Categorias
Brasil Destaque Diário do Rio Notícias Rio

Carioca Shopping e Hemorio promovem campanha de doação de sangue nesta sexta-feira

O Carioca Shopping e o Instituto Estadual de Hematologia do Rio (Hemorio) realizam, nesta sexta-feira, 8 de abril, campanha de doação de sangue para aumentar os estoques dos bancos de sangue que abastecem os hospitais públicos e conveniados com Sistema Único de Saúde (SUS) do Estado do Rio. Para a ação, uma equipe do Hemorio estará disponível, das 10h às 15h, no segundo piso do estabelecimento, próximo ao Casa Carioca.

O atendimento será realizado por ordem de chegada, seguindo todos os protocolos de segurança, incluído o uso de máscara. Antes da coleta é feita uma triagem para verificar se a pessoa está apta a doar sangue. A coleta dura no máximo 10 minutos e todo o material utilizado é estéril e descartável. Para ser doador é preciso apresentar um documento de identidade original com foto (identidade, carteira de trabalho, carteira de habilitação, certificado de reservista ou carteira do conselho profissional), estar em boas condições de saúde, ter entre 16 e 69 anos e pesar, no mínimo, 50kg.

O doador não pode estar em jejum, deve ter dormido pelo menos 6h na noite anterior, e deve evitar a ingestão de alimentos gordurosos nas 3h que antecederem a doação, assim como ingestão de bebidas alcoólicas nas 12 horas anteriores a doação. Gestantes e lactantes não podem doar, assim como pessoas que fizeram tatuagens ou piercings há menos de seis meses. Menores de idade (de 16 e 17 anos) podem doar, desde que estejam acompanhados e sejam autorizados por seus pais ou responsáveis legais.

Algumas situações impedem provisoriamente a doação de sangue:
Febre– acima de 37°C;
Gripe ou resfriado;
Gravidez atual (90 dias após o parto normal e 180 dias após a cesariana);
Amamentação (até 1 ano após o parto);
Uso de alguns medicamentos;
Anemia;
Cirurgias;
Extração dentária nos últimos 7 dias;
Tatuagem ou piercing – seis meses sem doar;
Vacinação – o tempo de impedimento varia de acordo com o tipo de vacina;
Transfusão de sangue – impedimento por 1 ano;
Quem testou positivo para o Covid-19 deve aguardar 10 dias após o desaparecimento dos sintomas para realizar a doação de sangue;Quem tomou vacinas contra a Covid: Coronavac – só pode doar após 48h; Astrazeneca/Pfizer/Janssen – após 7 dias.

Para mais informações e esclarecimentos, entre em contato gratuitamente pelo Disque Sangue (0800-2820708)

Categorias
Destaque Doação Doação de sangue Notícias Rio Saúde

Secretaria Municipal de Educação lança Projeto Rio Sangue Bom

Na manhã desta segunda-feira (21/03) foi lançado o projeto Rio Sangue Bom, com a presença do Secretário de Educação do Rio de Janeiro, Renan Ferreirinha. O objetivo é trabalhar a conscientização sobre importância de ser um doador de sangue. A cada mês, a ação acontecerá um uma Coordenadoria Regional de Educação.

Até o final deste mês (março), as unidades escolares da 1ª, 7ª e 11ª Coordenadorias Regionais de Educação serão contempladas. O projeto engloba palestras educativas que abordam a importância do gesto solidário de doar sangue e ajudar a salvar vidas para os responsáveis dos alunos. Para participar, é necessário fazer o cadastro na secretaria da unidade escolar.

O Serum Banco de Sangue, que atende mais de 100 unidades hospitalares no Rio de Janeiro, é o responsável pela coleta de sangue. Com dois polos, Barra da Tijuca e Centro, o Serum faz a pré-triagem dos inscritos e, também, a marcação das datas para doação, além de fornecer o transporte da unidade escolar até o polo de coleta.

“O ato de doar sangue é voluntário e de amor ao próximo, ajuda a salvar vidas. É muito importante ter a comunidade escolar envolvida. Temos 1.543 unidades e esperamos ter muitos voluntários para essa ação, por isso, seguimos até o final do ano com o nosso projeto”, explica o Secretário Municipal de Educação, Renan Ferreirinha.

O volume coletado é de aproximadamente 450 ml (padrão internacional), o que representa uma fração muito pequena do total de sangue de um adulto. Para doar sangue é preciso ter idade entre 16 – acompanhando do responsável- e 60 anos, estar em boas condições de saúde e ter peso mínimo de 50 Kg. Não podem doar sangue diabéticos que façam uso de insulina, pessoas que tiveram doença de chagas ou Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST).

Categorias
Ação Solidária Brasil Destaque Notícias Notícias do Jornal Política Rio Saúde

Into pede ajuda para elevar número de doadores de sangue

Com um número de doadores diários muito abaixo do ideal, o Hemointo, banco de sangue do Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (Into), está procurando sensibilizar a população para a doação de sangue. A chefe da Divisão de Serviços Técnicos Auxiliares do Into, Elizandra Duarte, disse à Agência Brasil que o ideal é coletar entre 30 e 50 bolsas por dia mas, atualmente, só cinco doadores têm comparecido para doar. 

“Na volta das férias e ainda com esse aumento súbito dos casos contaminados de covid, o nosso estoque está bem abaixo do que é ideal para a gente atender toda a nossa demanda”, reforçou Elizandra. “Por isso, a gente está pedindo a colaboração, para que esses doadores venham e consigamos manter a nossa produtividade e atender toda a população”.

Os estoques de sangue no Into precisam ser elevados diante do número de cirurgias, muitas das quais de alta complexidade, realizadas pela unidade do Ministério da Saúde. Em média, o instituto realiza de 30 a 32 procedimentos diários.

Não é preciso agendamento prévio para doar. Basta que as pessoas se dirijam ao Hemointo, às segundas, quartas e sextas-feiras, das 8h às 17h. Localizado na Avenida Brasil, 500, 1º andar, no bairro de São Cristóvão, Rio de Janeiro, o Hemointo oferece transporte gratuito para doações feitas em grupo e marcadas com a equipe de captação pelos telefones (21) 21345067 e (21) 21345577.

Para doar, as pessoas têm que ter entre 16 e 69 anos de idade, pesar mais de 50 quilos e apresentar bom estado de saúde. O doador deve portar documento original de identidade e não pode estar em jejum. Pelo contrário, recomenda-se que se alimente antes, mas evite comidas gordurosas e bebidas alcoólicas. Jovens de 16 e 17 anos só podem doar sangue com autorização dos pais ou responsáveis legais por meio de formulário próprio do Hemointo.

Elizandra Duarte esclareceu que quem foi acometido pela covid-19 só pode doar 30 dias após a cura. “Se a pessoa que adquiriu covid teve a forma grave da doença só poderá doar depois de um ano. Ela fica inapta por um ano”.

Em caso de contato em domicílio ou de outra forma com casos suspeitos ou confirmados, os doadores ficam inaptos por 14 dias após a cessação de contato com a pessoa infectada. Da mesma forma, doadores que retornaram de viagens internacionais, vindos de qualquer país, ficam inaptos por 14 dias.

A chefe da Divisão de Serviços Técnicos Auxiliares do Into informou também que doadores imunizados com as vacinas Oxford ou AstraZeneca/Fiocruz ficam inaptas para doar por sete dias após cada dose. Já os doadores vacinados com a Coronavac, da Sinovac/Butantan, ficam sem doar por 48 horas após cada dose.

 

 

Agência Brasil

Categorias
Destaque Doação de sangue Notícias Rio Saúde

Com baixo estoque, INTO reforça pedido de doação de sangue

O Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (INTO), do Ministério da Saúde, faz um alerta à população sobre a baixa nos estoques de sangue do hospital.

Desde o período de festas no final do ano e com o aumento dos casos de covid-19, o Hemointo – banco de sangue do Instituto – vem registrando um comparecimento de doadores bem abaixo da meta necessária para atender às cirurgias de alta complexidade realizadas no INTO.

A doação de sangue pode ser feita por pessoas que tenham de 16 a 69 anos de idade, que pesem mais de 50 quilos e apresentem bom estado de saúde. O doador deve portar um documento original de identidade e não pode estar em jejum. Jovens de 16 e 17 anos só podem doar sangue com autorização dos pais ou responsáveis legais por meio de formulário próprio do Hemointo.

Para doar, não é necessário realizar agendamento prévio. O Instituto oferece transporte gratuito para doações feitas em grupos e marcadas com a equipe de captação.

Atualmente, o Hemointo funciona às segundas, quartas e sextas-feiras, das 8h às 17h (exceto feriados), na sede do Into, na Avenida Brasil, 500, 1º andar, no bairro de São Cristóvão.

Covid-19:

– Doadores que tiveram a doença ficam inaptos por 30 dias após a cura.

– Doadores que desenvolveram a forma grave da doença, ficam inaptos por um ano.

-Em caso de contato em domicílio ou de outra forma com casos suspeitos ou confirmados, os doadores ficam inaptos por 14 dias após a cessação de contato com a pessoa.

-Doadores que retornaram de viagens internacionais vindo de qualquer país ficam inaptos por 14 dias.

– Doadores vacinados com a Coronavac, da Sinovac/Butantan, ficam sem doar por 48h após cada dose.

– Doadores vacinados com a Oxford, da AstraZeneca/Fiocruz, ficam sem doar por sete dias após cada dose.

Categorias
Brasil Destaque Notícias Notícias do Jornal Saúde

Campanha de Natal do Banco de Sangue Serum

A campanha de Natal do Banco de Sangue Serum faz um convite para que as pessoas doem sangue, deixando aflorar o espírito de solidariedade e empatia, proporcionando vida aos pacientes internados nos hospitais que precisam dos hemocomponentes sanguíneos para o sucesso do tratamento.
Como parte desta campanha solidária, ao longo desse mês, os doadores são convidados a escrever uma mensagem aos pacientes que necessitam de transfusões. E ainda, podem retirar um cartão de uma árvore de Natal que contém mensagens especiais escritas pelos pacientes.
Durante as festas de final de ano, o Banco de Sangue Serum estará atendendo nos seguintes dias e horários:

  • Unidade Centro: Nos dias 24 e 31, parcialmente, com cadastro até às 13h. Já nos dias 25 e 26 de dezembro e 1º de janeiro, estará fechada. Nos demais dias, o Banco de Sangue funciona diariamente, inclusive aos domingos e feriados, das 7h às 18h.
  • Unidade Barra: Nos dias 24 e 31, parcialmente, com cadastro até as 13h. Já nos dias 25 de dezembro, 1º. e 2 de janeiro, estará fechada. Nos demais dias, o Banco de Sangue funciona diariamente, inclusive aos domingos e feriados, das 7h às 18h.

O Banco de Sangue de Serum segue rigorosamente todos os protocolos de segurança contra a Covid-19 e por isso conquistou o selo Covid Free de Excelência, concedido pelo IBES — Instituto Brasileiro para Excelência em Saúde, em reconhecimento por manter as melhores práticas de prevenção e enfrentamento da pandemia de coronavírus.

Requisitos básicos para doação de sangue:

• Apresentar um documento oficial com foto (RG, CNH, etc.) em bom estado de conservação;

• Ter idade entre 16 e 69 anos desde que a primeira doação seja realizada até os 60 anos (menores de idade precisam de autorização e presença dos pais no momento da doação);

• Não é permitido realizar doação acompanhado de menores de 12 anos (exceto se o menor estiver acompanhado de dois adultos, sendo necessário o revezamento dos mesmos enquanto acontece a doação);

• Estar em boas condições de saúde;

• Pesar no mínimo 50 kg;

• Não ter feito uso de bebida alcoólica nas últimas 12 horas;

• Após o almoço ou ingestão de alimentos gordurosos, aguardar 3 horas. Não é necessário estar em jejum;

• Se fez tatuagem e/ou piercing, aguardar 12 meses. Exceto para região genital e língua (12 meses após a retirada);

• Não ter diabetes em uso de insulina;

• Se passou por endoscopia ou procedimento endoscópico, aguardar 6 meses;

• Não ter tido Doença de Chagas ou Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST);

• Candidatos que apresentaram sintomas de gripe e/ou resfriado devem aguardar 7 dias após cessarem os sintomas para realizar doação de sangue;

• Aguardar 48h para doar caso tenha tomado a vacina da gripe, desde que não esteja com nenhum sintoma;

Consulte nossa equipe em casos de hipertensão, uso de medicamentos e cirurgias.
Critérios específicos para o Coronavírus:

• Se teve contato com paciente positivo ou com suspeita de COVID-19, aguardar 14 dias;

• Se contraiu COVID-19, aguardar 30 dias;

• Aguardar 48h caso tenha tomado a vacina Coronavac/Sinovac e 7 dias caso tenha tomado a Astrazeneca, Pfizer ou Janssen;

• Candidatos que viajaram para o exterior devem entrar em contato com o Banco de Sangue para entender o período que não pode doar (varia de país a país).

Categorias
Destaque Notícias Rio Saúde

Shopping e Clínica de Hemoterapia se unem em ação pública de doação de sangue

Iniciativa ‘Doe sangue e salve vidas’ ocorrerá de 24 a 27 de outubro na Baixada Fluminense

A Clínica de Hemoterapia de Niterói promoverá a ação pública da campanha ‘Doe sangue e salve vidas’, em parceria com o Caxias Shopping, empreendimento administrado pela Aliansce Sonae na Baixada Fluminense, de 24 a 27 de outubro. A iniciativa visa aumentar o número de doadores a fim de regularizar os estoques de sangue e atender a todos que precisam.

Para a diretora médica da Clínica de Hemoterapia de Niterói, Catarina Finkel, esta é uma causa nobre e realizada com segurança.

Os bancos de sangue, incluindo nós da Clínica, adotamos medidas de prevenção para evitar a propagação do vírus e para que não haja risco aos doadores. A doação de sangue é segura, não havendo riscos para quem doa – afirma.

A ação, que segue todos os protocolos de segurança do Ministério da Saúde, possui uma criteriosa seleção daqueles que podem doar, atendendo à princípios como, a verificação da quantidade de sangue (hematócrito e hemoglobina) passível de doação, sem prejuízo ao doador, além da avaliação clínica de outros riscos possíveis. Os interessados em fazer a doação de sangue serão atendidos por ordem de chegada, nos quatro dias da campanha.

Programação:

Campanha ‘Doe sangue e salve vidas’

Endereço: Caxias Shopping – Rod. Washington Luiz, 2895 – Duque de Caxias – RJ

Data: de 24 a 27 de outubro, domingo a quarta

Local: loja próxima à TIM

Horário:das 13h às 19h

Foto : Divulgação
Como doar

Para doar sangue basta estar em boas condições de saúde e alimentado, ter entre 16 e 69 anos, pesar mais de 50 kg e levar documento de identidade original com foto recente. Importante evitar alimentos gordurosos nas 4 horas que antecedem a doação e respeitar o prazo de 12 horas para o caso de bebidas alcoólicas. Se estiver com sintomas de gripe ou resfriado, ou tiver tomado vacina recentemente, não deve doar temporariamente.

Impedidos de doação

Além dos requisitos habilitando os doadores, é importante estar atento sobre os itens que proíbem a doação, a saber: estar gripado ou com processo alérgico (tosse, coriza); vacina de Sarampo e Tétano – 4 semanas; ter feito tatuagem e/ou piercing há menos de 1 ano; ter tido Hepatite depois de 11 anos de idade; ter realizado endoscopia e/ou colonoscopia nos últimos 6 meses; ter ingerido bebida alcoólica nas últimas 12 horas; ser usuário de drogas ilícitas; e alguns medicamentos impedem a doação (essa questão será tratada na Triagem Clínica, no momento da doação). Covid-19 | Vacinas:

Vacina de gripe – 48hs (2 dias);

Vacina Astrazeneca/Pfizer – após 7 dias;

Candidatos que apresentaram infecção pelo Covid-19 são considerados inaptos por um período de 30 dias.

Serviço:

Caxias Shopping

Rod. Washington Luiz, 2895 – Duque de Caxias – RJ

Categorias
Destaque Rio

Bangu Shopping e Hemorio promovem campanha de doação de sangue

 

 

Neste sábado, dia 10 de julho, o Bangu Shopping, realiza, em parceria com o Hemorio, uma campanha especial de doação de sangue com o objetivo de contribuir para o banco de sangue da cidade do Rio de Janeiro, que segue em baixa desde o início da pandemia .

Segundo o Hemorio, a pandemia provocou uma queda de 30% nos estoques. Para atender a demanda dos pacientes no estado do Rio, é necessário obter pelo menos 300 bolsas de sangue por dia. A média atual é de 210.

Para a ação, uma equipe do Hemorio estará disponível, das 10h às 15h, em uma sala exclusiva, na unidade da Unisuam Bangu Shopping, localizada no segundo piso, acesso próximo à portaria 3. O atendimento será realizado por ordem de chegada, seguindo todos os protocolos de segurança e distanciamento social.

Doar sangue é doar vida, e por isso o Hemorio realiza as ações de coleta de sangue com muita seriedade e cuidado. Antes da coleta de sangue é feita uma triagem para verificar se a pessoa está apta a doar sangue. A coleta dura no máximo 10 minutos e todo o material utilizado é estéril e descartável.

Para ser doador é preciso apresentar um documento de identidade original com foto (identidade, carteira de trabalho, carteira de habilitação, certificado de reservista ou carteira do conselho profissional), estar em boas condições de saúde, ter entre 16 e 69 anos e pesar, no mínimo, 50kg. O doador não pode estar em jejum, deve ter dormido pelo menos 6h na noite anterior , e deve evitar a ingestão de alimentos gordurosos nas 3 horas que antecederem a doação, assim como ingestão de bebidas alcoólicas nas 12 horas anteriores a doação. Gestantes e lactantes não podem doar, assim como pessoas que fizeram tatuagens ou piercings há menos de um ano. Menores de idade (16 e 17 anos) podem doar, desde que estejam acompanhados e sejam autorizados por seus pais ou responsáveis legais.

Quem tiver dúvida ou desejar mais informações e esclarecimentos, basta entrar em contato gratuitamente pelo Disque Sangue (0800-2820708)

Bangu Shopping – Campanha de doação de sangue Hemorio

Local: Bangu Shopping – Rua Fonseca, 240 – unidade Unisuam – Sala de triagem: 202 A / Sala de Coleta: 204 A
Data: 10 de julho, sábado
Horário: das 10h às 15h

Central de Atendimento Bangu Shopping: (21) 2018-2321
www.bangushopping.com

Categorias
Brasil Rio Saúde

Fevereiro Laranja e a importância da doação de sangue para o tratamento da Leucemia

Segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA), a Leucemia é o 9º tipo de câncer mais comum entre os homens e o 11º entre as mulheres. Apesar dos índices estatísticos, é uma doença que atinge também crianças e idosos.

Ela se origina na medula óssea e se espalha pelo sangue, impactando na produção de glóbulos vermelhos, plaquetas e glóbulos brancos, causando sérios danos ao organismo, como anemia aguda, infecções e hemorragias.

A Campanha Fevereiro Laranja foi instituída nacionalmente para alertar a sociedade de que a prevenção e o diagnóstico precoce ainda são as estratégias mais eficientes no enfrentamento à doença.

Nesse contexto, é importante também conscientizar a população sobre a importância da doação de sangue para pacientes em tratamento de Leucemia.

De acordo com o Banco de Sangue Serum, pacientes com leucemia aguda certamente necessitarão de transfusões de sangue ao diagnóstico e no decorrer do tratamento.

Isso ocorre porque, com o progresso da doença, que se origina na medula óssea, há um bloqueio na produção natural do sangue pelo organismo por ocupação da medula óssea pelas células tumorais. Dessa forma, os pacientes com esse tipo de câncer necessitam de transfusão de plaquetas e hemácias.

Como o sangue é convertido em plaquetas?

A instituição explica que há duas formas para obtenção de plaquetas, sendo uma por meio da doação de sangue total, na qual o sangue é separado em concentrado de hemácias, de plaquetas e plasma.

O segundo método é por aférese de plaquetas, processo em que o sangue do doador passa por uma máquina que separa apenas as plaquetas e devolve ao doador as hemácias e o plasma. Neste processo, a quantidade de plaquetas corresponde a cerca de sete doações de sangue total e expõe o paciente a menos doadores, o que é recomendado a pacientes com leucemia.

O Banco de Sangue Serum ressalta que todos os doadores, de todos os tipos sanguíneos, são bem-vindos nesta ampla rede de solidariedade. Não há restrição para doações de sangue que serão utilizados em tratamentos de leucemia, desde que os doadores estejam de acordo com os requisitos básicos descritos abaixo.

Requisitos básicos para doação de sangue:

• Apresentar um documento oficial com foto (RG, CNH, etc.) em bom estado de conservação;

• Ter idade entre 16 e 69 anos desde que a primeira doação seja realizada até os 60 anos (menores de idade precisam de autorização e presença dos pais no momento da doação);

• Estar em boas condições de saúde;

• Pesar no mínimo 50 kg;

• Não ter feito uso de bebida alcoólica nas últimas 12 horas;

• Após o almoço ou ingestão de alimentos gordurosos, aguardar 3 horas. Não é necessário estar em jejum;

• Se fez tatuagem e/ou piercing, aguardar 12 meses. Exceto para região genital e língua (12 meses após a retirada);

• Se passou por endoscopia ou procedimento endoscópico, aguardar 6 meses;

• Não ter tido gripe ou resfriado nos últimos 30 dias;

• Não ter tido Sífilis, Doença de Chagas ou AIDS;

• Não ter diabetes em uso de insulina;

Consulte a equipe do banco de sangue em casos de hipertensão, uso de medicamentos e cirurgias.

Critérios específicos para o CORONAVÍRUS:

• Candidatos que apresentaram sintomas de gripe e/ou resfriado devem aguardar 30 dias após cessarem os sintomas para realizar doação de sangue;

• Candidatos que viajaram para o exterior devem aguardar 30 dias após a data de retorno para realizar doação de sangue;

• Candidatos à doação de sangue que tiveram contato, nos últimos 30 dias, com pessoas que apresentaram diagnóstico clínico e/ou laboratorial de infecções pelos vírus SARS, MERS e/ou 2019-nCoV, bem como aqueles que tiveram contato com casos suspeitos em avaliação, deverão ser considerados inaptos pelo período de 30 dias após o último contato com essas pessoas;

• Candidatos à doação de sangue que foram infectados pelos SARS, ERS e/ou 2019-nCoV, após diagnóstico clínico e/ou laboratorial, deverão ser considerados inaptos por um período de 30 dias após a completa recuperação (assintomáticos e sem sequelas que contraindique a doação).
Banco de Sangue Serum

Endereço: Rua Riachuelo, 43, Centro – Rio de Janeiro
Dentro do Hospital da Ordem do Carmo, 3º andar
Funcionamento 2ª a 6ª, 8h às 17h, Sábados 8h às 16h.
Telefone: (21) 3233-5950 | WhatsApp: (21) 97231-4651
Estacionamento conveniado durante a doação – Landeiras Park, Avenida Gomes Freire, 769 – Lapa
Categorias
Rio Saúde

Alerta de risco de falta de sangue O-, A- e B-

O Banco de Sangue Serum continua com os estoques sanguíneos em estado de alerta. O déficit que se acentuou desde o início do ano, de 65%, neste momento está crítico para os tipos sanguíneos negativos O, A e B.

Considerado universal, o sangue O- não pode faltar, pois em casos de extrema urgência, quando não há tempo para exames que comprovem qual o tipo de sangue do paciente, ele é o requisitado pelos hospitais. Já os sangues A- e B- são tipos mais raros, que podem ser doados somente entre os que possuem o mesmo tipo sanguíneo.

Todos os tipos sanguíneos são necessários e o apelo é para que os doadores compareçam urgente no local para praticar esse gesto solidário que salva até 4 vidas. Carol Roe, captadora do Banco de Sangue Serum, alerta que doadores de todos os tipos sanguíneos são bem-vindos nesse momento.

“Estamos passando por um momento muito difícil, que se acentuou com os impactos da pandemia. Porém, esperamos que agora, neste começo de ano, quando temos uma esperança no enfrentamento à Covid, com o início da vacinação no país, as pessoas se sensibilizem mais para a questão da doação de sangue”, afirma Carol.

Para regularizar os estoques e evitar atrasos ou impactos nos atendimentos, são necessárias 100 doações diárias. Com os casos de Covid-19, a situação faz as doações se tornarem ainda mais urgentes.

O Banco de Sangue segue rigorosamente todos os protocolos contra a Covid-19 e mantém boas práticas preventivas para o enfrentamento ao coronavírus.

A unidade atende mais de 80 hospitais entre públicos e privados na região Central do Rio de Janeiro, Baixada Fluminense, Niterói e São Gonçalo. O Banco de Sangue Serum está localizado no Centro, Rua Riachuelo, 43, próximo aos arcos da Lapa.

Requisitos básicos para doação de sangue:

• Apresentar um documento oficial com foto (RG, CNH, etc.) em bom estado de conservação;

• Ter idade entre 16 e 69 anos desde que a primeira doação seja realizada até os 60 anos (menores de idade precisam de autorização e presença dos pais no momento da doação);

• Estar em boas condições de saúde;

• Pesar no mínimo 50 kg;

• Não ter feito uso de bebida alcoólica nas últimas 12 horas;

• Após o almoço ou ingestão de alimentos gordurosos, aguardar 3 horas. Não é necessário estar em jejum;

• Se fez tatuagem e/ou piercing, aguardar 12 meses. Exceto para região genital e língua (12 meses após a retirada);

• Se passou por endoscopia ou procedimento endoscópico, aguardar 6 meses;

• Não ter tido gripe ou resfriado nos últimos 30 dias;

• Não ter tido Sífilis, Doença de Chagas ou AIDS;

• Não ter diabetes em uso de insulina;

❗ Consulte a equipe do banco de sangue em casos de hipertensão, uso de medicamentos e cirurgias.

Critérios específicos para o CORONAVÍRUS:

• Candidatos que apresentaram sintomas de gripe e/ou resfriado devem aguardar 30 dias após cessarem os sintomas para realizar doação de sangue;

• Candidatos que viajaram para o exterior devem aguardar 30 dias após a data de retorno para realizar doação de sangue;

• Candidatos à doação de sangue que tiveram contato, nos últimos 30 dias, com pessoas que apresentaram diagnóstico clínico e/ou laboratorial de infecções pelos vírus SARS, MERS e/ou 2019-nCoV, bem como aqueles que tiveram contato com casos suspeitos em avaliação, deverão ser considerados inaptos pelo período de 14 30 dias após o último contato com essas pessoas;

• Candidatos à doação de sangue que foram infectados pelos SARS, ERS e/ou 2019-nCoV, após diagnóstico clínico e/ou laboratorial, deverão ser considerados inaptos por um período de 30 dias após a completa recuperação (assintomáticos e sem sequelas que contraindique a doação).

Serviço
Banco de Sangue Serum

Endereço: Rua Riachuelo, 43, Centro – Rio de Janeiro
Dentro do Hospital da Ordem do Carmo, 3º andar
Funcionamento: 2ª a 6ª das 8h às 17h, sábados das 8h às 16h.
Telefone: (21) 3233-5950 | WhatsApp: (21) 97231-4651
Estacionamento conveniado durante a doação – Landeiras Park, Avenida Gomes Freire, 769 – Lapa
Categorias
Pelos Bairros Rio

Doação de Sangue – faça desse gesto um presente de Natal!

“Os laços mais importantes não estão na embalagem, estão nos gestos”. Com esse mote, o Banco de Sangue Serum lançou sua campanha de Natal, convidando a população a entrar no clima solidário e doar sangue.
Neste período do ano, normalmente, os estoques sanguíneos já sofrem uma baixa, em razão das festas e recessos. Porém, neste cenário de pandemia, o estado tende a ficar ainda mais crítico.

“Estamos operando com os estoques abaixo do ideal e é preciso que as pessoas se sensibilizem para a necessidade da doação de sangue. Em um momento tão crítico em que muitos se esquecem de doar por estarem de férias, nosso déficit atual é de 30%, ao passo que a demanda aumenta consideravelmente, devido a situações emergenciais nos hospitais”, diz Rodrigo Moreira, líder de captação do Banco de Sangue Serum.

Até o final do mês, quem for doar sangue é convidado a escrever uma mensagem aos pacientes que necessitam de transfusões. Eles também podem retirar um cartão da árvore de Natal com a mensagem especial de um paciente.

“Muitas histórias dependem de um doador de sangue para continuar a serem escritas. Vamos levar muito mais esperança para quem precisa, principalmente, neste Natal”, completa o líder de captação.

Durante as festas de final de ano, o Banco de Sangue Serum estará atendendo especialmente nos seguintes horários: nos dias 24 e 31, das 7h às 12h. Já nos dias 25 de dezembro e 1º de janeiro, a unidade estará fechada. Nos demais dias, de segunda-feira a domingo, o horário será das 7h às 18h.

Doação de sangue e a Covid-19

Doar sangue é um ato seguro e as pessoas podem se sentir ainda mais confiantes. O Banco de Sangue Serum conquistou recentemente o selo Covid Free de Excelência, uma certificação concedida a instituições que utilizam boas práticas de prevenção e enfrentamento ao coronavírus.

Este certificado garante que os protocolos de segurança exigidos internacionalmente para conter a disseminação do vírus sejam cumpridos no local.

Requisitos básicos para doação de sangue:

• Apresentar um documento oficial com foto (RG, CNH, etc.) em bom estado de conservação;

• Ter idade entre 16 e 69 anos desde que a primeira doação seja realizada até os 60 anos (menores de idade precisam de autorização e presença dos pais no momento da doação);

• Estar em boas condições de saúde;

• Pesar no mínimo 50 kg;

• Não ter feito uso de bebida alcoólica nas últimas 12 horas;

• Após o almoço ou ingestão de alimentos gordurosos, aguardar 3 horas. Não é necessário estar em jejum;

• Se fez tatuagem e/ou piercing, aguardar 12 meses. Exceto para região genital e língua (12 meses após a retirada);

• Se passou por endoscopia ou procedimento endoscópico, aguardar 6 meses;

• Não ter tido gripe ou resfriado nos últimos 30 dias;

• Não ter tido Sífilis, Doença de Chagas ou AIDS;

• Não ter diabetes em uso de insulina;

❗ Consulte a equipe do banco de sangue em casos de hipertensão, uso de medicamentos e cirurgias.

Critérios específicos para o CORONAVÍRUS:

• Candidatos que apresentaram sintomas de gripe e/ou resfriado devem aguardar 30 dias após cessarem os sintomas para realizar doação de sangue;

• Candidatos que viajaram para o exterior devem aguardar 14 dias após a data de retorno para realizar doação de sangue;

• Candidatos à doação de sangue que tiveram contato, nos últimos 30 dias, com pessoas que apresentaram diagnóstico clínico e/ou laboratorial de infecções pelos vírus SARS, MERS e/ou 2019-nCoV, bem como aqueles que tiveram contato com casos suspeitos em avaliação, deverão ser considerados inaptos pelo período de 14 dias após o último contato com essas pessoas;

• Candidatos à doação de sangue que foram infectados pelos SARS, MERS e/ou 2019-nCoV, após diagnóstico clínico e/ou laboratorial, deverão ser considerados inaptos por um período de 30 dias após a completa recuperação (assintomáticos e sem sequelas que contraindique a doação).