Categorias
Arte Destaque Notícias Racismo

Carrefour lança programa de aceleração de talentos

Vagas não possuem restrições de idade e nem tempo máximo de formação. Ao término do programa, profissionais se tornarão líderes na companhia

São Paulo, 24 de setembro de 2021 – Comprometido com a diversidade e com a valorização de talentos, o Grupo Carrefour Brasil lança o seu programa de aceleração de carreira voltado para profissionais negros,o Talentos do Futuro 2021: Liderança Negra.  Diferente do habitual em programas de traine e, o Talentos do Futuro não é focado em profissionais recém formados. O objetivo é acelerar a carreira de talentos que já ingressaram no mercado de trabalho, mas ainda não assumiram posições de liderança.

Existe um número grande de profissionais que não encontram
oportunidades de crescimento nas companhias que atuam. Como Grupo, temos o papel de trabalhar para transformar essa realidade. Precisamos valorizar o potencial dos talentos negros e pensar no desenvolvimento desses profissionais –  destaca Cristiane Lacerda, Diretora de Recursos Humanos do Grupo Carrefour Brasil.

O programa de aceleração terá a duração de 18 meses, com um
salário inicial de R$7.500,00. As 20 vagas disponíveis são voltadas
para profissionais com ensino superior completo, de todo o país, sem
limite de idade, nem exigência específica de área de formação.
Também não será pré-requisito a fluência em outro idioma.

O olhar para a diversidade e para a inclusão precisa ser aprofundado
nas organizações. Para além de termos profissionais diversos no nosso quadro, precisamos que essa diversidade seja refletida nos cargos de liderança. Com este programa buscamos acelerar a carreira de talentos negros que se tornarão líderes na estrutura corporativa do Grupo Carrefour Brasil – explica Cristiane Lacerda. Ainda segundo Cristiane,um dos diferenciais do programa está no processo de formação de um ano e meio que inclui um módulo internacional, que deve ser realizado na França, onde fica a sede Global do Carrefour.

Ao longo do programa, os selecionados passarão também por formação em metodologias ágeis, capacitação em liderança, além de uma imersão em temas relacionados à tecnologia e a inovação. O grupo
Carrefour Brasil também irá custear a formação em idiomas, caso seja
necessário. Após os 18 meses, os novos líderes irão apresentar um
projeto com foco em responsabilidade social e inclusão que irá se
somar aos demais programas de combate ao racismo realizados pelo Grupo Carrefour Brasil.

Ao todo, serão oferecidas 20 vagas externas com atuação em São
Paulo. Os participantes do programa de aceleração receberão
benefícios, como vale-transporte e refeição; seguro de vida;
assistência médica; assistência odontológica; descontos em empresas
parceiras; refeição no local; e participação nos lucros da empresa
(PLR). Os colaboradores do Grupo Carrefour Brasil, que atenderem aos requisitos, também poderão participar do Programa, concorrendo a vagas adicionais.

A seleção dos profissionais será feita em parceria com a Cia de
Talentos e contará com cinco etapas, todas elas realizadas de forma
online. O início do Programa está previsto para janeiro de 2022 e os
interessados poderão se inscrever até dia 10 de novembro, no site

O Grupo Carrefour Brasil reforça, através deste programa, o
compromisso com a sociedade de buscar, cada vez mais, a inclusão e
equidade racial dentro das empresas.

Sobre o Grupo Carrefour Brasil

Há mais de 45 anos no país, o Grupo Carrefour Brasil é líder de
mercado de distribuição de alimentos. A partir de uma plataforma
omnicanal e multiformato, reúne operações de varejo e Cash & Carry,
além do Banco Carrefour e de sua divisão imobiliária, o Carrefour
Property. Atualmente, conta com os formatos Carrefour (hipermercado), Carrefour Bairro e Carrefour Market (supermercado), Carrefour Express(varejo de proximidade), Carrefour.com (e-commerce), Atacadão(atacado e atacado de autosserviço), além de postos de combustíveis e drogarias. Presente em todos os Estados e Distrito Federal, sua operação já abrange mais de 721 pontos de vendas. Com faturamento de R$ 74,8 bilhões em 2020 e mais de 96 mil colaboradores no Brasil, a empresa é a segunda maior operação dentre os países nos quais o Grupo Carrefour opera. A companhia se destaca ainda por ser uma das maiores empregadoras privadas do país e uma das 20 maiores empresas listadas na bolsa brasileira (B3). Além disso, tem focado em democratizar cada vez mais o acesso da população à alimentação saudável, promovendo o movimento Act For Food. No mundo, o Grupo Carrefour atua em mais de 30 países e, nos próximos anos, implementa estratégia prevista no plano Carrefour 2022, por meio da qual lidera intenso movimento de omnicanalidade, transformação digital e transição alimentar para que seus clientes consumam ainda melhor em qualquer lugar. Com mais de 320 mil colaboradores e 13 mil lojas espalhadas pela Europa, Ásia e América Latina, está presente na vida de mais de 105 milhões de clientes. Em 2020, a receita global da companhia totalizou € 78,6 bilhões.

Categorias
Destaque Notícias do Jornal

O crescimento e a importância das vendas online no varejo de moda pós pandemia

O comportamento de consumo mudou drasticamente com a pandemia aumentando de forma significativa as compras online.  Nossa redação conversou com Marília Carvalhinha, Consultora estratégica para empresas e Coordenadora da Pós-Graduação de Negócios e Varejo de Moda da FAAP, para entender melhor como andam as coisas.

Com os estabelecimentos fechados no começo da pandemia por conta das bruscas recomendações, diversos consumidores que antes não compravam online passaram a frequentar canais virtuais, gerando oportunidades para as empresas que tiveram que se adaptar a uma nova realidade.

Segundo Marília, as marcas que souberam se reinventar em meio a crise, já estavam inseridas em um universo de vendas online, e souberam levar em conta diversos fatores fundamentais para manter um negócio digital funcionando, como por exemplo, obter um e-commerce simples e agradável à navegação, contar com um serviço de marketing digital eficaz, que envolva a geração de um bom conteúdo e uma boa gestão de mídia de performance focada em resultados.

Tendo que manter o cliente por perto, as empresas precisaram criar opções de relacionamento por telefone, chat, instagram e whatsapp, a fim de levar segurança para essas pessoas que estavam fazendo suas compras online pela primeira vez.

Para manter suas operações de vendas online funcionando corretamente, além dessas listadas acima, Marília explica ser fundamental também estruturar toda a frente da operação, como o cadastramento de produtos que estarão disponíveis no e-commerce, sistemas integrados de gestão de estoque, logística de entrega e, quando necessário logística reversa.

“Esta estruturação tende a ser muito mais complexa quando se deseja tirar proveito de estoques descentralizados, que é o caso de utilizar lojas físicas também como centros de distribuição das vendas online.  A vantagem, neste caso, é a economia com logística e o melhor aproveitamento do estoque.” afirma Marília.

Por fim, Marília pontua quais são as vantagens das vendas online em relação ao varejo tradicional, e que irão ganhar ainda mais relevância a partir de agora:

O digital proporcionando dinâmicas diferentes

Com ações de vendas no digital, como por exemplo uma promoção relâmpago com impulsionamento de mídia, em horas já é possível saber se a ação está dando certo ou não. Eventualmente é até possível ajustar a ação, corrigindo rota antes de ela ser um completo fracasso. Em um varejo tradicional, tudo leva mais tempo para dar resultado.

Captação de dados

O digital proporciona para as empresas uma quantidade de dados que pode ser utilizado para a criação de estratégias específicas, como a sub segmentação de produtos e ações por cluster de clientes, entre outras possibilidades. Com dados e com a possibilidade de avaliar o resultado de ações em um tempo curto, espera-se muito mais dinamismo na gestão e na operação dos negócios.

“As empresas de moda tradicionalmente seguiam um ciclo longo entre a interpretação das tendências, desenvolvimento de produtos, produção ou importação, lançamento e vendas.  Esse tempo entre a idealização do produto e o momento da venda pode torná-lo parcialmente descolado da demanda” completa Marília.