Categorias
Fica a Dica

Cantora Sarah homenageia Beth Carvalho

No dia 5, tem samba da melhor qualidade no Teatro Rival Refit. É o show da cantora Sarah em homenagem à saudosa Beth Carvalho, que ainda vai contar com a participação de Áurea Martins. Cantora de muitas rodas de samba e de casas da Lapa, Sarah acompanhou Neguinho da Beija-Flor e Dona Ivone Lara em turnês, com seu timbre marcante e voz imponente. No roteiro deste tributo a Beth Carvalho, estarão sucessos – como “Folhas secas”, “Alvorada”, “Maior é Deus” e “Meu Guri” – e outras canções garimpadas no repertório da madrinha do samba.

Serviço:

Teatro Rival Refit – Rua Álvaro Alvim, 33/37 – Centro/Cinelândia – Rio de Janeiro. Data: 05 de março (quinta-feira). Horário: 19h30. Abertura da casa: 18h. Ingressos: R$60 (inteira), R$30 (meia-entrada). Venda antecipada pela Sympla – https://sympla.com.br/teatrorivalrefit Bilheteria: Terça a Sexta das 13h às 21h | Sábados e Feriados das 16h às 22h Censura: 18 anos. https://www.teatrorivalrefit.com.br/. Informações: (21) 2240-9796. Capacidade: 350 pessoas. Metrô/VLT: Estação Cinelândia.

*Meia entrada: Estudante, idosos, professores da rede pública, assinantes O Globo e Funcionário Refit

Categorias
Destaque Rio

Rio ainda tem carnaval de rua no fim de semana

Que disse que o Carnaval acabou? Neste final de semana na cidade do Rio de Janeiro ainda vai ter programação para os foliões, com carnaval de rua. A programação oficial inclui dois megablocos, o Bloco da Anitta, no sábado (29) e o Monobloco, no domingo (1º), além de mais de 30 desfiles em diversas regiões da cidade.

Os dois megablocos vão desfilar no Centro, na Avenida Presidente Antônio Carlos. As concentrações estão previstas para as 7h, próximo ao Terminal Menezes Cortes. De acordo com a Prefeitura do Rio, o desfile do Bloco da Anitta será às 8h, e, do Monobloco, às 9h. Eles seguirão pela avenida até as proximidades da Rua Araújo Porto Alegre, ambos com término previsto para as 12h.

A prefeitura recomenda a quem for participar dos blocos optar por se deslocar, sempre que possível, em transportes públicos, como metrô, trens, barcas, BRT e VLT. Os motoristas devem respeitar os locais de proibição de estacionamento e atentar para os horários de interdições.

Confira a programação completa, disponibilizada pela Riotur

Sábado (29)

Zona Oeste  

14h: Vem que eu te abraço – Padre Miguel – Rua Cherburgo
15h: G.R.B.C. É pequeno mas não amolece – Recreio dos Bandeirantes – Praça Professor Henrique Niremberg
15h: Bloco abraço do urso – Santíssimo – Estr. dos Sete Riachos, 339
16h: Os 300 – Padre Miguel – Rua Tapiranga
17h: Bloco da ressaca – Pedra de Guaratiba – Rua Barros de Alarcão

Centro

7h: Bloco da Anitta – Centro – Rua Primeiro de Março
10h: Chulé de Santa – Santa Teresa – Rua Joaquim Murtinho, 2012
10h: Bloco quizomba – Lapa – R. Riachuelo, 15
16h: Mistura de Santa – Santa Teresa – Rua Francisca de Andrade
16h: Alegria da República – Rua dos Inválidos, 2
16h: Bloco do fervo – Estácio – Rua Professor Quintino do Vale
17: G.R.B.C Só cachaça – Gamboa – Rua Nabuco de Freitas, 50 – Santo Cristo

Zona Norte

13h: Bloco carnavalesco vem comigo cachaçada – Ribeira – Praia do Zumbi, 28
14h: Associação Carnavalesca Bloco Sepulta Carnaval – Engenho de Dentro – Rua Ana Leonidia
16h: GRBC fuzuê… Só alegria pra você!! – Del Castilho – Rua Chapadinha, 2

Zona Sul

10h: Bafafa – Laranjeiras – Praça São Salvador
12h: Se essa rua fosse minha – Flamengo – Rua Paulo VI, s/n
14h: Bloco sem Saída – Botafogo – Rua Gen. Severiano, 76
16h: Sufridos de Copacabana – Copacabana – Rua Inhangá
16h: Mulheres de Chico – Leme – Av. Atlântica, 10

Ilha de Paquetá
16h: Bloco Unidos do Caraxué

Domingo (1º)

Zona Oeste

16h: Malukos da Beira Rio – Vila Kennedy – Tv. Latania, Bangu
16h: To no Recreio – Recreio dos Bandeirantes – Av. Lúcio Costa

Centro

7h: Monobloco – Centro – Rua Primeiro de Março
12h: Bloco bonde da folia – Santa Teresa – Rua Fonseca Guimarães, 8
13h: Bloco eu amo cerveja – Centro – Av. Mem de Sá
16h: Nosso bloco – Saúde – Rua Sacadura Cabral, 75

Zona Norte

8h: Mulheres brilhantes – Vila Isabel – Boulevard 28 de setembro, 238
11h: Bloco Carnavalesco União dos Blocos da Ilha do Governador – Ribeira – Praça Iaiá García
12h: Bloco aí sim – Tijuca – Praça Cmte. Xavier de Brito
13h: Grêmio Recreativo Bloco Carnavalesco Amigos da Joaquim Méier – Méier – Rua Guaju
16h: Bloco Carnavalesco Sambado no Miudinho – Madureira – Rua Soares Caldeira, 115
16h: Bloco cultural 7 de paus – Vila Isabel – Boulevard 28 de setembro, 238
17h: Bloco Quem Vai Vai, quem não vai , não cagueta! – Ilha do Governador – Praça Jerusalém

Zona Sul

8h: Bloco filhos da p! – Leblon – Av. Delfim Moreira
9h: Conjunto Habitacional Barangal – Ipanema – Av. Vieira Souto
14h: Broxadão – Copacabana – Rua Figueiredo de Magalhães

Foto: A.Br

Categorias
Destaque Economia

Previdência Social: novas alíquotas entram em vigor domingo

As novas alíquotas de contribuição aprovadas na reforma da Previdência entram em vigor no próximo domingo, primeiro de março. Com isso, começam a ser aplicadas sobre o salário de março, pago geralmente em abril.

No Regime Geral de Previdência Social (RGPS), as novas alíquotas valerão para contribuintes empregados, inclusive para empregados domésticos, e para trabalhadores avulsos. Não haverá mudança, contudo, para os trabalhadores autônomos (contribuintes individuais), como prestadores de serviços a empresas e para os segurados facultativos.

Segundo a Secretaria de Previdência, as alíquotas progressivas incidirão sobre cada faixa de remuneração, de forma semelhante ao cálculo do Imposto de Renda.

Como a incidência da contribuição será por faixas de renda, é preciso fazer um cálculo para saber qual será a alíquota efetiva. Quem recebe um salário mínimo por mês, por exemplo, terá alíquota de 7,5%. Já um trabalhador que ganha o teto do Regime Geral, também conhecido como o teto do INSS – atualmente R$ 6.101,06 –, pagará uma alíquota efetiva total de 11,69%, resultado da soma das diferentes alíquotas que incidirão sobre cada faixa da remuneração.

O governo disponibiliza na internet uma calculadora da alíquota efetiva, que mostra quanto era descontado do salário antes da reforma e quanto será deduzido com a entrada em vigor das novas regras.

Confira as novas alíquotas na tabela abaixo:

Novas alíquotas de contribuição – Secretaria de Previdência

Sem alteração

De acordo com a Secretaria de Previdência, contribuintes individuais e facultativos continuarão pagando as alíquotas atualmente existentes, cuja alíquota-base é de 20%, para salários de contribuição superiores ao salário mínimo.

Para salários de contribuição igual ao valor do salário mínimo, deverá ser observado:

I – para o contribuinte individual que trabalhe por conta própria, sem relação de trabalho com empresa ou equiparado e o segurado facultativo, o recolhimento poderá ser mediante aplicação de alíquota de 11% sobre o valor do salário mínimo;

II – para o microempreendedor individual e para o segurado facultativo sem renda própria que se dedique exclusivamente ao trabalho doméstico no âmbito de sua residência, desde que pertencente a família de baixa renda inscrita no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), o recolhimento deverá ser feito mediante a aplicação de alíquota de 5% sobre o valor do salário mínimo;

III – o contribuinte individual que presta serviço a empresa ou equiparado terá retido pela empresa o percentual de 11% sobre o valor recebido pelo serviço prestado e estará obrigado a complementar, diretamente, a contribuição até o valor mínimo mensal do salário de contribuição, quando as remunerações recebidas no mês, por serviços prestados a empresas, forem inferiores ao salário mínimo.

A Secretaria destaca que o segurado, inclusive aquele com deficiência, que contribua mediante aplicação das alíquotas de 11% ou 5% e pretenda contar o respectivo tempo de contribuição para fins da aposentadoria por tempo de contribuição transitória ou para contagem recíproca do tempo correspondente em outro regime, deverá complementar a contribuição mensal sobre a diferença entre o percentual pago e o de 20%, com os devidos acréscimos legais.

Individuais e facultativos

O contribuinte individual é aquele que trabalha por conta própria (de forma autônoma) ou que presta serviços de natureza eventual a empresas, sem vínculo empregatício. São considerados contribuintes individuais, dentre outros, os sacerdotes, os diretores que recebem remuneração decorrente de atividade em empresa urbana ou rural, os síndicos remunerados, os motoristas de táxi e de aplicativos, os vendedores ambulantes, as diaristas, os pintores, os eletricistas e os associados de cooperativas de trabalho.

O contribuinte facultativo é a pessoa com mais de 16 anos que não possui renda própria, mas decide contribuir para a Previdência Social. São donas de casa, síndicos de condomínio não-remunerados, desempregados, presidiários não-remunerados e estudantes bolsistas, por exemplo.

Servidores da União

As novas alíquotas valerão também para os servidores públicos vinculados ao Regime Próprio da Previdência Social (RPPS) da União. No RPPS da União, contudo, as alíquotas progressivas não se limitarão ao teto do RGPS, pois haverá novas alíquotas incidindo também sobre as faixas salariais que ultrapassem o teto.

Informações e foto:Antônio Cruz/A.Br

 

Categorias
Destaque Saúde

Região Serrana tem alerta para Coronavírus

Por Alessandro Monteiro

A Prefeitura de Nova Friburgo divulgou na manhã desta quinta-feira (27/2), uma nota oficial em que confirma a existência de um caso suspeito de coronavírus no município. O caso, que está sob investigação, é em uma mulher que recebeu atendimento médico no Hospital da Unimed, segundo apurou a produção do Portal Multiplix.

A paciente realizou um cruzeiro com destino à Argentina e retornou ao Brasil esta semana, quando foi à unidade hospitalar.

Segundo a nota do Executivo municipal, a paciente teria previsão de ser liberada hoje, mas de acordo com o hospital, ela já recebeu alta.

De acordo com o comunicado, a mulher foi atendida e foram adotadas medidas preventivas contra a transmissão por gotículas. Também foram realizadas coletas de amostras e testes de vírus respiratórios comuns.

Segundo a Prefeitura, a Subsecretaria de Vigilância em Saúde de Nova Friburgo está acompanhando o caso rigorosamente junto com a Secretaria de Estado de Saúde. O coronavírus só poderá ser confirmado na paciente após o resultado dos exames.

Veja o comunicado na íntegra:

Fonte: Prefeitura de Nova Friburgo