Categorias
Beleza Brasil Saúde

Repaginada no rosto: procedimentos estéticos sem cirurgia

Repaginada no rosto: Conheça os procedimentos estéticos faciais menos invasivos, com rápida recuperação.

Se você está pensando em dar uma repaginada no rosto, mas não quer encarar uma cirurgia e enfrentar um longo e, muitas vezes, doloroso pós-operatório, saiba que não está sozinha. Nos últimos anos, a procura por procedimentos estéticos não-cirúrgicos cresceu 390% segundo dados da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP). “Pelos avanços da tecnologia com procedimentos menos invasivos, a cirurgia plástica acaba sendo uma das últimas opções. Nos últimos anos, os pacientes que chegam ao consultório buscam um procedimento estético com rápida recuperação”, ressalta Manoela Fassina, dermatologista da Clínica Leger.

Como resposta surgem novidades que prometem melhorar o tônus, dar mais volume e, de quebra, melhorar os contornos faciais, principalmente na região das bochechas. “É o efeito de uma bichectomia like, como denominam atualmente, mas sem recorrer a bichectomia, a cirurgia em si”, avalia a dermatologista. A seguir, ela fala sobre os tratamentos mais procurados atualmente e suas vantagens.

Emptiers
“São enzimas aplicadas em nível subdérmico na região das bochechas, onde tem aquela gordurinha. Elas fazem a compactação das células de gordura ajudando a dar destaque nos contornos naturais do rosto”, explica a dermatologista Manoela Fassina. A aplicação é feita após anestesia tópica e dura de 10 a 15 minutos. A primeira sensação é de uma picadinha leve causada pela agulha. A recuperação é rápida. “O paciente pode sair do consultório e realizar as atividades normalmente. A região pode ficar um pouco inchada no primeiro dia, mas é temporário.
Recomenda-se que as sessões sejam realizadas com intervalos de 30 dias”, avalia a médica.

Ultrassom microfocado
Queridinho das celebridades, o tratamento usa a tecnologia para melhorar a flacidez e o contorno facial. “Ele vai agir tanto no combate a flacidez, como na compactação da gordura facial, através da estimulação de pontos de coagulação e das fibras musculares, até a produção de colágeno na derme”, explica Manoela Fassina. O resultado é um lifting gradativo, com a melhora do tônus da pele.

MD Codes
A técnica utiliza um preenchedor à base de ácido hialurônico para dar mais definição e sustentação ao rosto. “Se o objetivo é afinar, podemos injetar a substância em pontos específicos. Isso cria um ponto de luz e sombra no rosto. É possível iluminar algumas áreas e camuflar outras. Assim, conseguimos harmonizar o rosto. Também é possível preencher pontos ao longo da mandíbula e do queixo para alongar a face”, completa a dermatologista.

Toxina Botulínica
É possível utilizar a substância em alguns pontos específicos para afinar o rosto. “O botox relaxa a musculatura produzindo um efeito de lifting, sobretudo na parte inferior da face, na região mandibular Quando associado ao ultrassom microfocado, por exemplo, a gente potencializa esse efeito e consegue um resultado mais expressivo, sobretudo em um rosto mais redondo. Lembrando que para todo procedimento é necessário o acompanhamento e a análise de um médico”, avalia Manoela Fassina.