Categorias
Brasileiro com muito Orgulho Notícias do Jornal

Zagallo: uma lenda brasileira

 

Por Luhan Alves (Com supervisão de Claudia Mastrange)

Se tem um brasileiro que deu muito orgulho para o povo brasileiro esse foi Mário Jorge Lobo Zagallo. Ex-futebolista e técnico, Zagallo fez história no futebol e marcou seu nome como um dos maiores no esporte. Ele detém o recorde de títulos das Copas do Mundo em geral, sendo duas como jogador (1958 e 1962), uma como treinador (1970) e outro como coordenador técnico (1994).

Zagallo nasceu em Atalaia, Alagoas, no dia 9 de agosto de 1931. A carreira do Velho Lobo começou em 1948, no juvenil do América Futebol Clube. Vestindo a camisa 10, jogou os torneios de 1948 e 1949, quando se transferiu para o Flamengo. E em 1950, passou a integrar as categorias de base do rubro-negro carioca.

Pelo Fla, foi tricampeão carioca em 1953, 1954 e 1955.  Em 1958 foi para o Botafogo, onde conquistou o bicampeonato carioca em 1961 e 1962 e jogou ao lado de grandes nomes do futebol, como Nilton Santos, Garrincha e Didi.

Foi convocado para a Seleção Brasileira e disputou a Copa do Mundo na Suécia, em 1958, vencida pelo Brasil em 29 de junho de 1958, na final contra a anfitriã, a Suécia. Em 1962, na Copa do Mundo no Chile, mais uma vez integrou a equipe que junto com muitos outros jogadores da Copa de 1958, conquistou o bicampeonato brasileiro.

Em 1970, faltando dois meses para a Copa do México, Zagallo foi convidado para ser o treinador da Seleção Brasileira, substituindo João Saldanha, que tinha dirigido o Brasil nas eliminatórias. Na final, o Brasil derrotou a Itália por 4 x 1, com uma equipe considerada por muitos como a melhor de todos os tempos.

Em 1991, Zagallo foi convidado pelo técnico Carlos Alberto Parreira para ser o coordenador técnico da Seleção Brasileira para a Copa do Mundo que seria realizada nos Estados Unidos em 1994, onde o Brasil conquistou o tetracampeonato.

O número 13 esteve sempre presente na vida de Zagallo. Ele revelou que deve essa obsessão à sua mulher que era devota de Santo Antônio, comemorado no dia 13 de junho. Seu casamento com a professora Alcina foi realizado no dia 13 de janeiro de 1955.

Leia Também: Zagallo é vacinado contra a Covid-19 aos 89 anos no Rio

Categorias
Destaque Notícias Rio Saúde

Zagallo é vacinado contra a Covid-19 aos 89 anos no Rio

O ex-técnico da Seleção Brasileira Mario Jorge Lobo Zagallo, de 89 anos, tomou a vacina contra a covid-19 nesta segunda-feira (8) no Rio de Janeiro. Ele foi imunizado com a primeira dose da Coronavac no drive-thru do Parque Olímpico, na Barra da Tijuca, e deverá tomar a segunda dose em 28 dias.

Em suas redes sociais, Zagallo comemorou a imunização. “Hoje foi dia de ir tomar a vacina do COVID. A primeira dose ja foi!”, postou ele no Instagram, como legenda da foto em que aparece sendo vacinado dentro de um carro.

Um dos ícones do futebol brasileiro, Zagallo tem quatro títulos mundiais pela Seleção: dois como jogador, nas Copas de 1958 e 1962, um como treinador, em 1970, e outro como coordenador técnico, em 1994.

Vacinação de idosos

A vacinação para idosos com idades a partir de 85 anos começou nesta segunda-feira no Rio, de forma escalonada.

A imunização foi iniciada hoje pelas pessoas com 89 anos. Na terça-feira (9), será a vez das pessoas com 88 anos, e assim sucessivamente, reduzindo a idade por ano a cada dia, conforme foi feito na semana passada. No sábado, 13, será o dia de vacinar quem não puder ir durante a semana.

Pontos de vacinação

Segundo a prefeitura, além das 236 clínicas da família e centros municipais de saúde, a vacinação está sendo realizada no sistema drive-thru, durante a semana nos postos da Uerj e Parque Olímpico, das 9h às 15h (o posto também faz vacinação tradicional para pedestres).

Aos sábados, acontece, de 8h ao meio-dia, nas policlínicas Lincoln de Freitas Filho (Santa Cruz) e Guilherme Manoel da Silveira (Bangu); no CMS Belizário Penna (Campo Grande); no Sambódromo, na Cidade Universitária e no campus da UFRJ, em Botafogo; no Parque Madureira; no Estádio do Engenhão; e no Parque Olímpico.

A Uerj é o único posto que só funciona durante semana. É importante que os idosos levem documentos de identidade e, se possível, cadernetas de vacinação.

A recomendação para vacinação de idosos restritos ao leito (acamados) é procurar no serviço “Onde Ser Atendido” a unidade de referência e entrar em contato. É possível ainda solicitar o agendamento pelo e-mail: agendamentovacinacovid@rio.rj.gov.br.