Categorias
Destaque Notícias Rio

Pop It é a atração no Dia das Crianças em Shoppings

A partir de 01 de outubro, nas compras a partir de R$250,o cliente ganha o  brinquedo que virou moda entre as crianças

Para celebrar o Dia das Crianças, o Caxias Shopping e o Shopping Grande Rio aderiram à moda do momento e vão lançar a campanha “Promoção Dia das Crianças + Divertido”. A partir do dia 01 de  outubro, os empreendimentos, administrado pela
Aliansce Sonae, irão dar um brinde especial aos clientes que realizarem
compras a partir de R$ 250: o Pop It, que virou moda entre a criançada.
O Pop It é considerado um passatempo antiestresse. Classificado como um item da categoria ‘fidget toys’, o brinquedo estimula a questão
sensorial por meio de toques, cores e sons e viralizou nas redes como
Tik Tok e Youtube.

A promoção vai até o dia 12 de outubro ou enquanto durarem os
estoques. Para participar, basta fazer o cadastro das notas fiscais no
site dos shoppings e retirar o brinde na central de trocas.

Para quem está em dúvida para escolher o presente da turminha, o
Caxias Shopping e o Shopping Grande Rio prepararam uma vitrine virtual de produtos que estará disponível no site de cada empreendimento.  Na ferramenta é possível ver algumas opções de produtos e ainda fazer contato direto com o lojista para escolher a melhor forma de comprar,seja presencialmente, no locker, delivery ou drive-thru. O Shopping Grande Rio também vai instalar uma estação de apoio para cadastro com profissionais disponíveis para orientação. As notas deverão ser cadastradas pelo próprio cliente através de qualquer dispositivo pessoal.

Categorias
Arte Cultura Destaque Notícias Rio

Musical infantil dirigido por Karen Acioly volta ao CCBB RJ

A jornada do jovem pescador cego Fabiandro em busca de seu amor desaparecido ‘uma estrela de verdade’, tem mostrado que há muito mais para se ver do que só o que se pode enxergar. Depois de estrear em 2020 e encantar mais de cinco mil crianças e adultos em temporadas nos CCBB do Rio, São Paulo e Brasília e pela internet, o musical infantil dirigido por Karen Acioly volta a ocupar o palco do CCBB RJ durante o mês de outubro. Com patrocínio do Banco do Brasil, o espetáculo tem texto original de Thiago Marinho e Lucas Drummond, que também integram o elenco, e fica em cartaz até o dia 31. No Dia da Criança haverá uma sessão comemorativa, online e gratuita, com audiodescrição e libras.

Por conta da pandemia do coronavírus, as sessões presenciais terão limite reduzido de cadeiras, com limite máximo de 40% da capacidade do teatro. O uso de máscara durante a apresentação será obrigatório.

Foto : Divulgação

O espetáculo tem como protagonista um menino solitário, vivido por Lucas Drummond, que não consegue mais enxergar a felicidade. Ele, então, é convidado por uma ‘mensageira das estrelas’ a voltar o olhar para dentro de si, a fim de entender que há coisas na vida que não podem ser vistas, apenas sentidas.

Karen Acioly, diretora artística do espetáculo, se dedica à autoria de projetos e programas multidisciplinares para infância há 35 anos. Autora de livros, roteiros audiovisuais e diretora de textos teatrais premiados, é curadora internacional de exposições, festivais e idealizadora do FIL – Festival Internacional Intercâmbio de Linguagens, que acontece há 18 anos.

A saudade é um sentimento muito silencioso no coração de uma criança e precisamos falar sobre isso. Inventamos um espetáculo que olha para o que sente essa criança e que a escute. A música nos guia, em movimentos circulares, através do imaginário de um menino que precisa inventar uma cidade, descortinar os seus véus e viver uma perigosa aventura, para ver o que sente – afirma Karen.

Conduzido pela mensageira, o menino se transforma no jovem Fabiandro, um pescador apaixonado por uma estrela, apesar de nunca tê-la visto. Os dois, pescador e estrela se encontram todas as noites à beira da praia, onde cantam, dançam e se divertem juntos. Ele na terra e ela no céu.

Um dia, porém, a estrela desaparece. Decidido a reencontrá-la, ele parte em uma jornada rumo ao céu. Ao seu lado vai Hortênsia, interpretada por Luisa Vianna, uma menina superprotegida pelas tias que quer, mais que tudo, conhecer o mundo. O que ambos não sabem é que, logo atrás, está o ganancioso casal Prattes, vivido por Diego de Abreu e Thiago Marinho, que planeja roubar a estrela.

O papel da mensageira é encenado por Sara Bentes, deficiente visual com extenso e premiado currículo como atriz, cantora, compositora e escritora. Para ela,

Fazer parte deste musical é um desafio encantador e que me faz crescer muito. Uma felicidade estar num trabalho com tanta beleza e delicadeza. Fazer parte deste grupo é acolhedor, uma alegria.

Para Lucas Drummond e Thiago Marinho, autores da peça, o espetáculo traz uma mensagem de esperança, superação e fala sobre um reencontro com o que perdemos.

Nós perdemos muito nos últimos tempos: amigos, familiares, amores. É como se uma luz em nós tivesse se perdido também, assim como a estrela do Fabiandro. Através deste espetáculo original e brasileiro, nós queremos inspirar o público a reencontrar essa alegria, esse brilho dentro de si, porque acreditamos que é isso que a arte e a cultura fazem. O ‘Pescador e a Estrela’ mostra que sempre há caminhos para não deixarmos essa luz se apagar, por mais difíceis que sejam de enxergar – ressaltam.

A direção de movimento é da atriz e bailarina Moira Braga, também deficiente visual.

Participar de um projeto novo e com essa qualidade de afetos e de talentos, com uma configuração artística que foca na acessibilidade e inclusão, é um presente. Eu me sinto muito honrada de poder atuar onde meu trabalho é reconhecido – celebra Moira.

O projeto se propõe a dar protagonismo à deficiência visual e promover a integração entre artistas cegos e videntes, ampliando a reflexão sobre a acessibilidade dentro das artes cênicas, principalmente voltadas ao universo da infância.

A cenografia de Doris Rollemberg transforma o palco do CCBB no universo íntimo e simbólico do protagonista. O espaço, pequeno e confinado, é cercado por véus, membranas que dificultam a visão, mas que caem quando seu mundo se expande através da sua imaginação.

SOBRE O CCBB

O Centro Cultural Banco do Brasil Rio de Janeiro ocupa o histórico nº 66 da Rua Primeiro de Março, no centro da cidade, prédio de linhas neoclássicas que, no passado, esteve ligado às finanças e aos negócios.

No final da década de 1980, resgatando o valor simbólico e arquitetônico do prédio, o Banco do Brasil decidiu pela sua preservação ao transformá-lo em um centro cultural. O projeto de adaptação preservou o requinte das colunas, dos ornamentos, do mármore que sobe do foyer pelas escadarias e retrabalhou a cúpula sobre a rotunda.

Inaugurado em 12 de outubro de 1989, o Centro Cultural Banco do Brasil conta com mais de 30 anos de história e celebra mais de 50 milhões de visitas ao longo de sua jornada. O CCBB é um marco da revitalização do centro histórico da cidade do Rio de Janeiro e mantém uma programação plural, regular, acessível e de qualidade.  Agente fomentador da arte e da cultura brasileira segue em compromisso permanente com a formação de plateias, incentivando o público a prestigiar o novo e promovendo, também, nomes da arte mundial.

O prédio possui uma área construída de 19.243m². O CCBB ocupa este espaço com diversas atrações culturais, como música, teatro, cinema e exposições. Além disso, possui Biblioteca, além de abrigar o Arquivo Histórico e o Museu Banco do Brasil.

 

Categorias
Arte Cultura Destaque Notícias Rio

Tijuca Tênis Clube apresenta 1ª Oficina Infantil de Pintura nos dias 10 e 12/10

Exposição e três peças no Teatro Henriqueta Brieba são destaques do evento, que é aberto ao público em geral

A tradicional festa do Dia das Crianças no Tijuca Tênis Clube não pôde ser realizada em 2020, devido à pandemia, mas a
espera pelo evento em homenagem aos pequenos valeu a pena. Este ano, a programação especial inclui a realização da 1ª Oficina Infantil de
Pintura, a exposição dos trabalhos na galeria de arte do clube, além
da apresentação de três peças no Teatro Henriqueta Brieba. Todas
essas atividades serão abertas ao público em geral, não apenas aos
sócios.

No dia 10/10, domingo, a partir das 14h, crianças e adolescentes, com
idades entre quatro e 14 anos, poderão soltar a criatividade e criar
suas obras durante a oficina de pintura promovida pelo Departamento de Cultura do clube. A atividade será realizada no lounge da galeria de
arte, localizada no segundo andar do edifício-sede, onde os trabalhos
dos jovens artistas ficarão em exposição no período de 12 a 16/10,
das 11h às 17h. A taxa de participação na oficina tem o valor de dez
reais para sócios e de 15 reais para não-sócios. Todo o material de
pintura está incluído.

No dia 12/10, terça-feira, o palco do Teatro Henriqueta Brieba
receberá as peças “Aventuras no baú do meu avô”, “A Bela e
Fera” e “A pequena sereia” que estarão em cartaz às 11h, às 15h
e às 17h, respectivamente.  A garotada também poderá bater um papo e tirar fotos com personagens famosos – Mickey, Princesa Bela e
Stormtrooper – que estarão circulando pelo hall de entrada do clube.

A programação especial do TTC terá ainda apresentação de mágica e
diversão em brinquedos infláveis que serão instalados próximo ao Bar
do Atleta, iniciativa do Departamento Social do clube.
Obs.: Em cumprimento ao decreto da Prefeitura do Rio, o Tijuca Tênis
Clube só permite a entrada de pessoas que apresentem na portaria o comprovante de vacinação e um documento de identidade.

Confira abaixo a programação completa:

1ª Oficina Infantil de Pintura

10/10 – Domingo – 14h

Local: Lounge da Galeria de Arte, no segundo andar do edifício-sede.
Podem participar desta atividade crianças e adolescentes com idades
entre quatro e 14 anos. As inscrições podem ser feitas diretamente no
CAIA (Tel.: 21 3234 Haverá taxa de inscrição no valor de R$10
(sócios) e R$15 (não-sócios). Todo o material de pintura a ser usado
durante a oficina está incluído. As vagas são limitadas.
Os trabalhos produzidos durante a oficina farão parte de uma
exposição coletiva na Galeria de Arte do clube. A mostra vai ficar em
cartaz de 12 a 18/10, das 11h às 17h.

Teatro Henriqueta Brieba

12/12 – Terça-feira – 11h às 17h

11h – Aventuras no baú do meu avô – Os irmãos Luce e Neco vão passáro fim de semana na casa do avô e fazem de tudo para descobrir o
mistério guardado dentro do antigo baú que fica na sala. O que eles
não sabem é que essa busca vai virar uma aventura dentro de antigos
clássicos da literatura infantil, com muitos mistérios e perigos.
15h – A Bela e a Fera – Esse musical infantil conta uma história que
se passa em uma pequena aldeia francesa, no final do século XVIII, onde vive. Bela, uma jovem que foge da rotina de sua vida, e dos galanteios de um pretendente, através dos livros. Um dia, seu pai, um inventor,chega no castelo de uma Fera muito feia e assustadora e é feio  o prisioneiro. Bela se oferece para assumir o lugar do pai, e a Fera
aceita. Esta fabulosa história encanta adultos e crianças com uma
linda mensagem de amor. 17h – A Pequena Sereia, um musical dos sete – mares Por ser impossível o amor dos seres do mar com os humanos da superfície,a sereiazinha Ariel desobedece a seu pai, o poderoso Rei Tritão, e recorre à Úrsula, a bruxa do mar, para fazer um feitiço que irá
transformá-la em humana, e assim, ela poderá conquistar seu amado, o
príncipe Eric. Em troca desse feitiço, Ariel entrega sua linda voz à
Úrsula e perde sua capacidade de falar e cantar. Para que o
encantamento possa ser desfeito, a pequena sereia deverá conquistar o
amor de seu escolhido e receber dele um beijo apaixonado em até três
dias; caso contrário, se tornará escrava da terrível bruxa para
sempre.

Ingressos: R$ 50 (inteira) R$ 25 (meia e sócios) ou R$ 15 (meia e
sócios) com a doação de 1kg de alimento não perecível. As doações
serão entregues a ações sociais pelo Departamento de Cultura.
Mais informações no site ou pelo telefone: 3294-9300

Categorias
Destaque Rio

Shoppings promovem campanha de arrecadação de brinquedos

Em comemoração ao Dia das Crianças, visitantes podem doar
brinquedos novos ou em bom estado de conservação, que serão
destinados a instituições no entorno dos empreendimentos.

Com o propósito de contribuir para o desenvolvimento sustentável das

Foto : Divulgação

cidades onde atua, a Aliansce Sonae Shopping Centers promove, até 3 de outubro, campanha de arrecadação de brinquedos, nos seus shoppings do Rio de Janeiro, para distribuição no Dia das Crianças. A campanha vai arrecadar brinquedos novos ou em bom estado, que serão distribuídos às instituições cadastradas pelo Instituto da Criança, em comunidades próximas aos empreendimentos.

A maior administradora de shoppings do país tem uma agenda social,
cultural e educacional muito estruturada ao longo do ano. A rede realiza campanhas de arrecadação também em datas como Natal, períodos de volta às aulas e até durante o inverno, para doação de agasalhos. Para Ana Paula Niemeyer, head de marketing da companhia, a ação reforça o importante papel dos empreendimentos nas comunidades onde estão localizados.

Ações com este viés são parte do nosso calendário. Em parceria como Instituto da Criança, já tivemos a oportunidade de ajudar centenas de pessoas. Criamos um movimento de solidariedade que incentiva a adesão do nosso público. É uma corrente do bem que faz a diferença para as comunidades locais – completa.

Os shoppings que participam da iniciativa estão em diferentes regiões
do município e também na metropolitana do Rio de Janeiro. São eles:
Bangu Shopping (Bangu), Carioca Shopping (Vila da Penha), Caxias
Shopping (Duque de Caxias), Passeio Shopping (Campo Grande), Pátio Alcântara (São Gonçalo), Santa Cruz Shopping (Santa Cruz), Shopping Grande Rio (São João de Meriti), Shopping Leblon (Leblon), São Gonçalo Shopping (São Gonçalo), Via Parque Shopping (Barra da Tijuca)e Recreio Shopping (Recreio).

Os brinquedos serão distribuídos para as seguintes instituições
filantrópicas: Cultura na Cesta (Santa Cruz), Centro Educacional Anne
Sullivan (Bangu), NEAC – Núcleo Especial de Atenção à Criança
(Campo Grande), Creche Mães Trabalhadoras (São Gonçalo), Projeto
Craque do Amanhã (Alcântara), Gasco (Leblon), Ação Social do Recreio(Recreio dos Bandeirantes), ASVI – Associação Semente da Vida da Cidade de Deus (Barra da Tijuca), Centro Cultural Liga do Bem (Vicentede Carvalho), ONG Mão Amiga Lutando Pela Vida e ASPA  – Ação Paulo VI(Caxias).