Categorias
Cultura Rio Saúde

Prefeitura inaugura posto de vacinação na quadra da portela

 

 

 

Novo ponto funcionará de segunda a sexta-feira. A meta é imunizar 25 mil pessoas da região

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) do Rio de Janeiro inaugurou, nesta terça-feira (20), mais um ponto de vacinação (PV) na campanha contra a covid-19 na Zona Norte da cidade: na quadra da Portela, em Madureira. O novo posto irá funcionar de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, atendendo aos públicos definidos no calendário de vacinação do município.

Edu Kapps/Ascom-SMS

O secretário municipal de Saúde, Daniel Soranz, destacou a importância de um PV na região de grande movimento e circulação de pessoas, para ampliar e facilitar o acesso à vacinação dos grupos prioritários.

Nossa expectativa é vacinar 25 mil pessoas do entorno de Madureira e ampliar a capacidade de vacinação da região. A parceria entre a SMS e a Portela permitiu a abertura de mais esse PV, justamente na semana mais importante para a vacinação contra a covid-19 na cidade, quando vamos finalizar a imunização das pessoas a partir de 60 anos, disse Soranz.

O primeiro vacinado do PV da Portela foi Carlos Ribeiro, diretor de destaques da escola de samba de Madureira, que se emocionou ao receber a primeira dose da vacina: “Espero que o enredo deste ano seja comemorando a vacinação para todos”.

Edu Kapps/Ascom-SMS

Calendário de vacinação

Mais de 1,2 milhão pessoas já receberam a primeira dose da vacina contra covid-19 no Município do Rio, representando cerca de 19% da população carioca e 87,3% dos idosos da cidade. Até o próximo sábado, todas as faixas de idades a partir dos 60 anos terão sido alcançadas pelo calendário de vacinação.

A Prefeitura do Rio tem aplicado as vacinas com o menor tempo possível, com todas as unidades de saúde vacinando intensamente. Estamos perto do índice de 90% dos idosos da cidade vacinados. Esse é o momento de se proteger, porque a covid-19 pode ser muito grave, principalmente para esse público dos idosos. Então, quem conhecer alguém mais de 60 anos que ainda não se vacinou, recomende procurar uma unidade básica de saúde, frisou o secretário de Saúde, Daniel Soranz.

A partir desta terça-feira até o fim da campanha, também poderão receber a vacinação gestantes com comorbidades preexistentes, de qualquer idade, e que tenham recomendação médica para a imunização. Já na próxima segunda-feira, 26 de abril, inicia o atendimento a outros grupos prioritários, incluindo algumas categoriais profissionais, como trabalhadores da educação (pública e privada) e de forças de segurança, sempre com escalonamento por idade, conforme calendário anunciado.

Para quem já tomou a primeira dose, é importante não faltar à data marcada para o recebimento da segunda dose da vacina, sempre na mesma unidade de saúde. O dia do retorno é informado após a pessoa tomar a primeira dose e é anotado a lápis no comprovante de vacinação.

Os calendários oficiais e locais de vacinação contra a covid-19 no município do Rio estão disponíveis no link: https://coronavirus.rio/vacina

Categorias
Destaque Rio Saúde

Orlando Drummond, o Seu Peru, é o primeiro vacinado na nova etapa de imunização contra a Covid-19 no Rio

 

O prefeito Eduardo Paes e o secretário municipal de Saúde, Daniel Soranz, participaram neste domingo (31/01) da cerimônia que marcou o início da vacinação de idosos com mais de 80 anos no Rio de Janeiro contra a Covid-19. O compositor Nelson Sargento, de 96 anos, o ator Orlando Drummond, de 101, e mais três idosos foram vacinados no Palácio da Cidade, em Botafogo.

O público desta faixa etária começará a ser vacinado de forma segmentada, uma idade a cada dia. Na segunda-feira (01/02), será a vez de quem tem a partir de 99 anos. Dessa forma, o atendimento será mais organizado, e sem aglomerações.

O prefeito Eduardo Paes chamou a atenção para a importância de ser priorizada nesta primeira fase a população mais idosa:

“Hoje é um dia de uma enorme alegria. Estamos começando a vacinação da população em geral, priorizando aqueles que têm que ser priorizados, a população idosa. É emocionante ver o Nelson Sargento, e saber que ele vai poder continuar vivendo e cantando a sua poesia; é emocionante ver o seu Peru (personagem marcante do ator Orlando Drummond), que encheu de alegria nossas vidas na televisão e no rádio; é uma alegria ver pessoas anônimas que, para suas famílias, seus entes queridos, são tão importantes. Hoje é um dia em que a gente parte para o mais importante, que é vacinar priorizando as pessoas mais velhas. Nosso sonho é que ao longo de dois meses – isso vai depender da chegada da vacina – a gente possa vacinar todas as pessoas acima de 60 anos de idade, que é a população mais vulnerável”, destacou.

Após ser vacinado, o compositor Nelson Sargento, tomado de emoção, entoou os primeiros versos da música “Agoniza mas não morre”, de sua autoria, e falou dos planos para a volta à velha rotina em um futuro próximo: “Estava pensando muito nesse momento e graças a Deus estou aqui. Estou sentindo falta da música. Estou aqui para ser vacinado e poder trabalhar”, disse ele, acompanhado da mulher, Evonete Matos, de 71 anos. “Ela quer se vacinar já, mas é uma jovem ainda”, ironizou o compositor.

Prrefeito Eduardo Paes cumprimenta Nelson Sargento

O secretário municipal de Saúde, Daniel Soranz, destacou que a cidade está abastecida de doses suficientes para esta etapa de vacinação. ‘A gente tem as vacinas aqui no Rio para o início dessa etapa dos idosos. Hoje começa a parte mais importante da campanha. É um momento muito emocionante para toda a sociedade, para quem vai poder vacinar seus avós, seus pais, sua família. Infelizmente, eu não pude. Perdi minha avó por Covid-19”, afirmou Soranz.

Primeiro a ser vacinado no Palácio da Cidade, o ator Orlando Drummond resumiu sua emoção “ Isso é um batismo, e espero que todos tenham a mesma esperança que eu”, disse.

É importante que o idoso que for se vacinar leve seu documento de identidade e, se possível, a caderneta de vacinação. Mais de 130 mil pessoas já foram vacinadas no município e, na medida em que novas doses da vacina forem entregues, o público da campanha será ampliado.

Além das 236 unidades de Atenção Primária, haverá vacinação no sistema drive-thru no dia 6 de fevereiro e nos sábados subsequentes, para atender aos idosos. Esses postos funcionarão das 8h às 12h, nas policlínicas Lincoln de Freitas Filho (Santa Cruz) e Guilherme Manoel da Silveira (Bangu), no CMS Belizário Penna (Campo Grande), no Sambódromo, na Cidade Universitária e no campus da UFRJ, em Botafogo, no Parque Madureira, no Estádio do Engenhão, e no Parque Olímpico. Também haverá drive-thru realizado pela Uerj, de segunda a sexta, das 9h às 15h, com vacinas disponibilizadas pela SMS.

A recomendação para vacinação de idosos restritos ao leito (acamados) é procurar no Onde Ser Atendido (https://www.subpav.org/ondeseratendido/) a unidade de referência e entrar em contato para informar. A equipe fará o cadastro e passará as orientações sobre a vacinação.

OS CINCO IDOSOS VACINADOS NESTE DOMINGO (31/01)

Neiva Gomes Brandão, dona de casa, 95 anos

“ Passei esse tempo todo em casa, fazendo crochê. Sinto falta da praia e de visitar os amigos. Não estava indo a canto nenhum. Estou torcendo para que essa campanha seja um sucesso e que todos possam ser vacinados”.

Nelson Sargento, compositor, 96 anos

“ Estou lendo muito e pintei três quadros na pandemia. Estou com alguns para vender. Mas estou sentindo falta da música. Estou aqui para ser vacinado e poder trabalhar”.

Dulcinéia Gomes Pedrada, dona de casa, 97 anos

“ Eu não estava saindo. Até meus exames eu fiz em casa. Agora a vida vai melhorar”.

Sebastiana Farnezi da Conceição, costureira, 98 anos

“ É um dia especial. Minha filha até enrolou meu cabelo pra eu vir tomar a vacina. Tenho certeza de que não vou pegar a doença. Agora, vou poder ir um bocadinho na rua”.

Orlando Drummond, ator, 101 anos

“ Agora, sim, estou vendo as coisas acontecendo e fico feliz. Isso é um batismo e espero que todos tenham a mesma esperança que eu. Estou com 101 anos. É mole ou quer mais?”.

CONFIRA AS DATAS E PÚBLICOS DESTA ETAPA DA VACINAÇÃO

1 (segunda-feira) – Pessoas a partir de 99 anos

2 (terça-feira) – Pessoas com 98 anos

3 (quarta-feira) – Pessoas com 97 anos

4 (quinta-feira) – Pessoas com 96 anos

5 (sexta-feira) – Pessoas com 95 anos

6 (SÁBADO) – PESSOAS A PARTIR DE 95 ANOS

8 (segunda-feira) – Pessoas com 94 anos

9 (terça-feira) – Pessoas com 93 anos

10 (quarta-feira) – Pessoas com 92 anos

11 (quinta-feira) – Pessoas com 91 anos

12 (sexta-feira) – Pessoas com 90 anos

13 (SÁBADO) – PESSOAS ENTRE 90 E 94 ANOS

15 (segunda-feira) – Pessoas a partir de 89 anos

16 (terça-feira) – Pessoas com 88 anos

17 (quarta-feira) – Pessoas com 87 anos

18 (quinta-feira) – Pessoas com 86 anos

19 (sexta-feira) – Pessoas com 85 anos

20 (SÁBADO) – PESSOAS ENTRE 85 E 89 ANOS

22 (segunda-feira) – Pessoas com 84 anos

23 (terça-feira) – Pessoas com 83 anos

24 (quarta-feira) – Pessoas com 82 anos

25 (quinta-feira) – Pessoas com 81 anos

26 (sexta-feira) – Pessoas com 80 anos

27 (SÁBADO) – PESSOAS ENTRE 80 E 84 ANOS

Fotos: Beth Santos