Categorias
Diário do Rio Mundo Notícias Notícias do Jornal

Vaticano veta bênção a união gay e chama homossexualidade de pecado

Da redação com Agência Brasil

Um anúncio feito nesta semana pelo Vaticano, relacionado à união de pessoas do mesmo sexo, gerou polêmica em todo mundo. Isso porque a Congregação para a Doutrina da Fé, um dos órgãos responsáveis por estabelecer diretrizes para os católicos, publicou que padres e outros ministros da Igreja Católica não podem abençoar uniões homossexuais e que tais bênçãos “não são lícitas”. Disse que “Deus não pode abençoar o pecado” e que, se a bênção acontecer, não seria oficial.

O escritório ortodoxo do Vaticano divulgou essa determinação em resposta a dúvidas e ações de algumas paróquias sobre a concessão dessas bênçãos como um gesto de acolhimento de católicos gays, já que a Igreja não permite o casamento homossexual. Como resposta, o documento de duas páginas publicado em sete idiomas, afirma que não é lícito abençoar uma relação ou parceria, ainda que estável, que envolve atividade sexual fora do casamento, “como é o caso de união entre pessoas do mesmo sexo”.

O papa Francisco, que já apareceu diversas vezes publicamente defendendo os homossexuais e dizendo que eles precisam ser acolhidos pela igreja, aprovou a resposta da Congregação, segundo informou a Congregação. O departamento ainda acrescentou que a orientação “não pretende ser uma forma de discriminação injusta, mas antes um lembrete da verdade do rito litúrgico”. Ainda conforme o departamento, tais bênçãos não são permitidas, embora sejam “motivadas por um desejo sincero de acolher e acompanhar pessoas homossexuais” e “ajudá-las a crescer na fé”.

A nota divulgada pela congregação lembrou ainda que, como o casamento entre homem e mulher é um sacramento e bênçãos estão relacionadas ao sacramento do casamento, essas não podem ser estendidas a casais homossexuais.

“Por essa razão, não é lícito administrar uma bênção em relacionamentos ou parcerias, mesmo estáveis, que envolvem atividade sexual fora do casamento (ou seja, fora da união indissolúvel de um homem e uma mulher aberta em si mesma à transmissão da vida), como é o caso das uniões entre pessoas do mesmo sexo”, diz trecho da nota.

Categorias
Cultura Destaque

Família Lima: clipe poderoso com tema de The Mandalorian

 

Muitos fãs poderiam se sentir órfãos com o fim de “Star Wars”, mas a série live action “The Mandalorian” chegou para trazer ânimo e esperança aos apaixonados pela franquia. E a Família Lima, que nunca escondeu sua paixão pelo universo geek, preparou um clipe especial com uma nova versão da música tema da série, que já conquistou o coração dos fãs e admiradores de Guerra nas Estrelas.

Gravada remotamente, com cada um na sua casa ou estúdio, a versão da música-tema feita pela Família Lima fica completa com a extensa bagagem musical e grande versatilidade do guitarrista Andreas Kisser, integrante da banda Sepultura, que fez uma participação especial para esta gravação, juntamente com seu filho Yohan Kisser, também virtuoso guitarrista das bandas Sioux66 e Kisser Klan.

Amon assume o violino e viola, Lucas se reveza entre violino, violão, guitarra e percussão, Allen no teclado – com ajuda do “bebê Yoda” – e Moisés fica entre o cello e o taiko. A harmonia dos músicos se completa e traz uma sonoridade única para a faixa.

A produção musical fica por conta da Família Lima, com os clipes filmados por cada um dos integrantes separadamente e finalizados por Will Aleixo.

Grupo cantou até para o Papa

Formado em 1994, o grupo Família Lima é uma história de sucesso no show business. Com 9 discos e 4 DVDs lançados, o grupo já vendeu mais de um milhão de cópias e se apresentou nas mais importantes casas de shows do Brasil, além de já ter excursionado em mais de 13 países, dentre eles EUA, Áustria, França, Espanha, Alemanha e Vaticano, este último, inclusive, para o Papa João Paulo II e um público de 500.000 pessoas.

Banda-base do programa “Tamanho Família”, dominical da TV Globo e com recorde de audiência no horário, a Família Lima tem como assinatura sua singular fusão de música erudita e estilos variados como pop, rock e música eletrônica, fazendo desde shows corporativos e exclusivos para 100 espectadores até multidões em praças públicas.

Tal mistura rendeu duas participações no Rock in Rio 2017, uma a convite da Disney e outra tocando com a banda Metálica. A mistura de dedicação, amor à música e união parecem ser o segredo dessa banda que conseguiu se estabelecer há mais de duas décadas no difícil cenário musical brasileiro, nunca abrindo mão da sua verdade artística e qualidade musical.

Família Lima em números

21 anos de carreira

4 DVDs

9 CDs

1 EP

5 temporadas como banda-base no “Tamanho Família”, da TV Globo (2016, 2017, 2018, 2019 e 2020)

Mais de 1 milhão de cópias vendidas

Mais de 1500 apresentações por todo o Brasil e exterior (Principado de Andorra, França, Espanha, Áustria, Estados Unidos, entre outros)

Público médio de 150 mil pessoas todos os anos com shows especiais de Natal

500 mil pessoas durante show no Vaticano, em 2000

2 participações no Rock in Rio 2017

Assista ao clipe: https://www.youtube.com/watch?v=XZeZYXG3_8w

Categorias
Destaque Mundo

“Sejam mensageiros da vida em tempos de morte”, diz o papa

O papa Francisco fez um apelo para que as pessoas “não cedam ao medo” e se concentrem em uma “mensagem de esperança” durante uma missa na véspera do domingo de Páscoa, em uma Basílica de São Pedro vazia, em meio à pandemia de coronavírus. Ele também pediu o fim das guerras.

A cerimônia, que normalmente acontece em uma igreja lotada com dez mil pessoas, foi assistida por apenas duas dezenas, incluindo alguns assistentes de altar e um coro menor que o normal. Por causa do coronavírus, a celebração foi alterada, deixando de lado ações tradicionais, como o batismo de convertidos adultos e uma longa procissão no corredor principal da basílica.

O papa Francisco fez, durante a celebração neste sábado, uma comparação entre o trecho do Evangelho em que se relata a passagem em que o túmulo de Jesus é encontrado vazio no dia em que os cristãos acreditam que ele ressuscitou dos mortos e o estado incerto do mundo hoje por causa da pandemia de coronavírus.

“Também havia medo do futuro e tudo o que precisaria ser reconstruído. Uma memória dolorosa, uma esperança abreviada. Para eles, como para nós, era a hora mais sombria”, disse o papa em sua homilia.

Em países de todo o mundo, os católicos acompanharam o serviço papal ou missas rezadas por padres em suas próprias igrejas vazias e transmitidas pela televisão ou pela internet.

“Não tenham medo, não cedam ao medo: esta é a mensagem da esperança. Hoje é endereçada a nós. Essas são as palavras que Deus nos repete nesta mesma noite”, disse o pontífice.

O papa Francisco encorajou as pessoas a serem “mensageiros da vida em tempos de morte”, novamente condenando o comércio de armas e exortando aqueles em melhor situação a ajudar os pobres.

“Vamos silenciar os gritos de morte, sem mais guerras! Que possamos parar a produção e o comércio de armas, pois precisamos de pão, não de armas”, disse Francisco.

 

Fonte: EBC