Categorias
Destaque Esportes Notícias Rio

Vanderlei pega três pênaltis e garante a Taça Rio para o Vasco

Apesar de ser um torneio de consolação, o Vasco fechou o final de semana com o título da Taça Rio. Jogando em São Januário, e com vantagem do empate, o Cruz-maltino foi derrotado pelo Botafogo por 1 a 0 e teve que levantar o troféu na disputa por pênaltis, com atuação excepecional de Vanderlei.

Depois de vencer o primeiro jogo no Nilton Santos por 1 a 0, o Vasco entrou em casa precisando apenas empatar. Mas Gilvan tratou de acabar com a festa e garantir o triunfo pelo mesmo placar para o Glorioso.

Na disputa por pênaltis, brilhou a estrela do veterano goleiro Vanderlei, contrato neste ano. Ele defendeu as três cobranças do Botafogo, de Frizzo, Felipe Ferreira e Pedro Castro. Coube a Andrey, Zeca e Gabriel Pec marcarem para o Vasco e confirmar o título e a premiação de R$ 1 milhão pela conquista.

Botafogo e Vasco agora voltam suas atenções para a disputa da Série B, que começa na próxima semana. O Alvinegro encara o Vila Nova, de Goiás, em casa. Já o Vasco vai até o Paraná para estrear diante do Operário.

Categorias
Destaque Esportes Notícias Rio

Vasco sai na frente do Botafogo em decisão da Taça Rio

Da Agência Brasil

O Vasco saiu na frente do Botafogo na decisão da Taça Rio do Campeonato Carioca. Neste domingo (16), o Cruzmaltino derrotou o Glorioso por 1 a 0 no estádio Nilton Santos e tem a vantagem do empate no jogo de volta do confronto, no próximo sábado (22), às 15h05 (horário de Brasília), em São Januário. O campeão recebe uma premiação de R$ 1 milhão.

Eliminados da briga pelo título estadual ainda na primeira fase do Carioca, os rivais alvinegros fizeram um jogo pouco movimentado. O Vasco foi melhor no primeiro tempo, mas só deu trabalho ao goleiro Douglas Borges uma vez, aos cinco minutos, em chute do atacante German Cano que o camisa 22 se esticou no canto para evitar o gol.

Na etapa final, Cano precisou de menos de um minuto para bater Douglas Borges e colocar o Cruzmaltino à frente. O atacante aproveitou o cruzamento do lateral Léo Matos pela direita, após erro do zagueiro David Souza na saída de bola. Foi o sétimo gol do argentino, vice-artilheiro do Carioca, dois gols atrás do atacante Alef Manga, que defendeu o Volta Redonda.

O time da casa assustou apenas aos 21 minutos, em chute do meia Rafael Navarro na entrada da área, que o goleiro Vanderlei defendeu. O Glorioso reclamou de um suposto pênalti do meia Matías Galarza em Ronald seis minutos depois. O atacante foi derrubado na dividida próxima a linha de fundo. O árbitro Rafael Martins de Sá nada marcou.

Categorias
Destaque Esportes Notícias Rio

Botafogo e Vasco começam em desvantagem na Taça Rio

Da Redação

Botafogo e Vasco iniciaram a disputa por uma vaga nas finais da Taça Rio em desvantagem. Jogando fora de casa, o Cruz-maltino acabou sendo derrotado pelo Madureira, por 1 a 0, em Conselheiro Galvão. Já o Botafogo jogou no Nilton Santos, diante do Nova Iguaçu, e acabou empatando por 0 a 0.

No sábado, foi o Vasco que entrou em campo. Após ter encerrado a fase inicial na 5ª colocação, o Gigante da Colina foi até Madureira e viu Sampaio fazer o gol da vitória dos donos da casa. A equipe de Marcelo Cabo jogou a maior parte do jogo com um a menos, após expulsão de Laranjeira. Agora, para ficar com a vaga, o Vasco precisa vencer por um gol de diferença. Empate leva o Madureira a decisão.

O Botafogo, por sua vez, não foi derrotado, mas acabou ficando no 0 a 0 com o Nova Iguaçu, dentro de casa. Como tem desvantagem por ter terminado atrás da equipe da Baixada, o Glorioso precisa vencer em Nova Iguaçu para ir à final. O empate é do Nova Iguaçu.

As equipes voltam a se enfrentar no próximo final de semana, nas mesmas datas das semifinais do Campeonato Carioca.

 

Categorias
Esportes Notícias do Jornal

Nova fórmula para o Campeonato Carioca 2021 é definida

 

Os clubes cariocas, em reunião na sede da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro, decidiram mudanças na fórmula do Campeonato Carioca de 2021, que também será válida para edição de 2022. A competição vai contar com 12 participantes na fase principal. Serão 11 rodadas com todos se enfrentando em sistema de pontos corridos, com os quatro primeiros classificados fazendo semifinais e depois finais em duas partidas cada, para a disputa do título.

Nas semifinais, o primeiro, que enfrenta o quarto colocado, e o segundo, que pega o terceiro, levam vantagem em dois empates, em pontos ganhos e saldo de gols. Nas finais, porém, não há vantagem. O campeão da Taça Guanabara vai ser o time que somar mais pontos nas 11 rodadas iniciais. A Taça Rio fica numa disputa à parte entre os que ficarem de 5º ao 8º lugar. A fórmula foi aprovada por unanimidade entre os clubes presentes na reunião.

Confira a nota da Ferj  sobre a nova fórmula:

“O Campeonato Carioca de 2021 está de cara nova. No Conselho Arbitral, realizado na tarde desta segunda-feira, a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro e os clubes decidiram por uma nova fórmula de disputa.

Com início em 27 de fevereiro, a Taça Guanabara terá 11 rodadas e os quatro primeiros colocados decidirão o Campeonato Carioca. Os melhores classificados terão vantagem do empate na semifinal. Na final, não haverá vantagem. O primeiro clássico será o Fla-Flu, na terceira rodada.

A Taça Rio será disputada entre o 5° e 8° colocados.

Em 2021, será a última edição da Primeira Fase. Com a criação da Série A2, as competições terão 12 participantes.”

Categorias
Destaque Esportes

Nos pênaltis, Fluminense bate Flamengo e conquista a Taça Rio

Teremos final no Campeonato Carioca! O Fluminense conquistou nesta quarta-feira (8) a Taça Rio ao vencer nos pênaltis o Flamengo, no Maracanã. Após empate por 1 a 1 no tempo normal, os tricolores levaram a melhor na disputa das penalidades por 3 a 2.

O Fluminense foi melhor na etapa inicial e abriu o placar com o gol de Gilberto. Na etapa final, o Flamengo melhorou e conseguiu o empate com Pedro.

Na disputa por pênaltis, Nenê, Hudson e Fernando Pacheco fizeram, enquanto Dodi e Michel Araújo perderam para o Fluminense. Já no Flamengo, Gabigol e Pedro marcaram, mas Willian Arão, Léo Pereira e Rafinha desperdiçaram suas cobranças.

O jogo

O Fluminense começou a partida querendo surpreender e com um minuto Nenê arriscou sem perigo para Diego Alves. No entanto, logo o Flamengo passou a ter o domínio da posse de bola, mas parava na boa marcação tricolor.

Somente aos 24 minutos, uma das equipes chegou com perigo no Maracanã. Após bate e rebate, a bola ficou com Gilberto, que cabeceou em cima de Diego Alves para desperdiçar boa chance para o Fluminense. O Flamengo respondeu em seguida, em chute de Arrascaeta sobre o travessão.

Aos poucos, o Fluminense conseguiu impedir os avanços do Flamengo e passou a roubar mais bolas no meio. Os tricolores quase marcaram aos 35 minutos, quando Yago pegou a sobra, mas chutou pela linha de fundo.

Só que aos 37 minutos, o Fluminense abriu o placar no Maracanã. Após cruzamento, Marcos Paulo desviou e Gilberto cabeceou no canto, sem chance para Diego Alves.

Nos minutos finais, o Flamengo tentou esboçar uma pressão, mas seguiu parando na marcação do Fluminense. Assim, os tricolores mantiveram a vantagem até o intervalo.

No segundo tempo, os rubro-negros aumentaram o ritmo e passaram a controlar mais a partida. Mesmo ainda tendo dificuldade, os flamenguistas tiveram boa chance aos nove minutos. Bruno Henrique aproveitou cruzamento e cabeceou para boa defesa de Muriel.

O Fluminense recuou ainda mais e busca os contra-ataques, sem sucesso. Já o Flamengo quase empatou aos 19 minutos. Gerson aproveitou cruzamento e cabeceou sozinho, mas pela linha de fundo. Depois, foi a vez de Gabigol obrigar Muriel a grande defesa após nova bola levantada na área.

O Fluminense só criou boa chance na etapa final aos 30 minutos. Caio Paulista arriscou da entrada da área e a bola passou perto, mas sobre o travessão. Mais uma vez, a resposta rubro-negra veio em seguida, em chute de Gabigol que parou em Muriel. De tanto insistir, o Flamengo empatou em mais um cruzamento. Filipe Luís levantou para Pedro cabecear para a rede.

Na parte final, os jogadores do Fluminense pareciam cansados. Com isso, o Flamengo aumentou a pressão em busca da virada. Os rubro-negros quase marcaram o segundo aos 38 minutos. Bruno Henrique aproveitou cruzamento e cabeceou para o gol. No entanto, Hudson apareceu em cima da linha para salvar os tricolores.

Nos acréscimos, o Flamengo teve a última chance para marcar, com Diego. O meia chutou de fora da área e Muriel fez defesa segura para levar a decisão para os pênaltis.

Na disputa por pênaltis, o Fluminense levou a melhor por 3 a 2 e ficou com o título da Taça Rio.

Categorias
Destaque Esportes

Fla vence o Volta Redonda e pega o Flu na final da Taça Rio

O Flamengo confirmou o favoritismo ao vencer por 2 a 0 o Volta Redonda neste domingo (5), no Maracanã. Com o resultado, os rubro-negros se classificaram para a final da Taça Rio na próxima quarta-feira (8). O jogo será às 21h30, também no Maracanã.

No primeiro tempo, os rubro-negros demoraram a engrenar, mas abriram o placar com Bruno Henrique. Já no início do segundo tempo, novamente Bruno Henrique aumentou a vantagem.

Foto: Divulgação/Mailson Santana

Na outra partida da semifinal, o Fluminense aproveitou a vantagem e se garantiu na final da competição Taça Rio. Neste domingo, os tricolores empataram por 0 a 0 com o Botafogo, no Nilton Santos.

O Fluminense teve uma boa atuação no primeiro tempo. No entanto, viu o Botafogo crescer na etapa final. Os tricolores seguiram com problemas no setor ofensivo e pouco incomodaram a zaga alvinegra. Do outro lado, os alvinegros chegaram a acertar a trave de Muriel com Bruno Nazário.

Caso o Flamengo conquiste a Taça Rio, assegurará automaticamente o bicampeonato do Campeonato Carioca. No entanto, se o Fluminense vencer o título estadual será decidido em dois jogos – dias 12 e 15 de julho – entre os campeões do primeiro turno (Flamengo) e do segundo (Fluminense).