Categorias
Notícias do Jornal Tendências

Talento e criatividade que ditam moda

 

Por: Claudia Mastrange

Quem disse que, com a pandemia, está ‘tudo parado’? O estilista Guilherme Tavares ignora essa máxima e está a todo vapor, criando sua nova coleção e produzindo um novo programa. Ele gravou este mês, na Vila Romana e no Silk Beach Club, em Búzios, o piloto do “Na Passarela com GT”, que irá falar sobre sonhos, superação, moda, turismo, gastronomia e life style e deve estrear e março, em uma casa de show na Barra da Tijuca.

Vivi Fernandes,  Fernanda Blatt, Kezia Cardoso, Rafaela Blatt e Julia Costa foram algumas das entrevistadas desta primeira edição, que promete emocionar e arrancar suspiros. Tavares ficou famoso pela arte de transformar alimentos em verdadeiras obras de arte até chegar à alta costura.

O designer começou a carreira como ajudante de cozinha, aos 12 anos de idade, até chegar às grandes passarelas onde, esbanjando criatividade, confeccionou roupas com algodão doce, pipoca, hortaliças, donuts e grãos de café. Modelos simplesmente criativos e apetitosos!

Foto: Divulgação

Guilherme já vestiu mais de 200 celebridades entre eles Juliana Paes, Ingrid Guimarães, Preta Gil, Antônia Fontenelle e Luiza Brunet. Desfilou suas criações em três continentes passando por diversas cidades entre elas Angola, (África), Bergen, (Scandinavian) Toscana, Milão, Amsterdam (Europa) São Paulo e Punta Del Este (América do Sul. Este ano estará no Hong Kong Centrostage. “Um evento incrível! Quando as fronteiras forem liberadas vamos fazer um desfile presencial. E, na Itália, farei o festival de Spoleto e o Miss internacional, em Roma, a convite da apresentadora Márcia Sedoc”, adianta.

Em plena pandemia, ele lançou a ‘Moda Safe’, com uma releituras das golas altas, as clássicas ‘cacharrel’ para aumentar a segurança sem perder o estilo na hora de se vestir.

“Em dezembro, de 2019 recebi a notícia do coronavírus através do meu irmão, que mora na China. E sabemos que aqui no Brasil existia, desde o início, rejeição a máscara. Por isto tive a ideia de transformar essa necessidade em tendência criando uma coleção que trouxesse, além de segurança, consciência e ressignificação”, conta Guilherme ao Jornal DR1.

O estilista conta o que vem por aí, em sua próxima coleção: “Está sendo desenvolvida com base no novo momento, com sofisticação, cores, silhueta marcada…A proteção permanece em alta”, antecipa. E como a mulherada pode se manter na moda nos tempos atuas, ainda mais nesse momento de restrições e com mais reclusão? “A mulher é um ser contemporâneo e, ao longo da história, tem mostrado grande capacidade de se reinventar. É uma dádiva trabalhar para as mulheres”, enaltece Guilherme.

Categorias
Alessandro Monteiro | Circuito Carioca Colunas

Preta Gil é coroada Musa do “Bloco do Copa” 2020

Pelo quarto ano consecutivo, a varanda do Belmond Copacabana Palace sediou o badalado evento “Bloco do Copa”, que aconteceu no último (2).  Após o sucesso das três primeiras edições, o bloco deste ano foi ainda melhor. Para não deixar ninguém parado, o evento contou com as apresentações animadas do Bloco Último Gole, da Bateria Balanço Zona Sul e Samba de Santa Clara.

Este ano, a musa do Bloco do Copa – a convite da diretora geral do hotel, Andréa Natal – foi a cantora Preta Gil, que fez bonito no melhor esquenta para o Carnaval carioca e para o Baile do Copa, que este ano acontece no dia 22 de fevereiro e terá como tema “Abra Suas Asas”.

Andrea Natal

Outra homenageada foi Ana Cristina Souza Pereira, de 44 anos, funcionária do hotel que há um ano trabalha como camareira, no setor de governança. A relação da madrinha do Bloco do Copa com o Carnaval já vem de muitos anos. Quando morava em Santa Cruz, desfilou pela escola, em 1995, e também pela Mangueira do Amanhã, sua escola do coração.

 

Luiz Igreja e Ana Cristina Souza

Ana conta que tem paixão pelo Carnaval e que ficou muito feliz em ter sido escolhida a madrinha do Bloco do Copa: “Assumir esse posto tão importante é algo realmente especial! Para mim, Carnaval é vida, liberdade, é estar viva e sentir o coração pulsar”. “É sempre um sonho estar no Copa, mas ser escolhida para esse posto não é para qualquer pessoa; é uma responsabilidade grande e eu me sinto muito privilegiada”, completa.

Fotos by Miguel Sá