Categorias
Destaque Esporte Notícias Rio

Referência no beach tennis dá dicas e aponta os benefícios da modalidade

Lançado na Itália na década de 1980, o beach tennis chegou ao Brasil em 2008.

De fácil aprendizado, dinâmico e podendo ser praticado por pessoas de todas as idades, logo atraiu muitos praticantes em boa parte do Brasil. No Rio, do Leme ao Pontal, é muito comum ver redes e aulas da modalidade.

E há muitos locais fora das praias onde se pratica o  . Um dos maiores nomes da história da modalidade no país, Guilherme Prata, por exemplo, ensina o beach tennis na Academia Tennis Route, na Barra da Tijuca, em Ipanema, no Jockey Club, na ABB e na Praia da Barra. Campeão do mundo em 2013, como jogador, e top 8 do planeta e vencedor do US Open, de simples, em 2011, entre outros títulos, Guilherme aponta as vantagens da prática da modalidade:

Do ponto de vista mental, acho que a atividade física já ajuda bastante a pôr para fora as dificuldades do dia a dia. Mas o beach tennis vai além disso, muitas pessoas que começam mudam, literalmente de vida. Passam a ser mais otimistas, mais felizes, passam a ter novas metas dentro de suas categorias, sem contar a possibilidade de novas viagens nacionais e internacionais através do beach. É um life changer para muitos adeptos.

Com treinador da seleção brasileira, Prata foi vice mundial, em 2014, e campeão pan-americano, no ano seguinte. Seu maior legado para o esporte no país?

A capacitação de profissionais. Até hoje, já ajudei 1300 professores a começarem a desenvolver suas atividades no Brasil.

Para quem pretende iniciar no esporte (ou trocar de material), a compra de raquete é um passo fundamental. E Guilherme Prata dá algumas dicas valiosas:

São vários tipos de raquetes hoje em dia. Não aconselho as de madeira. As mais baratas de um nível aceitável são as de fibra de vidro. Porém, as melhores são as de carbono.

Para mim a principal diferença é a qualidade do material. Para os iniciantes eu aconselho raquetes leves de uma forma geral. Muitos não sabem que as raquetes de bt são mais pesadas que as de tênis, em média. Normalmente as mais leves de beach tennis começam com 330 gramas, enquanto as de tênis amador têm 300 gramas, às vezes menos. Quando se determina uma boa raquete para começar, a primeira coisa que penso é o que cada um pode investir. Normalmente, a maior parte dos iniciantes preferem investir menos. Nesse caso, optam pelas de fibra de vidro. Para mim, se não tem problema com valor, uma boa opção são as de full carbon com composições de carbono.

Para quem está no nível intermediário, Prata recomenda sair da fibra de vidro para as de carbono ou de kevlar.

Para os avançados e profissionais, a linha de raciocínio é a mesma do intermediário. O material faz muita diferença à medida que você avança seu nível no beach tennis. Os profissionais sempre jogam raquetes de carbono com Kevlar, hoje até temos diferenças na quantidade de camadas que a raquete tem. Mas nunca se vê um profissional jogando com raquetes de fibra, como os iniciantes. Vale ressaltar que a durabilidade das raquetes é bem longa – conta o ex-número 1 do Brasil, por quatro anos.

À venda na Pró-Tênis Barra

Para quem procura acessórios para a prática do beach tennis, a Pró-Tênis Barra, parceira da Tennis Route, tem boas opções. Em relação às raquetes, a Shark, referência ao redor do mundo, é uma das alternativas, com ampla linha de raquetes de todos os níveis e sempre com excelente qualidade. Um exemplo disso é a Shark Storm, desenvolvida com tecnologia EVA Soft. Além disso, a marca possui excelentes overgrips, que ajudam na aderência e na absorção do suor.

Na Pró-Tênis há, também raquete de beach tennis da Adidas. Como a 2.0, de qualidade, potência e controle, graças a sua tecnologia EVA Density Soft Performance. Seu peso está entre 320-330g, o que faz com que seja uma das raquetes mais leves do mercado, ideal para jogadores regulares e com bom controle, que buscam conforto e potência.

Categorias
Destaque Esporte Esportes Natação Notícias Rio

Atleta do Flamengo prepara-se para os Jogos Estudantis

A relação de Pedro Brandão com a natação foi paixão à primeira vista. Começou aos seis anos. E, hoje, aos 17, o atleta coleciona vitórias e metas a serem alcançadas. No próximo dia 12, ele disputará os Jogos Estudantis, no Parque Aquático Júlio Delamare, no Maracanã.

Foto : Divulgação

Fã do ex-nadador Gustavo Borges, por sua dedicação e paixão pelo processo e por sempre buscar a excelência em tudo o que fazia, Pedro, aluno do 3º ano do Ensino Médio do CEL Intercultural School, está bastante confiante para o torneio:

As expectativas são as melhores possíveis. Espero fechar meu último ano de atleta estudante representando o CEL com chave de ouro.

Pedro está no colégio desde o 5º ano do Ensino Fundamental. Ou seja:

Foto : Divulgação

há sete anos ele está na escola, pela qual já venceu o Intercolegial (até hoje é dele o recorde nos 100m peito) e disputou o Sul-Americano Escolar, entre outras competições.

Eu não busquei o CEL apenas por conta de sua tradição na excelência de ensino, mas, também, por conta do apoio que a instituição dá a seus atletas estudantes. E não me arrependi, a escola sempre esteve ao meu lado dando todo tipo de suporte para que eu pudesse me manter estudando e no alto rendimento – agradece Pedro.

Paula Santanna, coordenadora da unidade Norte Shopping, tem sido importante na trajetória do nadador:

Por conta dos meus treinos à tarde, durante o horário das aulas, a Paula me envia aulas gravadas para que eu possa estar atualizado. Além disso, se há alguma competição nos dias das provas, a escola permite a flexibilização da data do teste para que eu não saia prejudicado. Só tenho, também, a agradecer ao professor Bruno Senna (coordenador de Educação Física), que dá todo tipo de apoio para que eu possa também defender a camisa do CEL em competições pela escola.

Orgulho à nação rubro-negra

Vice-campeão brasileiro e campeão do Sudeste, Pedro, desde março deste ano, é atleta do Flamengo. Motivo de enorme orgulho, também:

Está sendo maravilhoso vestir as cores do maior do Brasil e defendê-la nas competições. Com certeza é uma camisa pesada, mas estou dando meu melhor para poder continuar dando orgulho para a nação.

Categorias
Brasil Destaque Notícias Rio

Brasil vence Argentina na estreia do Mundial Sub-18 de vôlei

A seleção brasileira feminina de vôlei estreou com o pé direito no Mundial Sub-18, nesta terça-feira, em Durango, no México. O time dirigido por Hylmer Dias venceu por 3 sets a 0, com parciais de 25/23, 25/22 e 25/16, pelo Grupo D. Nesta quarta-feira, o desafio será a Rússia.

Estrear com vitória sempre é bom, traz confiança para cada uma e para o time todo. Mas essa vitória não garante nada para a gente. Então, temos que focar a cada jogo para conseguirmos alcançar nosso objetivo – comenta a líbero Sophia Dantas, de 17 anos, que é atleta do Tijuca Tênis Clube.

Fã de Camila Brait e Fabi, Sophia começou no vôlei aos 9 anos, em uma escolinha próxima de casa, porque sua mãe, Tatiana, sempre a incentivou a praticar um esporte. E, entre as opções que tinha na época, a filha optou pelo vôlei.

Atuando pelo TTC desde 2018 (antes jogava pelo Flamengo), Sophia começou, ano passado, a ser chamada para passar algumas semanas no Centro de Desenvolvimento de Vôlei, em Saquarema, da CBV, onde as seleções, tanto de base quanto as principais, se preparam para competições:

Eu sempre fui muito dedicada e sempre quis alcançar a seleção brasileira, então com muito treino e participando de campeonatos importantes, consegui ser vista e chamada para os treinamentos no CDV.

A rotina de treinos em Saquarema é bastante puxada. As jogadoras treinam em dois períodos, além de trabalhar a parte física. E as folgas não são muitas.

E Sophia ainda concilia os treinos e competições com as aulas do CEL Intercultural School, de onde é aluna da 3ª Série.

O colégio, aliás, é um grande aliado no dia-a-dia da líbero.

Sempre que não estou treinando, tento fazer os deveres da escola. Agora, com o formato on-line, tudo ficou mais fácil, já que consigo ter acesso às aulas a qualquer hora. Então eu assisto às aulas durante meu tempo de folga e quando tenho prova, tento adaptar o horário.

Gratidão ao CEL

Há 10 anos no CEL, Sophia é muito grata ao colégio, pelo qual colecionou alguns títulos:

Sem o CEL eu não estaria onde estou agora. Comecei a me interessar mais pelo vôlei quando entrei no time do colégio, que abriu muitas portas para mim. Ganhei Campeonatos Estaduais, Brasileiros e um Mundial vestindo essa camisa. Além disso, o CEL não forma só o aluno, ele sempre teve o objetivo de formar um bom cidadão completo e eu sempre admirei muito isso. E fico feliz de fazer parte dessa instituição.

Coordenadora da unidade Barra da Tijuca, onde Sophia estuda, Camila Fernandes tem muito orgulho pela trajetória da aluna:

A Sophia é muito esforçada e inteligente, fazemos o possível para ajudá-la a conciliar a vida de estudante com a de atleta. E ela tem se saído muito bem.

Coordenador de Educação Física do CEL, Bruno Senna viu as conquistas de Sophia, nas quadras e nas salas:

Ela é uma menina excepcional. Sempre pronta para participar dos eventos esportivos pelo CEL. Talentosa e estudiosa. A ida para o Mundial Sub-18 vai coroar a dedicação que ela teve desde que começou a praticar o vôlei no Flamengo – comenta Bruno.

Além do CEL, a filha multicampeã de Tatiana também demonstra gratidão ao TTC:

Cheguei lá no meu primeiro ano de infantil, com o intuito de evoluir o meu vôlei, e fui muito bem recebida pelas meninas e pela comissão técnica. Nesses 3 anos, conquistei vários campeonatos, o de Estrela e o Campeonato Brasileiro Interclubes, por exemplo, que são uns dos mais cobiçados da base. Conseguimos o ouro e foram campeonatos muito importantes pra mim. Hoje em dia, posso dizer que eles são como uma família pela história que construímos juntos.

Categorias
Destaque Notícias Rio Saúde

Rede de laboratórios é ampliada para jogo Flamengo e Barcelona (EQU)

Rio de Janeiro terá 45 laboratórios e mais de 200 pontos de
atendimento credenciados pelo Flamengo para a partida; Ação acontece após da operação da operação de segurança sanitária no primeiro evento-teste;

Após o sucesso da ação de segurança sanitária do primeiro Flamengo x Grêmio pela Copa do Brasil (15/09) -, a Veus Saúde amplia a rede de laboratórios e pontos de atendimento no Rio de Janeiro para testagem de torcedores contra a Covid-19. A iniciativa tem oobjetivodea expectativa de aumento da demanda de público no Maracanã para acompanhar o jogo Flamengo x Barcelona de Guaya quil pela semifinal da Libertadores, que acontecerá na próxima quarta-feira (22/09), às 21h30.

A partida já acontece em linha com o decreto municipal publicado na última sexta-feira (19/07), que permite a ampliação da ocupação de torcedores nos estádios da cidade de 30% para 50% da capacidade.

Para a disputa da próxima quarta-feira, foram credenciados 45
laboratórios e mais de 200 pontos de atendimento, que estarão aptos a

Foto : Divulgaçãotestar os torcedores.  No primeiro jogo, foram disponibilizados 33

laboratórios, com cerca de 150 pontos de atendimento na cidade, que
testaram pouco mais de seis mil torcedores que queriam acompanhar o jogo presencialmente.

A operação foi bem sucedida e muito organizada. Todos os protocolos foram atendidos
e a dinâmica foi aprovada, com as informações certificadas e enviadas digitalmente pelos laboratórios para a plataforma integrada de validação Veus e acessadas diretamente pelos operadores dos ingressos para a liberação do público. Menosde1% dos torcedores testaram  positivo e não foram habilitados a comparecer ao jogo – diz Marcelo Botelho, CEO da Veus.

Os protocolos para os próximos jogos continuam os mesmos: só será
permitida a entrada de pessoas vacinadas – com a primeira ou segunda
dose, de acordo com a idade – e testadas, exclusivamente em
laboratórios credenciados pela rede Veus Saúde, com até 48h antes da
realização da partida. Os testes utilizados serão o MedTeste
Coronavírus Antígeno AG, que oferecem sensibilidade de 95% e
especificidade de 99,2% de eficácia, além de resultados em 10 minutos.

A gestão da saúde é uma nova camada de segurança e deve ser
adotada daqui pra frente durante o plano de retomada em todo o país. Toda essa operação foi desenvolvida para que um monitoramento rigoroso de acesso permita a realização de grandes eventos de forma segura”,completa Botelho. A previsão é de que sejam realizadas mais 19 operações em jogos do Flamengo até o fim do ano.

Confira aqui a lista dos laboratórios credenciados e pontos de
atendimento aos torcedores no Rio: Veus Drive Thru Bangu Shopping: Rua Fonseca 240 – Bangu; Veus Drive Thru Barra Shopping: Av. Luís Carlos Prestes acesso nível 5 Lagoa – Barra da Tijuca; Veus Drive Thru Via Parque Shopping: Av. Ayrton Senna, 3000 – Barra da Tijuca; Veus Drive Thru Américas Medical City: Av. Jorge Curi, 550 – Barra da Tijuca;Veus Drive Thru Recreio Shopping: Av. das Américas, 19019 – Recreiodos Bandeirantes; Veus Drive Thru Park Shopping: Estrada do Monteiro,1200 – Campo Grande; Veus Drive Thru Fashion Mall: Estrada da Gávea,899,Loja111 – São Conrado; Veus Drive Thru AABB: Av. Borgesde Medeiros,829-Lagoa; Veus Drive Thru Shopping Tijuca: Av. Maracanã, 987 – Tijuca; Veus Drive Thru Norte Shopping: Av. Dom Helder Câmara, 5474 – Cachambi; Veus Drive Thru Carrefour Caxias: Rodovia Washington Luiz, 4735 – Duque de Caxias.

Sobre a Veus Saúde

Há mais de 25 anos, a Veus desenvolve tecnologias inovadoras para a
área da saúde, criando soluções ágeis e integradas, de fácil
implementação e utilização, prontas para aperfeiçoar e acelerar
processos, bem como reduzir custos e riscos, aumentando o retorno sobre os investimentos. A empresa acredita na tecnologia como veículo e em pessoas como combustível para realizar. Sua equipe é formada por apaixonados por inovação e pelo bem-estar que ela proporciona para o mundo.

Categorias
bicicleta Destaque Notícias

Bicicleta é tema da ‘Maratona de Ideias’ do SESC São Paulo

O Instituto Aromeiazero e unidades do Sesc SP apoiam  ideias, projetos e negócios que utilizam a bicicleta para fortalecer o território central durante e pós pandemia

De acordo com os dados levantados pela Aliança Bike, o número na
venda de bicicletas aumentou 34,17% no primeiro semestre de 2021 em relação ao mesmo período de 2020. Outra organização que também registrou esse crescimento foi a Tembici, responsável por operar serviços de empréstimo de bicicletas no país. Segundo a empresa,houve um crescimento do número de aluguéis de 9% entre janeiro e julho de 2021 em relação ao ano passado. Em muitas cidades o uso da bicicleta já vinha se tornando tendência e a pandemia colocou isso ainda mais em evidência. Além de ser usada para a prática de
exercícios físicos, meio de transporte e ferramenta de geração de
renda, a bicicleta  também pode ser usada como fortalecimento do
comércio local.

Foi pensando em fomentar o uso da bike que o Instituto Aromeiazero juntoa 6 unidades do Sesc (24 de Maio, Carmo, Consolação, Bom Retiro,Florêncio de Abreu e Parque Dom Pedro II) irá promover no próximo dia 25, às 11h30, a ‘Maratona de Ideias’, uma  live de apresentação das dez propostas selecionadas na Bike-a-thon Centro. Logo após, os responsáveis por elas serão avaliados e receberão feedbacks da Renata Falzoni, arquiteta, jornalista e idealizadora do portal Bikeé Legal;Cristina Fongaro Peres, assistente técnica da Gerência de Educação para a Sustentabilidade e Cidadania onde responde pela área da Valorização Social do Sesc SP; e Cadu Ronca, diretor do Instituto Aromeiazero.

Veja quais foram as propostas selecionadas:

Selim Cultural: formação de bikers entregadoras/es do coletivo
Señoritas Courier, para que estas pessoas elaborem roteiros de
conteúdo cultural pela região central da cidade.

EcoMilhas: programa de milhas em que cada quilômetro pedalado se
transforma em pontos que valem descontos entre os lojistas da região.

Mapeamento Ciclo Amigável com Señoritas Courier: a ideia é
mapear,identificar e criar um mapa online com pontos estratégicos que
ofereçam suporte à ciclistas de forma gratuita, como por exemplo,
espaços de recarga elétrica de aparelhos celulares, espaços para
alimentação, entre outros.

BikeSystem: coletivo que reutiliza, recicla e ressignifica bicicletas
abandonadas pela cidade e transforma em difusores de arte com o objetivo de levar música e doações para pessoas em situação  de rua no
Centro de São Paulo.

“Rolê no Centro”:  buscam a realização de passeios de bike e outras
rodinhas em ações culturais pelo Centro de São Paulo com o Coletivo
CicloCentro_SP. A ideia é juntar coletivos que atuem utilizando a
bicicleta.

Maratona Mulher na Bicicleta: criado pela Vespas Bike Gang, coletivo de mulheres que começou em setembro de 2018 busca realizar atividades para autonomia da mulher no ciclismo. Seu lema é “qualquer mina, qualquer bike”.

BAZE – Minioficina de Suporte axs Ciclo Entregadorxs: idealizado pelo grupo de ciclo entregadores “SP.Mess”, consiste na instalação de um arsenal básico de ferramentas para manutenção e cuidados de
bicicletas, nos seguintes centros culturais: Al Janiah [Bela Vista],
Casa do Povo [Bom Retiro], Galpão Casa 1 [Bela Vista] e Espaço Selva
[Mooca].

Motor Humano: realizado pelo Bicicletário 68, da ocupação Ouvidor 68, busca imaginar novas formas de transporte, invertendo a escala
automóvel-bike, a fim de fortalecer o acesso à cultura e a cidade para
a população das ocupações do Centro de São Paulo.

Pedalar é urbano – street art Sp: a ideia do projeto é evidenciar
através de um “tour” ciclístico artes de mulheres, pessoas pretas
e indígenas

PedalinhA: tem como proposta brincar e ocupar os espaços de pedal para crianças,  traçando rastros por linhas curvas de chão, que circunda me cortam a Praça Olavo Bilac e da Ciclofaixa do entorno..

A Bike-a-Thon, maratona de inovação social, criatividade e mentoria
para apoiar o desenvolvimento de soluções que utilizem a bicicleta
para fortalecer o território durante e pós pandemia, está acontecendo
desde o mês de agosto e contou com lives inspiradoras e mentorias sobre Bicicleta e Impacto Social ; Gestão de Inovação Social e Modelos de Sustentabilidade Financeira. Agora chega em sua fase final com
apresentações de soluções que serão apoiadas e acompanhadas pelo
Instituto até o fim deste ano.

Vale dizer que todas essas propostas são para o fortalecimento da
economia local no centro de São Paulo durante e pós pandemia.

Participe da live e contribua com as ideias, dando sugestões e tirando
dúvidas sobre elas.

Maratona de Ideias – Bike-a-thon Centro

Quando: 25/09/2021
Horário: 11h30
Onde: Youtube do Aromeiazero e do Sesc Bom Retiro

Sobre o Aro

O Instituto Aromeiazero é uma organização sem fins lucrativos que
utiliza a bicicleta para reduzir as desigualdades sociais e contribuir
para tornar as cidades mais resilientes. Os projetos contam com
patrocínio do Itaú Unibanco e da Argo Seguros, além de leis de
incentivo, sendo grande parte das ações em periferias e comunidades
vulneráveis. Desde 2011, as iniciativas do Aro promovem uma visão
integral da bicicleta, potencializando expressões culturais e
artísticas, geração de renda e hábitos de vida saudáveis. Para
saber mais informações, entre em contato:

   Sobre o Territórios do Comum

No atual momento ações realizadas por organizações não
governamentais, coletivos e indivíduos engajados são ainda mais
necessárias para transformar positivamente territórios e comunidades,
bem como as políticas públicas. Assim, diversas iniciativas da
sociedade civil têm atuado de forma colaborativa, constituindo espaços
de diálogo e de criação de tecnologias com mobilização social, que
apontam soluções para questões emergentes em seus territórios. Para
ampliar as possibilidades de trocas de conhecimentos de quem transforma seu território e quem deseja saber mais sobre o assunto, o Sesc Paulo dá início ao projeto “Territórios do Comum”, entre  1 a 15 de agosto, como ação em rede voltada ao tema da cidadania em suas
múltiplas dimensões e possibilidades de colaboração”.

Categorias
Destaque Futebol Notícias Rio

Peneira Gratuita de Futebol em Nilópolis

Na Baixada Fluminense ainda é possível encontrar o futebol raiz, aquele jogado em campo da várzea, com raça e muita paixão. São jovens que sonham se tornar craques e defender grandes  clubes.

Para contribuir para que esse sonho se torne realidade, a Life Star Talentos, realiza no dia 14 de setembro uma peneira de futebol para nascidos entre 2005 e 2010. As partidas terão a presença de Tuche, observador do Fluminense. Quem quiser participar tem que se inscrever na Vila Olímpica de Nilópolis no dia 13 de setembro, das 8 às 13 horas. No ato da inscrição é preciso ter um documento de identidade. No dia do jogo, precisa chegar às 8 horas da manhã na Vila Olímpica, vestido de blusa branca, short preto, meião preto e chuteira sem trava.

É uma grande oportunidade para os garotos da Baixada terem uma peneira gratuita e com a presença de observador de um grande clube. Queremos descobrir e lapidar jóias que sabemos que tem aqui – diz Jacob David, CEO da Life Star Talentos.

SERVIÇO:

Peneira de futebol com observador do fluminense Tuche

Inscrição: 13/09

Horário: 8:00 às 13:00

O que é preciso: documento de identidade

Peneira: 14/09

Horário: 08:00

O que é preciso: Estar de camisa branca, short preto, meião preto e chuteira sem trava

Local: Vila Olímpica de Nilópolis

Categorias
Brasil Destaque Esportes eSports Notícias Rio

Atleta do Flamengo celebra convocação inédita

As últimas semanas têm sido de conquistas e muitas emoções para a nadadora Natália Steiner, de 15 anos.

No final de julho, a atleta do Flamengo venceu os 200m peito do Brasileiro Juvenil, em Recife, conquistando a melhor marca da carreira: 2min432s. No último domingo, a filha de Frederico Steiner e Larissa Alvarez foi convocada pela primeira vez para o Sul-Americano Juvenil, a partir do dia 6 de novembro, em Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia.

Fiquei muito feliz, porque é um objetivo que eu tinha e alcancei. Agora é treinar muito e chegar da melhor forma. Já estive em uma competição nos EUA e outra no Peru, mas será o meu primeiro Sul-Americano – festeja a nadadora.

Como não poderia deixar de ser, Natália não vê a hora de desembarcar na cidade boliviana:

Estou bem ansiosa e esta conquista é muito importante. Lutei muito para chegar até aqui – acrescenta a filha de Frederico e de Larissa.

Ano passado, a irmã mais velha de Rafa Steiner foi, nas tomadas de tempo, tetracampeã brasileira nos 100m peito e 200m peito, além dos 200m medley e 400m medley.

Mas as conquistas de Natália não têm surgido por acaso. São frutos de muita dedicação e, claro, talento.

Gratidão ao CEL

Para aliar os treinos e competições pelo Flamengo com os estudos, a filha de Frederico e Larissa tem como parceiro o CEL Intercultural School, onde cursa a 1ª série do Ensino Médio:

Treino três vezes por semana de madrugada, em torno das 5h, e acabo perdendo o primeiro ou segundo tempo da escola. Mas o CEL tem sido muito parceiro, vem abrindo muitas portas para mim, está se formando uma amizade muito boa entre a gente. Porque eles me ajudam quando preciso. Às vezes viajo para competir e tenho que faltar uma aula ou outra.

Com convocações frequentes para a seleção de base do Brasil há dois anos, Natália mostra personalidade ao ser perguntada sobre quem é sua maior inspiração no esporte.

Tenho um ídolo que é o (Michael) Phelps (americano), admiro muito as pessoas, mas eu me inspiro em mim mesma. Eu não falo: ‘quero ser tal pessoa’. Quero ser eu, fazer o meu melhor, mas admiro muitos. Dentre eles, o Phelps.

Categorias
Destaque Diário do Rio Esportes Rio

Prefeitura começa a vistoriar pistas de skate

Do site da Prefeitura Rio.

Prefeitura do Rio começou nesta terça (10/08) a vistoriar locais de prática de skate que poderão ser contemplados com melhorias. Depois da reinauguração da pista de skate da Lagoa Rodrigo de Freitas no último domingo.

O primeiro local vistoriado foi a pista do Cocotá Skate Park, na Ilha do Governador. A inspeção é parte de uma ação conjunta das Secretarias de Esporte, Conservação, Juventude e subprefeituras, além da participação de integrantes de diversos coletivos de skate da cidade do Rio de Janeiro.

Após a análise das necessidades de cada pista será feito um orçamento para a realização das obras e começo das reformas. Ainda estão na lista para serem vistoriadas as pistas do Méier, do Maracanã, do Estácio e do Aterro do Flamengo.

Há dois meses, a Secretaria de Esportes e a Secretaria da Juventude fecharam um acordo que prevê uma reunião mensal com a Federação de Skate e integrantes de coletivos do esporte na cidade, para atender a demandas dos praticantes da modalidade.

 

Categorias
Destaque Diário do Rio Esportes Notícias Rio

Nacional fica com o vice-campeonato da Copa Zico Sub-17

O Nacional Sport Clube perdeu por 1 a 0 para o América na final da Copa Zico Sub-17 e ficou com o vice-campeonato da competição.

A grande decisão foi nesta segunda-feira (26), no Campo Zico, que fica no Recreio dos Bandeirantes. A derrota não tira o brilho da equipe, que foi uma das melhores da competição.

E o Nacional ainda comemorou o prêmio de destaque da competição recebido pelo jogador Cauã Araújo. Ele foi considerado destaque em cinco das seis partidas disputadas pela equipe durante a competição e foi eleito por jogadores adversários.

Jogador Cauã Araújo recebeu prêmio de destaque da competição

“Estamos todos de parabéns, atletas, diretoria, torcida e todos que nos ajudaram até aqui. Vamo equipe, se Deus quiser em dezembro voltaremos em mais uma edição da Copa Zico”, postou a equipe no perfil oficial no Instagram após o jogo da final.

Categorias
Destaque Diário do Rio Esportes Notícias Rio

Nacional bate Real Reips na semi e vai à final da Copa Zico Sub-17

O Nacional Sport Clube está na final da Copa Zico Sub-17. O time derrotou neste sábado (24) a equipe do Real Reips por 1 a 0, na semifinal da competição, e agora disputará a grande decisão.

O gol que deu a vitória à equipe foi marcado por Emersson Malta.

A final do torneio será na segunda-feira (26) contra a equipe do América. O grande confronto que vale o título da competição será às 12h, no Campo Zico, que fica no Recreio dos Bandeirantes.