Categorias
Destaque Notícias Rio Saúde

Hemorio e Estácio do campus Recreio promovem Trote Solidário

O Hemorio em parceria com a Universidade Estácio de Sá, campus Recreio irá realizar um “Trote Solidário” com doação de sangue, no dia 26 de agosto (sexta-feira), de 10h às 15 horas, no 3º andar do shopping Barra Word, no Recreio dos Bandeirantes.

Essa ação de solidariedade visa ajudar o órgão Estadual que distribui bolsas de sangue para mais de 200 hospitais públicos e conveniados com o SUS em todo o território do Estado do Rio de Janeiro.

O evento não é restrito só para os calouros do semestre 2022.2, da Estácio de Sá, campus Recreio mas também para qualquer pessoa acima de 18 anos que queria abraçar essa causa.

A doação de sangue é um ato altruísta que salva-vidas e bastante seguro, então participe você também do “Trote Solidário”.

Serviço:

Universidade Estácio de Sá, campus Recreio – 3º andar Shopping Barra Word – Biblioteca
Dia: 26 de agosto de 2022.
De: 10 às 15 horas.

Quem pode doar:

– Quem tem entre 16 e 69 anos, sendo menores de idade acompanhados por responsáveis. Adultos que estiverem com crianças menores de 12 anos não podem doar se estiverem somente com o menor;
– Estar com documento de identidade oficial com foto;
– Jovens com 16 e 17 anos só podem doar sangue com autorização dos pais ou responsáveis legais e ter um documento de identidade do responsável;
– Pesar 50 kg no mínimo;
– Estar em boas condições de saúde;
– Mulheres: podem fazer três doações de sangue por ano, sendo exigido o intervalo de três meses;
– Homens: podem fazer até quatro doações por ano, sendo exigido o intervalo de dois meses;

Quem não pode doar:

– Quem estiver gripado ou resfriado;
– Quem teve febre recente acima de 37 °C;
– Gestantes (apenas 90 dias após o parto normal e 180, cesárea);
– Lactantes;
– Quem fez tatuagens ou piercings há menos de seis meses (piercings orais e genitais impedem a doação enquanto eles estiverem no corpo);
– Anêmicos;
– Quem fez cirurgias recentes (checar o tempo exigido após cada cirurgia);
– Quem fez extração dentária em menos de 7 dias;
– Quem recebeu transfusão de sangue em menos de um ano;
– Recém-vacinados (checar o tempo exigido por cada vacina: CoronaVac, após 48h; AstraZeneca, Pfizer e Janssen: após 7 dias);
– Pacientes de Covid (até 10 dias após o desaparecimento dos sintomas);
– Usuários de alguns medicamentos, como analgésicos, anti-inflamatórios, anti-hipertensivos, antiparasitários, anorexígenos (checar a especificidade do remédio em uso);
– Quem teve hepatite após os 10 anos;
– Portadores de doenças e infecções transmissíveis pelo sangue, como sífilis, HIV, doença de Chagas.
– Usuários de drogas.

Preparação antes de doar

– Não é necessário estar em jejum;
– Evite alimentos gordurosos quatro horas antes de você ir doar;
– Não ingira bebidas alcoólicas 12 horas antes da doação;

Categorias
Ação Solidária Destaque Diário do Rio Fazendo a Diferença Notícias Notícias do Jornal Rio Saúde

Hemorio e Estácio promovem Trote Solidário no campus Recreio

O Hemorio em parceria com a Universidade Estácio de Sá, campus Recreio irá realizar um “Trote Solidário” com doação de sangue, no dia 26 de agosto (sexta-feira), de 10h às 15 horas, no 3º andar do shopping Barra Word, no Recreio dos Bandeirantes.

Essa ação de solidariedade visa ajudar o órgão Estadual que distribui bolsas de sangue para mais de 200 hospitais públicos e conveniados com o SUS em todo o território do Estado do Rio de Janeiro.

O evento não é restrito só para os calouros do semestre 2022.2, da Estácio de Sá, campus Recreio mas também para qualquer pessoa acima de 18 anos que queria abraçar essa causa.

A doação de sangue é um ato altruísta que salva-vidas e bastante seguro, então participe você também do “Trote Solidário”.

Serviço:

Universidade Estácio de Sá, campus Recreio – 3º andar Shopping Barra Word – Biblioteca
Dia: 26 de agosto de 2022.
De: 10 às 15 horas.

Quem pode doar:

– Quem tem entre 16 e 69 anos, sendo menores de idade acompanhados por responsáveis. Adultos que estiverem com crianças menores de 12 anos não podem doar se estiverem somente com o menor;
– Estar com documento de identidade oficial com foto;
– Jovens com 16 e 17 anos só podem doar sangue com autorização dos pais ou responsáveis legais e ter um documento de identidade do responsável;
– Pesar 50 kg no mínimo;
– Estar em boas condições de saúde;
– Mulheres: podem fazer três doações de sangue por ano, sendo exigido o intervalo de três meses;
– Homens: podem fazer até quatro doações por ano, sendo exigido o intervalo de dois meses;

Quem não pode doar:

– Quem estiver gripado ou resfriado;
– Quem teve febre recente acima de 37 °C;
– Gestantes (apenas 90 dias após o parto normal e 180, cesárea);
– Lactantes;
– Quem fez tatuagens ou piercings há menos de seis meses (piercings orais e genitais impedem a doação enquanto eles estiverem no corpo);
– Anêmicos;
– Quem fez cirurgias recentes (checar o tempo exigido após cada cirurgia);
– Quem fez extração dentária em menos de 7 dias;
– Quem recebeu transfusão de sangue em menos de um ano;
– Recém-vacinados (checar o tempo exigido por cada vacina: CoronaVac, após 48h; AstraZeneca, Pfizer e Janssen: após 7 dias);
– Pacientes de Covid (até 10 dias após o desaparecimento dos sintomas);
– Usuários de alguns medicamentos, como analgésicos, anti-inflamatórios, anti-hipertensivos, antiparasitários, anorexígenos (checar a especificidade do remédio em uso);
– Quem teve hepatite após os 10 anos;
– Portadores de doenças e infecções transmissíveis pelo sangue, como sífilis, HIV, doença de Chagas.
– Usuários de drogas.

Preparação antes de doar

– Não é necessário estar em jejum;
– Evite alimentos gordurosos quatro horas antes de você ir doar;
– Não ingira bebidas alcoólicas 12 horas antes da doação;

Categorias
Destaque Fazendo a Diferença Notícias Notícias do Jornal

Quiosques e postos de salvamento da orla recebem doação de agasalhos

A Orla Rio criou pontos de doação em diversos locais da orla carioca para arrecadação de agasalhos para as pessoas em situação de rua. A ação faz parte da campanha “Orla Abraça”, que convida toda a população a entrar nessa onda de solidariedade em prol das pessoas que mais sofrem com as baixas temperaturas dessa época do ano. Ao todo, são 15 locais de arrecadação, sendo 12 quiosques e três postos de salvamento, entre o Leme e o Pontal.

A campanha “Orla Abraça” está recebendo doações de casacos, cobertores, lençóis, meias, calças, além de luvas e toucas, até o dia 30 de junho. Após a coleta e triagem das doações, a concessionária contará com a ajuda da ONG “É Por Amor” para distribuir os itens para a população em situação de rua de Copacabana. Na ocasião, também serão distribuídas quentinhas.

Confira abaixo os locais para doação:

LEME E COPACABANA:

Quiosque Samba Social
Av. Atlântica, entre a Praça do Lido e a Rua Prado Jr.
n. 1218 – Em frente ao Restaurante Chinese Palace

Quiosque Espetto Carioca
Av. Atlântica, em frente a R. República do Peru
Em frente ao Restaurante Arabe

Quiosque Arrastapé
Av. Atlântica, em frente a R. República do Peru
Em frente à Escola Municipal Doutor Cícero Penna

Quiosque Coisa de Carioca
Av. Atlântica, em frente a R. Constante Ramos
em frente ao Pestana Rio Atlântica

Quiosque Botequim Carioca
Av. Atlântica, entre as R. Francisco Sá e R. Julio de Castilho
em frente ao Posto BR

Posto 02 de Salvamento de Copacabana

IPANEMA E SÃO CONRADO:

Quiosque De Lamare
Av. Vieira Souto, em frente ao n. 22
em frente ao Colégio São Paulo

Quiosque Para Raio
Av. Vieira Souto, em frente a R. Garcia D’Ávila

Quiosque Mané
Av. Prefeito Mendes de Morais, em frente a R. Condessa Diana de Gales

Posto 08 de Salvamento de Ipanema

BARRA DA TIJUCA E RECREIO:

Quiosque Tia Augusta
Av. do Pepê, em frente a R. Sargento João de Faria

Quiosque Dona Maria
Av. Lúcio Costa,
terreno vazio – prox Condomínio Golden Green

Quiosque PontalCom
Av. Lúcio Costa, em frente ao Bosque do Recreio

Quiosque Estação 12
Av. Lúcio Costa, em frente ao n. 18.778

Posto 04 de Salvamento da Barra

Categorias
Destaque Notícias Notícias do Jornal Rio Saúde

Campanha de doação de sangue tem expectativa de coletar 120 bolsas no dia 7 de junho

Como uma ação do movimento “Junho Vermelho” – campanha que busca conscientizar a população sobre a importância da doação de sangue e, desse modo, angariar mais doadores voluntários -, empresas do Centro Empresarial Mourisco, em Botafogo, no Rio de Janeiro, se uniram para realizar um dia de doação de sangue no local. A ação “Carioca Sangue Bom” será realizada em parceria com o HemoRio e espera coletar 120 bolsas de sangue no dia 7 de junho, das 10h às 15h. Realizam a ação as empresas Beep Saúde, Eneva e Parque Bondinho Pão de Açúcar. “Uma doação de sangue pode salvar até quatro vidas. É um gesto simples, mas com grande impacto para quem precisa. Com a ação, em parceria com as demais empresas, queremos promover a conscientização e oferecer a oportunidade dos colaboradores das empresas de doar”, conta Luli Dias Garcia, Coordenadora de Comunicação Corporativa da Beep Saúde. Além dos colaboradores das empresas do Mourisco, a iniciativa também está aberta ao público. Basta preencher os requisitos básicos para doação e comparecer na data e hora da ação.

Carioca Sangue Bom

Campanha de doação de sangue
Data: 07/06/2022
Local: Centro Empresarial Mourisco | Praia de Botafogo, 501
Horário: 10h às 15h

Categorias
Destaque Notícias Rio Social Sociedade

Desastre na Serra: Pontos de Coleta de doações

Rio de Janeiro

  • Todos os batalhões da Polícia Militar e bases do Segurança Presente;
  • As unidades da Faetec, do Cecierj, do Cederj e as escolas da Rede Ceja.
  • Águas do Rio e a Prolagos,
  • Alerj recebe doações na Rua da Ajuda, 5, no Centro do Rio.
  • Uerj arrecada doações, que podem ser entregues nos campi do Maracanã, São Gonçalo, Duque de Caxias, Teresópolis, Nova Friburgo, Resende e Ilha Grande.
  • Dez Coordenadorias de Assistência Social (CAS) do Rio estão recebendo doações no Centro, Vila Isabel, Engenho Novo, Bonsucesso, Madureira, Irajá, Jacarepaguá, Bangu, Campo Grande e Santa Cruz, de segunda a sexta, das 8h às 17h.
  • As estações de trens, barcas e metrô também montaram postos de recolhimento de doações.
  • Postos do Detran-RJ no estado também estão recebendo doações na sede no Centro, e nos postos de vistoria da Barra da Tijuca (Aerotown), Largo do Machado (Machado de Assis), Detran Acessível (Francisco Bicalho) e Duque de Caxias (posto de vistoria e Ciretran).
  • A concessionária de energia Enel Distribuição Rio está apoiando as doações com postos de coleta nas lojas de Angra dos Reis, Araruama, Campos dos Goytacazes, Itaboraí, Itaperuna, Macaé, Magé, Maricá, Niterói, Petrópolis, Rio das Ostras e São Gonçalo.
  • Firjan criou uma campanha de solidariedade para atender empresas e população de Petrópolis. As empresas que quiserem participar podem entrar em contato pelo WhatsApp (21) 9-9925-0363 ou pelo e-mail da campanha; prontoatendimento@firjan.com.br.
  • Arquidiocese do Rio também está recebendo doações através da Cáritas Arquidiocesana do Rio, na conta 48500-4, agência 0814-1, do Bradesco.
  • A Câmara dos Vereadores, no Centro do Rio, também é um ponto de recebimento de doações.
  • As 353 lojas das Drogarias Pacheco do estado estão arrecadando itens de higiene, água, alimentos não perecíveis, agasalho e roupas para as vítimas da chuva de Petrópolis.
  • Drogaria Venâncio também está recolhendo mantimentos nos seguintes endereços:

Olegário Maciel, 188 – Barra da Tijuca
Rua Conde de Bonfim, 340 – Tijuca
Avenida das Américas, 13400 – Recreio dos Bandeirantes
Rua Visconde de Pirajá, 477 – Ipanema
Almirante Barroso, 63 – Centro do Rio de Janeiro
Rua Dias da Cruz, 110 – Méier
Nossa Senhora de Copacabana, 791 – Copacabana
Nilo Peçanha, 248 loja 252 – Centro de Duque de Caxias
Estrada União e Indústria, 10290 – Itaipava
Rua Dom Helder Câmara, 7371 – Abolição
Nilo Peçanha 73 – Centro de Nova Iguaçu
Professor Manoel de Abreu, 693 – Vila Isabel

  • O Procon-RJ está recolhendo doações de colchonetes, material de limpeza e de higiene pessoal e água na sede, no Centro do Rio, e nas unidades do Poupa Tempo de Bangu, na Zona Oeste, São João de Meriti e Duque de Caxias, na Baixada Fluminense.
  • Escola da Magistratura do Estado do Rio de Janeiro (Emerj) disponibilizou pontos de arrecadação de donativos nos seguintes endereços:

Na sede da Emerj, da Abaterj e nos Fóruns da Capital – portarias das Lâminas 3, 4 e 5, do Palácio da Justiça, do Beco da Música, da Avenida Antônio Carlos e do Centro Administrativo da Praça XV.
Na Emerj, localizada na Rua Dom Manuel, nº 25, no Centro do Rio de Janeiro, as doações podem ser feitas no andar térreo, seguindo os protocolos de segurança em decorrência da Covid.

Quem preferir doar em dinheiro, três contas estão disponíveis, são elas:
Itaú: Agência 6002 C/C 07264-0
Bradesco: AG 6246 C/C 3030-9
PIX CNPJ Amaerj: 40.422.305/0001-06

CCR ViaLagos arrecada doações na praça do pedágio, em Rio Bonito, e na base de atendimento do km 40, em Araruama.
Outros pontos de coleta:

CCR Barcas tem três pontos de coleta: estações Arariboia e Charitas em Niterói; e estação Praça XV, no Rio
VLT Carioca: postos nas Estações Rodoviária, Central e Praça XV
ViaRio: postos nas bases de atendimento, ao lado da Praça de Pedágio
NovaDutra faz a coleta nas bases operacionais

Zona Sul

  • Sede do Fluminense: Rua Álvaro Chaves 41 , em Laranjeiras
  • Sede do RioSolidário: Travessa Euricles de Matos 17, em Laranjeiras
  • Sede do Flamengo, na Gávea
  • Sede Náutica do Vasco, na Lagoa
  • Paróquia São José da Lagoa: Avenida Borges de Medeiros, nº 2.735
  • Botafogo Praia Shopping: Praia de Botafogo 400
  • Rio Design Leblon
  • Posto da PF no RioSul
  • Posto da PF no Shopping Leblon
  • Bossa Nova Mall – Aeroporto Santos Dumont
  • Escola Bom Tempo: R. Barão de Lucena, 103 – Botafogo
  • Colégio Ao Cubo: R. Bambina, 126 – Botafogo

Zona Norte

  • Estádio do Maracanã
  • Estádio Nilton Santos, no Portão 2, no Engenho de Dentro
  • Estádio de São Januário, em São Cristóvão
  • Prefeitura Universitária da UFRJ: Praça Jorge Machado Moreira 100, na Ilha do Fundão
  • Shopping Tijuca: Av. Maracanã 987, 1º piso e SAC (G2)
  • Norte Shopping: Av. Dom Hélder Câmara 5.474, Cachambi, Espaço Cliente, 2º piso
  • Shopping Nova América: Av. Pastor Martin Luther King Júnior 126 – Del Castilho
  • Madureira Shopping: Estr. do Portela, 222
  • Shopping Boulevard: Rua Barão de São Francisco 236 – Vila Isabel
  • Centro Luiz Gonzaga de Tradições Nordestinas, em São Cristóvão
  • Igreja Metodista de Vila Isabel: Boulevard 28 de Setembro, 400
  • Escola de Samba Em Cima da Hora: Rua Zeferino Costa 556, Cavalcanti
  • Mercadão de Madureira: Avenida Ministro Edgar Romero, 239
  • Escola de Samba Império Serrano: Avenida Ministro Edgar Romero 114 – Madureira
  • Escola de Samba Imperatriz Leopoldinense: Rua Professor Lacê, 235 – Ramos
  • No domingo (20), o grupo de ciclismo Pedal do Maracanã recolhe donativos das 8h às 12h na Estátua do Bellini
  • Escola Sunny Days: R. Lopes da Cruz, 176 – Méier
  • Colégio Ao Cubo: Rua Professor Gabizo, 334
  • Colégio Matriz Educação: Rua dos Topázios, 375, Rocha Miranda

Centro e Zona Portuária

  • Câmara de Vereadores, na Cinelândia
  • Posto da PF no Santos Dumont
  • Sede da OAB: Avenida Marechal Câmara, 210
  • Sede da Ação da Cidadania: Rua da Gamboa, 246, Santo Cristo
  • Sede da Cedae: Avenida Presidente Vargas, nº 2655
  • Sede da Seap, na torre da Central do Brasil
  • Sede da Superintendência da Polícia Federal, na Praça Mauá
  • Sede da ACRJ: Rua Candelária, nº 9 – Centro – no hall de entrada, de 10h às 16h
  • Rodoviária Novo Rio: Avenida Francisco Bicalho 1, guichê da Única, no setor de embarque inferior – Santo Cristo

Zona Oeste

  • Rio Design Barra: Avenida das Américas, 7.777
  • Projeto social Brasil Sem Alergia em Realengo: Avenida Santa Cruz, 1.896
  • Escola de Samba Unidos de Padre Miguel: Rua Mesquita, 8
  • Barra Shopping: Avenida das Américas, 4.666, no SAC
  • New York City Center: Av. das Américas, 5.000 – Barra da Tijuca
  • Village Mall : Avenida das Américas, 4.666, no SAC – Barra da Tijuca
  • Park Shopping Campo Grande: Estrada do Monteiro, 1.200 – no Espaço Multi Conecta, no piso L2
  • Shopping Park Jacarepaguá: Estrada de Jacarepaguá, 6.069 – Anil – no SAC
  • Colégio Ao Cubo: Av. Rodolfo Amoedo, 333 – Barra da Tijuca
  • Colégio Matriz Educação: Rua Agrícola, 318, Bangu; Rua Padre Ventura, 200, Taquara; Rua Professor Gonçalves, 41, Campo Grande
  • O Grand Hyatt Rio de Janeiro– Avenida Lúcio Costa 9.600, Barra da Tijuca. Telefone: (21) 3797-1234

Metrô

O Metrô está recebendo água mineral, roupas e material de higiene e de limpeza. Para contribuir, basta depositar as doações na caixa localizada próximo à sala da segurança e identificada com o nome da campanha, em cada uma das estações participantes:

  • Pavuna,
  • Central,
  • Carioca,
  • Largo do Machado
  • Jardim Oceânico

Onde doar na Baixada Fluminense

  • Projeto social Brasil Sem Alergia em Duque de Caxias: Rua Conde de Porto Alegre, 155, bairro 25 de Agosto, e Praça da Mantiquira, em Xerém
  • Projeto social Brasil Sem Alergia em Nova Iguaçu: Rua Iracema Soares Junqueira, 224, Centro
  • Estação de Tratamento do Guandu: Rua Coqueiros, 142, Nova Iguaçu
  • Colégio Matriz Educação: Rua Professor Gonçalves, 41, Duque de Caxias; Rua Humberto Gentil Baroni, 189, Nova Iguaçu; Rua Coronel Henrique da Fonseca, 228, São João de Meriti

Onde doar em Niterói e São Gonçalo

  • Plaza Shopping Niterói: Rua XV de Novembro 8, Centro – SAC, 2º piso e entrada principal
  • Escola de Samba Porto da Pedra: Travessa João Silva, 84 – Porto da Pedra – São Gonçalo
  • Escola de Samba Acadêmicos do Sossego: Rua Reverendo Armando Ferreira – Mercado Popular do Largo da Batalha – Niterói – das 9h às 17

Prefeitura de Niterói recolhe doações de água potável, material de higiene e limpeza, fraldas infantis e geriátricas, absorvente higiênicos, alimentos não-perecíveis e ração animal para cães e gatos nos seguintes endereços:

  • Clube Central: Av. Jorn. Alberto Francisco Torres, 335 – Icaraí
  • Caminho Niemeyer: R. Jorn. Rogério Coelho Neto, s/n – Centro
  • Shopping Itaipu Multicenter: Estrada Francisco da Cruz Nunes, 6.501 – Itaipu

Onde doar em Teresópolis

  • Cedae: Avenida Feliciano Sodré, 848, Várzea
  • Cultura Inglesa: Av. Lúcio Meira, 621 – Várzea

Onde doar para os animais

Há postos de recolhimentos de ração e água para os animais resgatados na tragédia da chuva em Petrópolis.

  • Shopping Tijuca: Avenida Maracanã, 987
  • Barra Shopping
  • Park Shopping Campo Grande
  • Plaza Shopping Niterói
  • Pontos da Prefeitura de Niterói (veja os endereços acima)

Onde doar em Petrópolis

Prefeitura de Petrópolis – conta no Banco do Brasil, intitulada “MP Petropolis – S O S 2022”. Agência 0080, conta 96011-X. Pix: CNPJ 29.138.344/0001-43

Centro de Defesa dos Direitos Humanos (Petrópolis) – Pix para o CNPJ 27.219.757/0001-27. GAJP (Grupo Ação Justiça e Paz)

Mitra Diocesana de Petrópolis – Pix: CNPJ 28.805.190/0009-90. Banco 341 – Itaú. Agência: 7965, conta corrente 13940-0

Paróquia do Alto da Serra – Pix: CNPJ 28.805 190/0007-29

Mevan Petrópolis – Pix: mercadosolidariopetropolis@gmail.com

SOS Serra – PIX: (24) 99303-8885

Categorias
Brasil Destaque Diário do Rio Notícias Política Rio

AIEB Brasil irá homenagear voluntários do Natal Solidário

A instituição AIEB Brasil (Associação Internacional dos Embaixadores da Paz) irá homenagear os colaboradores que apoiaram o projeto Natal Solidário, de 2021.

Todos os colaboradores irão receber a Comenda Embaixadores da Paz 2021, uma iniciativa anual de arrecadação e mobilização, feita com o objetivo de continuar apoiando a população em situação de vulnerabilidade.

A Comenda será entregue na Câmara municipal de Duque de Caxias, no 9º Encontro de Autoridades em fevereiro de 2022. A iniciativa busca o engajamento na causa, com a finalidade em arrecadação e novos embaixadores(as), a fim de conseguir doações para a construção de projetos comunitários realizado pela AIEB Brasil.

“A AIEB Brasil é uma instituição filantrópica, mas medalhística, onde entregamos títulos e moções. E como forma de gratidão para aqueles que nos ajudam com as nossas ações sociais sendo Natal, Páscoa e dia das crianças, nós organizamos um evento para realizar uma homenagem”, explicou o presidente da AIEB Brasil, Rodrigo Agostini.

Categorias
Ação Solidária Destaque Fazendo a Diferença

Felipe Noronha desenvolve projeto gratuito para atender pessoas com vitiligo

A máxima fazer o bem, sem olhar a quem, se encaixa como uma luva na vida de Felipe Noronha. Empresário carioca, ele resolveu lançar o seu primeiro projeto social voltado para pessoas com vitiligo, doença que alcança 1% da população mundial. No Brasil, mais de um milhão de pessoas convivem com a doença. O desenvolvimento de transtornos psicológicos, como a queda na autoestima e a retração no convívio social, são seus efeitos mais significativos. A doença não tem causa definida, mas está associada a fenômenos autoimunes, exposição solar ou química, estresse e traumas emocionais.

O projeto irá acontecer uma vez por semana, com vagas limitadas e gratuitas. De acordo com o profissional, é importante que a doença já se encontre na sua fase estável e que o paciente tenha o consentimento do seu médico dermatologista. É importante salientar que a pele com a mancha de vitiligo é mais sensível e existe a preocupação para que a área a ser camuflada não sofra escoriações. Para isso o profissional irá usar a técnica da tatuagem estética como também equipamentos próprios para o procedimento. As sessões ocorrerão em ambiente ambulatorial na clínica em que ele atende na Barra da Tijuca, com todos os protocolos de biossegurança necessários. Para se inscrever basta mandar uma mensagem ao instagram do profissional: @tattooplasty. “A ideia é devolver aos pacientes a confiança com o seu próprio corpo. O vitiligo e outras marcas que mexem com a pigmentação corporal podem ser camufladas com a dermopigmentação paramédica”, explica Felipe.
Felipe Noronha trabalha com a implantação de novas tecnologias cirúrgicas para a neurocirurgia, cirurgia da coluna e da face. Começou sua carreira como instrumentador cirúrgico e até hoje faz dos centros cirúrgicos dos principais hospitais do país o seu hábitat natural.

Apaixonado pela milenar arte da tatuagem desde garoto, pensando na próxima tecnologia a ser lançada no mercado cirúrgico e diante dos avanços na qualidade dos pigmentos e equipamentos para a dermopigmentação, Felipe decidiu ser ele mesmo essa novidade se tornando tatuador estético. Há 5 meses sendo um dos poucos profissionais habilitados do ramo no Brasil ele oferece os serviços de dermopigmentação de estrias, cicatrizes, vitiligo, manchas acrômicas, leucodermias e suas principais especializações: harmonização areolar e reconstrução do complexo Aréolo-Mamilar. O  procedimento da tatuagem estética  consiste na diminuição do contraste de tonalidades entre a área lesionada e a pele sadia através das técnicas de tatuagem realista e uso de pigmentos personalizados.

 

Categorias
Destaque Notícias Rio Saúde

Show à Vida arrecada fundos para famílias atendidas no Instituto Fernandes Figueira

A Vice-Presidência de Gestão e Desenvolvimento Institucional da Fundação Oswaldo Cruz (VGPDI/Fiocruz), por meio de seu Escritório de Captação de Recursos, e o Instituto Nacional de Saúde da Mulher, da Criança e do Adolescente Fernandes Figueira (IFF/Fiocruz) promovem a terceira edição do evento beneficente Show à Vida, no dia 06 de novembro, às 19h. Pela primeira vez, será transmitido ao vivo, de forma online e gratuita.

O evento visa arrecadar doações para o programa Amigos do Figueira, rede de amor e solidariedade em prol das ações realizadas em apoio a crianças e adolescentes, com doenças complexas e dependentes de alguma tecnologia médica, e às suas famílias atendidas no IFF. Durante a transmissão, serão apresentadas pílulas dos projetos apoiados, e os espectadores poderão fazer suas doações através de um QR Code exibido na tela.

Nesta edição, o Show à Vida conta com a apresentação da Orquestra de Solistas do Rio de Janeiro (OSRJ), de 80 minutos de duração. A orquestra, regida pelo maestro Rafael Barros Castro, homenageará a vida e as obras dos sambistas Cartola, Noel Rosa e Nelson Cavaquinho, com o concerto “Mestres do Samba”, tendo como convidado especial o saxofonista Carlos Malta e Levi Chaves.

O show será transmitido nos canais do Youtube do IFF e do Teatro Rival Refit, além da página do Facebook da OSRJ.
A realização do evento conta com o patrocínio da Aché, Amil, Sanofi Genzyme, Drogasil, Bayer, Grupo SERES, Domingues e Pinho Contadores e Halliburton através da Lei de Incentivo à Cultura do Município do Rio de Janeiro e da Lei Federal de Incentivo à Cultura e parceiras como a Quintal, Estúdios Santa locação e o Teatro Rival Refit.

Amigos do Figueira

O Amigos do Figueira é uma realização do Núcleo de Apoio a Projetos Educacionais e Culturais (Napec) e do Novos Caminhos. Atualmente, o programa contempla os projetos Volta Pra Casa, Napec e Novos Caminhos. Para saber mais, acesse: www.amigosdofigueira.org.br.
Evento: Show à Vida
Artístico: Orquestra de Solistas do Rio de Janeiro convida Carlos Malta e Levi Chaves.
Dia: 06/11/2021
Horário: 19h
Local: Teatro Rival Refit (Rua Álvaro Alvim, 33 – Cinelândia, Rio de Janeiro – RJ)
Link 

Categorias
Ação Solidária Destaque

Colégio arrecada 2780 unidades para a campanha Meias do Bem

Ao longo dos anos, o CEL Intercultural School tem participado de várias iniciativas solidárias. E uma das mais recentes foi a Meias do Bem. Em parceria com a loja Puket, de roupas e acessórios infantis, o colégio arrecadou, em suas quatro unidades, após pouco mais de um mês, 2780 meias. As doações serão revertidas em cobertores para moradores de rua. A cada 40 pares doados, as pessoas necessitadas recebem um cobertor e um par novo de meias.

Não é só uma campanha, mas um service learning, que é um trabalho da Educação do Caráter. Nele, além de fazer uma boa ação para alguém, há um ganho acadêmico para os alunos e uma reflexão final – explica Vitoria Padilla, coordenadora geral da Educação Infantil e Ensino Fundamental I do CEL.

Nossos alunos trabalharam com Matemática: quantas meias são necessárias para transformá-las em um cobertor. E, também, nas aulas de CEL Maker, construíram um aparelho que contabilizava cada meia que entrava na doação. Ou seja, não era apenas uma campanha, mas um ganho acadêmico, como, normalmente, acontece nas iniciativas das quais participamos – exemplificou Vitoria.

Uma das estratégias empregadas é a política dos 5R’s: repensar, recusar, reduzir, reutilizar e reciclar. O primeiro ponto é repensar, porque precisamos primeiro refletir sobre hábitos de consumo e descarte – continua a coordenadora.

Gerente da unidade da Puket que recebeu as doações, Glaucia ficou feliz com a parceria com o CEL:

É muito importante, porque despertamos esse assunto nos alunos e, ao mesmo tempo, eles conhecem nossa marca, que fica mais consolidada em quem já a conhecia.

Início em 2013:
O projeto Meias do Bem teve início em 2013:

Fazemos meia há mais de 30 anos e, neste processo produtivo, sempre sobram fiapos, pedaços de meias velhas que a gente sempre deu para transformar em cobertores. Aí a gente estava pensando e vendo a campanha do agasalho, que é muito legal: as pessoas dão roupas velhas a quem precisa. Só que, normalmente, as meias velhas a gente joga fora. Foi aí que surgiu a ideia do Meias do Bem. Já tínhamos o processo produtivo, e por que não coletar todas essas meias que, em geral, iam para o lixo, e transformar em cobertores? –  indaga Cláudio Bobrow, sócio-fundador da Puket e idealizador do projeto.

Categorias
Destaque

A Lei do Retorno

O futuro é uma construção constante e instável: Constante, uma vez que o futuro é eterno; enquanto instável não podemos precisar esse futuro. Nossa função é viver. A “coisa” é tão tensa que sugiro buscarmos estar em plenitude de espirito e paz. As engrenagens parecem apontar para uma desengrenarem avassaladora! Minha oração e súplica é para que a compreensão forneça a força e a energia para cada dia, a fim de que vivamos com sabedoria e muito mais compaixão.

Será que já não basta mais “passar pernas” nos outros? Será que não já foi mais que de mais confundir uma alma boa como essa sendo uma pessoa otária? Parece que, quando vimos alguém entregando/devolvendo algo que foi esquecido por outrem em um lugar, dizemos: isso está cada vez mais raro! Como se este ato não fosse o absolutamente normal!

Minha prece continua solicitando que a honestidade e a bondade não sejam motivos de admiração, pois devíamos tê-las como “algo comum” em nosso viver. Isto faz parte de nós! Não está fora! Nunca esteve fora! Entristece perceber os valores invertidos. As análises do próximo sem a empatia. A força ingrata da cobiça ou os feitos dos olhares atravessados da inveja, ganancia e mentiras. Que triste destino dos que erram o alvo; que acham que esperto é o mesmo que inteligente!…

Desejo que a vida de cada um seja leve, livre e solta, feito passarinhos que dançam na turbulência dos ventos de cada estação, mesmo estando apoiados num fio ou galho de árvore. Que as penas mudem para fortalecer; ajudar quem está aprendendo a voar. Que tenham mais compaixão, que critiquem menos e elogiem mais. O respeito é “saber o limite do próximo, estendendo a mão quando preciso”.

O mundo é um grande castelo de cartas: imponente mas, extremamente frágil; ou igual a dominós enfileirados: a queda de um é a queda de todos. Somos Um!

Que o individualismo se enfraqueça e dê espaço para a empatia, o coletivo, amor ao próximo. E que parem de continuar crucificando Cristo todos os dias. Viver, é uma vez só (?). Então, vá amar o que o universo nos permitiu; sentir cada sensibilidade da alma, mente, corpo e tudo ao redor. Sinta o frio, o calor e o vento. Sinta sem moderação. Pois é sentindo que nos fazemos melhores humanos.