Categorias
Brasil Destaque No Barquinho da Paciência Notícias Notícias do Jornal Política Rio Saúde

Que norma é essa que te obriga a vacinar no mesmo posto de saúde sempre?

Está cada vez mais difícil de entender a vacinação no Rio de Janeiro. Apesar de aparentemente estar andando em uma boa velocidade, o Rio te obriga a se meter em situações que não fazem o menor sentido. Em primeiro lugar, é obrigatório que você tome a primeira e a segunda dose no mesmo posto de saúde. Como assim? Se você mora na Barra da Tijuca e está de passagem pela Pavuna e se vacinar por lá, é obrigatório atravessar a cidade para tomar a segunda dose. Mas e existe uma carteira de vacinação? Não há uma explicação plausível para isso. 

Outra coisa que é necessário observar para melhorar são os atendentes. Em alguns postos de saúde existem relatos da falta de paciência e de educação de quem aplica a vacina ou até mesmo de quem recebe quem vai se vacinar. É preciso ter muita paciência para aceitar. O problema é que ela se esgota bem rápido dessa maneira. Hora de repensar algumas coisas. Pelo bem de todos e por uma vacinação mais ágil e tranquila para todos os cidadãos do Rio de Janeiro.

Categorias
No Barquinho da Paciência

Não me perturbem mais

Da Redação

Quem nunca recebeu uma ligação de telemarketing oferecendo serviços? Os telefonemas acontecem em qualquer horário, no fim de semana e até feriados e, em alguns casos, várias vezes ao dia. Hoje, muitas chamadas são gravadas e, quando atendemos, elas desligam automaticamente. De acordo com a Anatel, em média um terço das ligações indesejadas são para oferecer serviço relacionado às telecomunicações.

Considerado de baixo custo, o telemarketing passou a ser um dos canais preferidos pelos estabelecimentos. Com o alto número de reclamações, foi necessário buscar uma solução para o problema. O “Não me Perturbe” foi uma proposta apresentada à Anatel, aprovada e formalizada pelo órgão. Esta plataforma é um banco de dados único em que as pessoas podem se cadastrar para não serem incomodadas. O bloqueio pode levar 30 dias corridos após a solicitação. As instituições que descumprirem as regras podem ser advertidas ou receberem multas.

Na verdade, nem deveria ser necessário esse cadastro. As instituições deveriam respeitar o nosso ‘não’ na hora da própria chamada. Há cerca de um ano o Diário do Rio informou sobre este descaso. A questão revela que ainda temos um longo caminho na busca dos nossos direitos. Haja paciência!