Categorias
Cultura Rio

Sucesso leva Leila Maria fazer novo show no Teatro Rival Refit 

 

 

 

Lançamento do single “Nosso Jazz”, dia 30/4, nas plataformas digitais
Transmitida diretamente do  Rival Refit  no último sábado (24/04), a live da cantora e compositora Leila Maria, revelada nacionalmente no The Voice+, foi um estrondoso sucesso. Com mais de  6.300 visualizações, o show  já é um dos recordistas  do “Abrindo Portas,  projeto criado pela equipe do tradicional teatro carioca. E o êxito foi tamanho que uma nova apresentação já foi agendada para o dia 22 de maio, às 19:30h.

Crédito: Marcello Castelo

Leila Maria, que encantou o país com suas performances no The Voice+, também está em fase de lançamento do single “Nosso Jazz”, música composta por Rodrigo Braga e Rodrigo Lampreia – com quem a cantora divide a faixa que estará nas plataformas digitais a partir do dia 30/4. Apesar do ineditismo, a canção foi gravada por Leila e Lampreia há mais de uma década.

Leila  ganhou essa notoriedade depois de uma trajetória de cerca de trinta anos pelos palcos, casas noturnas mundo afora e muita batalha. Foram  cinco singles, cinco álbuns (um deles, “Leila Maria canta Billie Holliday in Rio”, ganhou o Prêmio da Música Brasileira na categoria “Melhor álbum de língua estrangeira”) e inúmeras participações em festivais de jazz,  gravações com artistas famosos como Ed Motta, e espetáculos ao lado de grandes orquestras e ícones como o maestro Paulo Moura.

Conhecida pelos improvisos e divisões rítmicas, advindos das influências jazzísticas e discos trazidos pelo pai que era da Marinha Mercante, Leila cresceu admirando as grandes divas do gênero. “- Eu cantava jazz, MPB, bossa numa época em que das cantoras negras,  esperava-se que cantassem samba”, diz a artista. Apesar  disso, nos anos 80, os jornais começaram a contemplá-la com excelentes críticas e Leila Maria passou a ter um público cativo que a acompanhava durante temporadas pelos teatros e casas noturnas do Rio. Hoje esse público cresceu muito e a intérprete ganhou fãs inclusive famosos. Fato que pode ser constatado em suas redes sociais,  atualmente com milhares de seguidores (quase 25 mil no Instagram).

Categorias
Cultura Música Notícias do Jornal Rio

Cantor Rick Vallen comemora hoje aniversário no palco

 

Voz poderosa, carregada de emoção e dramaticidade. Está aí o segredo do sucesso do cantor Ricky Vallen, que comemora seu aniversário no palco do Teatro Rival Refit, neste domingo, 21 de março, a partir das 17h, num show com transmissão on-line pela plataforma ShowIn ( www.showin.tv ). É o projeto ‘Abrindo Portas’, proporcionando aos fãs, durante a pandemia, shows a que eles podem assistir em suas casas, em segurança.

Destaque na segunda edição do quadro Shadow Brasil, do Programa Raul Gil, Ricky Vallen  apresenta um repertório baseado em grandes clássicos da MPB, como “Atrás da porta” (Francis Hime / Chico Buarque), “Um dia, um adeus” (Guilherme Arantes), “Sangrando” (Gonzaguinha) e “Você não me ensinou a te esquecer” (Fernando Mendes / José Wilson / Lucas). Destaque ainda para hits de Sandy & Júnior (“A lenda”), Maiara & Maraísa (“Medo bobo”) e Anitta (“Show das poderosas”).

Ricky  também arrasa cantando em inglês – “Spending My Time” (Roxette) e “Empire States of Mind” (Alicia Keys) – e em francês, na clássica “Non, Je Ne Regrette Rien”, do repertório da diva Edith Piaf.

O setlist traz ainda sucessos da carreira, como “Sei lá”, “Vidro fumê”, “Pra ser amor”, “Nada demais” – que fez parte da trilha sonora da novela “Guerra dos Sexos” – e a inédita “Banho de piscina”.

O cantor já lançou dois CDs e um DVD. Em 2007, foi o primeiro artista brasileiro a ser indicado em uma das quatro categorias principais do Grammy Latino Awards.

Saiba mais sobre Ricky Vallen

Nascido em Volta Redonda, no Rio de Janeiro, Ricky Vallen iniciou a carreira ainda criança, apresentando-se em bares, restaurantes e lojas, aos nove anos. Enveredou pelo teatro, tendo atuado em diversas  produções. Aos 13 anos, venceu concurso de calouros mirins no programa Show do Mallandro, apresentado por Sérgio Mallandro. Mas o reconhecimento nacional só veio após participar e ganhar o concurso de calouros do Programa Raul Gil. Desde então, sua carreira só cresce, emplacando canções em trilhas sonoras de novelas de sucesso da Rede Globo e lotando tradicionais casas de show por todo o Brasil.

Foto: Divulgação

Categorias
Cultura

Reinventar-se para resistir!

O Teatro Rival Refit tá fechado, mas continua resistindo, agora no mundo das lives. Curta nossa programação no Instagram!  Dia 7, Terça, o jornalista Marcos Salles conversa com o cantor e compositor Dudu Nobre. A quarta, dia 8,  é bafão: o produtor Eduardo Araúju recebe a poderosa drag queen Suellen Ribeiro. E na quinta, dia 9,  o papo promete ser lindo entre a cantora Olivia Hime e o poeta Geraldinho Carneiro, imortal da Academia Brasileira de Letras.  Todas as lives rolam a partir das quatro da tarde.  Teatro Rival Refit, 86 anos de resistência cultural.

AGENDA DA SEMANA

Dia 7 de Julho (terça-feira), 16h

Teatro Rival Refit Samba

Marcos Salles convida o cantor Dudu Nobre

Instagram @teatro.rival.refit

Dia 8 de julho (quarta-feira), 16h

Divinas Teatro Rival Refit

Eduardo Araúju convida drag queen Suellen Ribeiro

Instagram @teatro.rival.refit

Dia  9 de julho (quinta-feira), 16h

Bate-papo Teatro Rival Refit

A cantora Olivia Hime e o poeta Geraldinho Carneiro, imortal da Academia Brasileira de Letras

Instagram @teatro.rival.refit

Todas as lives rolam às quatro da tarde. Teatro Rival Refit, 86 anos de resistência cultural.