

O evento é organizado pelo gestor do parque, Alex Ignacio, com o objetivo de contribuir para o aumento dos estoques do Hemorio.

“Todos os doadores receberão uma muda de planta como agradecimento, que será disponibilizada pela Cedae. Desta forma, além de ajudar ao próximo, cada um poderá também ajudar o meio ambiente”, explica Ignacio.

Os interessados deverão comparecer na sexta-feira das 9h às 15h na sede do parque, situada na Estrada Pau da Fome, 4.003, em Jacarepaguá. Cada doador pode levar 1 kg de alimento não perecível, que será entregue à Associação de Moradores do Monte da Paz, comunidade próxima à unidade de conservação.

A coleta dura no máximo 10 minutos, e todo o material utilizado é esterilizado e descartável. Não há risco de se contrair doenças no processo. Os cuidados de higiene sanitária relativos à Covid-19 serão adotados, assim como o uso de máscaras e álcool em gel. Mais informações estão disponíveis no site do Hemorio. Veja aqui.

Sobre o parque

Com 12.393 hectares de área, o Parque Estadual da Pedra Branca é considerado uma das maiores florestas em área urbana do mundo. A unidade de conservação abrange partes de 17 bairros da Zona Oeste do Rio, dentre eles Jacarepaguá, Vargem Grande, Vargem Pequena, Recreio dos Bandeirantes, Barra de Guaratiba, Bangu e Realengo. A sede da unidade de conservação fica no núcleo Pau da Fome, em Jacarepaguá, e as subsedes estão situadas nos núcleos Camorim, também em Jacarepaguá, e Piraquara, em Realengo.

Categorias
Destaque Diário do Rio Notícias Rio Social

Campanha do agasalho: estações do BRT recebem doações para os abrigos

A Campanha do Agasalho foi iniciada na segunda-feira (28) no Rio de Janeiro, promovida pelo BRT Rio em parceria com a Secretaria Municipal de Assistência Social (SMAS). O objetivo é arrecadar casacos, calças, meias, cachecóis, gorros, mantas, cobertores, entre outros, em bom estado para doação, que serão doados à população em situação vulnerável da cidade.

Inicialmente, a caixa coletora itinerante, com a identificação da campanha, ficará na estação Jardim Oceânico, na Barra da Tijuca. Já os pontos fixos para a entrega das doações serão as estações Taquara e Mato Alto e o Terminal Recreio, a partir da próxima sexta-feira (02). Todos os donativos serão encaminhados para a rede de abrigos da cidade e higienizados antes da entrega.

A secretária municipal de Assistência Social, Laura Carneiro, informou que a campanha beneficiará todos que estiverem nos abrigos.

– Essa será uma campanha itinerante. Precisamos principalmente de roupas de frio, é muito importante para os nossos abrigos, não somente os públicos, mas em todos os que a população de rua precisa se abrigar. As caixas ficam nas estações de BRT até o dia 20 de julho, é só passar e deixar o seu agasalho de doação – incentivou ela.

Desde 1º de janeiro até o último sábado (26/06), a Assistência Social tinha atendido 56.339 moradores em situação de rua, sendo que 4.137 quiseram ser acolhidos.

Categorias
Destaque Diário do Rio Notícias Rio

Botafogo é o bairro campeão de doações da campanha Rio Contra a Fome em maio

A campanha Rio Contra a Fome segue com a arrecadação de alimentos e, em maio, segundo mês de coleta, moradores da  Zona Sul e da Tijuca foram os responsáveis por 37% das 10 toneladas de alimentos doadas. Botafogo desponta na frente entre os bairros que mais arrecadaram, com 810 quilos, seguido por Gávea (651) e Centro (648) no pódio da solidariedade.

A Zona Oeste surpreendeu também marcando presença na lista dos campeões, com Campo Grande em 5º lugar e Realengo e Guaratiba na 9ª e 10ª colocações, respectivamente.

Tomás Coelho foi destaque na menor quantidade de doações, três quilos em todo o bairro, seguido por Vila Aliança e Mangueira, que juntos não somam dez quilos de alimentos. A menor arrecadação nesses bairros se explica pela baixa renda per capita da população.

Um dos desafios logísticos da Rio Contra a Fome, segundo a prefeitura, é fazer com que a comida chegue a todos os lugares, já que as áreas com maior arrecadação ficam distantes das que mais precisam receber as cestas básicas.

A Secretaria Especial da Juventude Carioca (JUVRio) está à frente da campanha, em parceria com as secretarias de Saúde (SMS), Ação Comunitária (SEAC), Esportes (SMEL) e Assistência Social (SMAS).

“Todos os pontos municipais de vacinação continuam recebendo as doações para a campanha em junho. A população carioca mostrou que a corrente de solidariedade pode ajudar muita gente, contamos com as doações para continuar colocando comida na mesa de quem mais precisa no momento”, diz Salvino Oliveira, secretário da JUVRio.