Categorias
Destaque Esporte Notícias Rio

Campeão sul-americano juvenil, nadador do Fla encara o Brasileiro

Aos 15 anos, João Pedro Alves já vem colhendo os frutos da dedicação à natação. Treinando, em média, 18 horas por semana, o atleta do Flamengo conquistou, no último dia 13, o Sul-Americano Juvenil, em Lima, no Peru, os 100m borboleta, com o tempo de 57s88. Nesta semana, o nadador disputa, em Porto Alegre, o Campeonato Brasileiro de Verão, que começa terça-feira.

Ganhar o Sul-Americano foi algo indescritível, a ficha não caiu até agora. E o melhor foi o momento de subir ao pódio e ouvir o hino do meu país – comemora João.

Tendo como maior inspiração o ex-nadador Fernando Scherer, o Xuxa, João iniciou aos 11 anos a competir.

Há 1 ano e 3 meses, João é atleta do Rubro-Negro:

 É ótimo defender o Flamengo, pois eles estão sempre nos apoiando como atletas e estudantes.

O campeão sul-americano juvenil dos 100m borboleta, por sinal, também é grato ao CEL Intercultural School, onde estuda há 1 ano e 4 meses:

O colégio é essencial, pois consigo manter tanto os treinos e a escola juntos, ainda mais em períodos de competição, como, por exemplo, o Sul-Americano. O CEL me permite viajar por um tempo para competir e voltar com poucas preocupações, pois sei que vou ter um ótimo auxílio dos professores e coordenadores – agradece João.

Categorias
Destaque Esporte Futebol Notícias Rio

Bruno Henrique marca, Flamengo vence o Corinthians e segue na caça do líder

O Flamengo venceu mais uma, na noite desta quarta-feira (17), o rubro-negro carioca venceu o Corinthians pelo placar de 1 a 0, o gol foi marcado por Bruno Henrique já nos minutos finais do jogo. Com o resultado o Flamengo segue na perseguição ao líder Atlético-MG.

Com a vitória a diferença entre o Galo mineiro e o time carioca permanece na casa dos oito pontos. O Flamengo ainda tem jogos a menos que o líder na tabela do Campeonato Brasileiro.

A situação do Corinthians não muda muito, parado nos 50 pontos o Timão se manteve na 5ª posição e segue em busca de entrar no G4, na sonhando com uma vaga direta na fase de grupos da Copa Libertadores da América 2022.

Com pensamento na final da Libertadores de 2021, dia 27 de novembro diante do Palmeiras no estádio Centenário em Montevidéu, o técnico Renato Gaúcho mandou um time alternativo a campo.

Mesmo assim o Flamengo dominou as ações do jogo, com o apoio de mais de 48 mil torcedores. As melhores chances só aconteceram na segunda etapa, depois das entradas de Bruno Henrique, Michael e Rodinei.

O Flamengo já havia parado em Cássio, com ótima finalização de Bruno Henrique e no travessão, quando Michael cruzou e João Gomes desviou, até que aos 47 minutos a explosão de alegria foi geral.

Rodinei que já havia dado passe para Bruno Henrique parar em Cássio, encontrou o camisa 27 na área, cruzamento perfeito, cabeçada do atacante e bola no fundo da rede, 1 a 0 Flamengo e festa no Maracanã.

O Flamengo volta a campo no sábado, visita o Internacional em Porto Alegre, já o Corinthians tem o clássico diante do Santos no duelo da próxima rodada.

Categorias
Brasil Destaque Esporte Futebol Notícias

Um olho no líder, outro na Libertadores. Flamengo e Corinthians se enfrentam no Maracanã

O Maracanã recebe, na noite de hoje, o duelo das duas maiores torcidas do Brasil. Flamengo e Corinthians se enfrentam, a partir das 21h30 (horário de Brasília) jogo da 33ª rodada do Campeonato Brasileiro 2021.

Atualmente, na vice-liderança da competição, o rubro-negro tem 60 pontos. O time carioca busca diminuir a distância para o líder. O Atlético-MG, chegou aos 71 pontos após superar o Athletico-PR por 1 a 0 na última terça-feira, na abertura da rodada.

O Timão, atualmente em 5º lugar, com 50 pontos, precisa pontuar para se manter vivo na zona de classificação para a próxima edição da Copa Libertadores da América.

Os dois times vêm de vitória na última rodada. O Flamengo goleou o São Paulo por 4 a 0 no Morumbi, enquanto o Corinthians superou o Cuiabá por 3 a 2 na Neo Química Arena.

Vitória Carioca no Primeiro turno

No primeiro turno, o duelo entre Flamengo e Corinthians foi melhor para os rubro-negros. No dia 1° de agosto, os comandados do técnico Renato Gaúcho venceram por 3 a 1 na Neo Química Arena. Bruno Henrique, Everton Ribeiro e Gustavo Henrique marcaram para os cariocas e Vitinho descontou para os paulistas.

Categorias
Destaque Esporte Notícias Rio

Atleta do Fla celebra o hexa no Sul-Americano Júnior de nado artístico

Desde abril que Jullia Catharino vinha treinando com o foco no Sul-Americano de nado artístico. E, no último final de semana, em Lima, no Peru, a atleta do Flamengo colheu os frutos de tanta dedicação e talento: conquistou o hexacampeonato, ao faturar o ouro por equipe e no dueto, além da prata no solo. De quebra, como em 2019, obteve a maior pontuação geral do campeonato, que reuniu 8 países e quase 100 atletas.

Ter, enfim, disputado uma competição presencial significou uma vitória a mais para Jullia:

Nesse meio tempo (desde abril), tivemos diversas competições canceladas, como o Mundial Júnior, por isso participamos on-line de outras competições, como o Pan-Americano em Aruba e o US Open. Na verdade, essa estreia presencial estava sendo muito esperada por nós – festejou a hexacampeã, de 19 anos.

Embora já esteja acostumada a conquistar o ouro na competição, Jullia garante que foi impossível segurar as lágrimas:

Com toda certeza, a emoção ao ouvir o hino nacional do lugar mais alto do pódio não muda! Me emocionei todas as vezes, pois é muito especial – continua a atleta do Flamengo, cujo próximo torneio será o Pan-Americano de Cali, na Colômbia, de 2 a 4 de dezembro.

Saímos do Sul-Americano com a certeza de que estamos no caminho certo e isso nos dará mais segurança para os próximos objetivos – aposta.

Foi inspirada na irmã, Rafaella, que Jullia começou no nado, aos 5 anos. Sete anos depois, já passou a integrar a seleção brasileira juvenil. Desde os 16 anos, a nadadora se reveza entre a seleção adulta e a júnior.

Foto: Divulgação
Gratidão ao CEL

De 2014 a 2020, Jullia conciliava os treinos e competições com as aulas no CEL Intercultural School:

O CEL sempre foi muito mais do que um colégio para mim, ele foi o meu verdadeiro porto seguro com tanto carinho, atenção e reconhecimento. Sou muito grata a todos que fizeram parte disso, minhas conquistas com certeza não seriam possíveis sem eles. Sempre participei de muitas viagens e competições, além dos treinos que muitas vezes duravam um dia inteiro. O CEL sempre me deu todo o apoio e suporte para que eu alcançasse todos os meus objetivos dentro e fora das piscinas – agradece.

Atualmente, Jullia concilia os treinos e competições com os trabalhos como modelo:

Gosto muito das duas áreas, em certos momentos elas se completam e sou muito feliz. Sempre tento conciliar os horários e encaixar meus trabalhos como modelo nos meus horários vagos, intervalos de treino e folgas.

Em seu sexto ano como atleta do Flamengo, a nadadora artística guarda inúmeros momentos marcantes pelo clube. Como uma homenagem, em pleno Maracanã, em 2018.

Foi emocionante! Foi a minha primeira ida ao Maracanã, com certeza inesquecível. Fiquei muito feliz e grata de ter sido escolhida para receber essa homenagem.
E dá para descrever a emoção de ser atleta do Flamengo?

O Flamengo sem dúvidas é o melhor clube do País, uma estrutura impecável, com tudo que o atleta de alto rendimento precisa. Só tenho a agradecer por tudo.

Categorias
Destaque Esporte Esportes Natação Notícias Rio

Atleta do Flamengo prepara-se para os Jogos Estudantis

A relação de Pedro Brandão com a natação foi paixão à primeira vista. Começou aos seis anos. E, hoje, aos 17, o atleta coleciona vitórias e metas a serem alcançadas. No próximo dia 12, ele disputará os Jogos Estudantis, no Parque Aquático Júlio Delamare, no Maracanã.

Foto : Divulgação

Fã do ex-nadador Gustavo Borges, por sua dedicação e paixão pelo processo e por sempre buscar a excelência em tudo o que fazia, Pedro, aluno do 3º ano do Ensino Médio do CEL Intercultural School, está bastante confiante para o torneio:

As expectativas são as melhores possíveis. Espero fechar meu último ano de atleta estudante representando o CEL com chave de ouro.

Pedro está no colégio desde o 5º ano do Ensino Fundamental. Ou seja:

Foto : Divulgação

há sete anos ele está na escola, pela qual já venceu o Intercolegial (até hoje é dele o recorde nos 100m peito) e disputou o Sul-Americano Escolar, entre outras competições.

Eu não busquei o CEL apenas por conta de sua tradição na excelência de ensino, mas, também, por conta do apoio que a instituição dá a seus atletas estudantes. E não me arrependi, a escola sempre esteve ao meu lado dando todo tipo de suporte para que eu pudesse me manter estudando e no alto rendimento – agradece Pedro.

Paula Santanna, coordenadora da unidade Norte Shopping, tem sido importante na trajetória do nadador:

Por conta dos meus treinos à tarde, durante o horário das aulas, a Paula me envia aulas gravadas para que eu possa estar atualizado. Além disso, se há alguma competição nos dias das provas, a escola permite a flexibilização da data do teste para que eu não saia prejudicado. Só tenho, também, a agradecer ao professor Bruno Senna (coordenador de Educação Física), que dá todo tipo de apoio para que eu possa também defender a camisa do CEL em competições pela escola.

Orgulho à nação rubro-negra

Vice-campeão brasileiro e campeão do Sudeste, Pedro, desde março deste ano, é atleta do Flamengo. Motivo de enorme orgulho, também:

Está sendo maravilhoso vestir as cores do maior do Brasil e defendê-la nas competições. Com certeza é uma camisa pesada, mas estou dando meu melhor para poder continuar dando orgulho para a nação.

Categorias
Brasil Destaque Esportes eSports Notícias Rio

Atleta do Flamengo celebra convocação inédita

As últimas semanas têm sido de conquistas e muitas emoções para a nadadora Natália Steiner, de 15 anos.

No final de julho, a atleta do Flamengo venceu os 200m peito do Brasileiro Juvenil, em Recife, conquistando a melhor marca da carreira: 2min432s. No último domingo, a filha de Frederico Steiner e Larissa Alvarez foi convocada pela primeira vez para o Sul-Americano Juvenil, a partir do dia 6 de novembro, em Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia.

Fiquei muito feliz, porque é um objetivo que eu tinha e alcancei. Agora é treinar muito e chegar da melhor forma. Já estive em uma competição nos EUA e outra no Peru, mas será o meu primeiro Sul-Americano – festeja a nadadora.

Como não poderia deixar de ser, Natália não vê a hora de desembarcar na cidade boliviana:

Estou bem ansiosa e esta conquista é muito importante. Lutei muito para chegar até aqui – acrescenta a filha de Frederico e de Larissa.

Ano passado, a irmã mais velha de Rafa Steiner foi, nas tomadas de tempo, tetracampeã brasileira nos 100m peito e 200m peito, além dos 200m medley e 400m medley.

Mas as conquistas de Natália não têm surgido por acaso. São frutos de muita dedicação e, claro, talento.

Gratidão ao CEL

Para aliar os treinos e competições pelo Flamengo com os estudos, a filha de Frederico e Larissa tem como parceiro o CEL Intercultural School, onde cursa a 1ª série do Ensino Médio:

Treino três vezes por semana de madrugada, em torno das 5h, e acabo perdendo o primeiro ou segundo tempo da escola. Mas o CEL tem sido muito parceiro, vem abrindo muitas portas para mim, está se formando uma amizade muito boa entre a gente. Porque eles me ajudam quando preciso. Às vezes viajo para competir e tenho que faltar uma aula ou outra.

Com convocações frequentes para a seleção de base do Brasil há dois anos, Natália mostra personalidade ao ser perguntada sobre quem é sua maior inspiração no esporte.

Tenho um ídolo que é o (Michael) Phelps (americano), admiro muito as pessoas, mas eu me inspiro em mim mesma. Eu não falo: ‘quero ser tal pessoa’. Quero ser eu, fazer o meu melhor, mas admiro muitos. Dentre eles, o Phelps.

Categorias
Destaque Entrevistas Esportes

Atleta do Flamengo celebra vitória no Brasileiro de natação

 

 

Natália Steiner, de 15 anos, começou na natação ainda bebê, por lazer e pela saúde, por incentivo dos pais, Frederico e Larissa. Aos 9, passou a competir e, desde então, vem colecionando conquistas. A mais recente foi no Brasileiro Juvenil, em Recife, no domingo, quando venceu os 200m peito, 2min43s, a melhor marca de sua carreira.

Treino isso durante anos e anos e consegui bater este meu objetivo, mas foi muito difícil chegar lá – conta Natália.

Apesar da pouca idade, Natália, resiliente, tem consciência do que está plantando nas piscinas:

Treino de manhã até de noite, também malho. É uma rotina muito

Foto: Divulgação

complicada, não é uma vida de adolescente normal, igual à que os outros têm. Mas tudo tem um propósito e eu amo muito o que faço e tenho certeza de que nunca vou me arrepender do que estou ‘perdendo’ – analisa.

E a atleta do Flamengo tem um grande parceiro para aliar os treinos, competições e estudos: o CEL Intercultural School, onde cursa a 1ª série do Ensino Médio:

Foto: Divulgação

Treino três vezes por semana de madrugada, em torno das 5h, e acabo perdendo o primeiro ou segundo tempo da escola. Mas o CEL tem sido muito parceiro, vem abrindo muitas portas para mim, está se formando uma amizade muito boa entre a gente. Porque eles me ajudam quando preciso. Às vezes viajo para competir e tenho que faltar uma aula ou outra.

Em 2020, a filha de Frederico e Larissa foi, nas tomadas de tempo, tetracampeã brasileira nos 100m peito e 200m peito, além dos 200m medley e 400m medley.

Com convocações frequentes para a seleção de base do Brasil há dois anos, Natália mostra personalidade ao ser perguntada sobre quem é sua maior inspiração no esporte.

Tenho um ídolo que é o (Michael) Phelps (americano), admiro muito as pessoas, mas eu me inspiro em mim mesma. Eu não falo:

Foto: Divulgação

‘quero ser tal pessoa’. Quero ser eu, fazer o meu melhor, mas admiro muitos. Dentre eles, o Phelps.

Categorias
Destaque Entrevistas Rio

Frio que fala? Atleta do Flamengo celebra título no nado artístico após treino no inverno

 

 

Enfrentar uma piscina pela manhã, no inverno carioca, não é para os fracos, literalmente. Desde que essa estação do ano começou, no dia 21 de junho, é normal o carioca encarar temperatura por volta dos 13ºC, o que é bem frio para quem está acostumado com o tradicional calor na cidade.

E como faz quando é preciso encarar o frio e a piscina, ao mesmo tempo? Com a palavra Jullia Catharino, de 18 anos, atleta do Flamengo e da seleção brasileira de nado artístico:

Aqui no Rio não temos treinamento em piscinas cobertas. Então, essa fase do inverno é um pouco mais sofrida para nós, que somos atletas aquáticos (risos).

Pela seleção, Jullia faz um treino pela manhã, às 7h30, e outro de noite:

A maioria das vezes a água é até aquecida, mas não chega a ser quente de fato. Então, de manhã cedo e à noite são os horários que mais sentimos o frio externo. Procuramos ficar o mínimo de tempo paradas para nos manter mais aquecidas durante o treino.

Esforço à parte para encarar a baixa temperatura, Jullia e as colegas do clube rubro-negro conquistaram, no último final de semana, o 1º lugar na equipe livre e na prova de highlight do Estadual de Inverno.

Foi a nossa primeira competição presencial por aqui, com protocolos, público completamente reduzido, mas foi muito bom para voltarmos a sentir aquela adrenalina que só tem em competição – festejou a atleta.

E por ter sido o primeiro torneio com torcida após tanto tempo, a nova conquista foi ainda mais comemorada:

Foi especial, estávamos muito animadas e também gostamos muito do nosso desempenho nesse retorno, de estarmos competindo as provas de equipe, com os adversários, juízes e com aquela atmosfera de competição de novo – celebrou.

Ganhar competições, aliás, não é novidade para Jullia. Em junho, ela venceu, de maneira on-line, o Pan-Americano de Aruba. Há dois anos, Catharino foi eleita a melhor atleta da América do Sul na modalidade.
No currículo, a jovem atleta também tem o tetracampeonato sul-americano.

Gratidão ao CEL

Convocada pela primeira vez para a seleção adulta aos 16 anos, Jullia pratica o nado desde os 5 anos. A inspiração foi Rafaella, sua irmã.

Desde cedo a nadadora teve que aprender a conciliar os treinos com os estudos. Ex-aluna do CEL Intercultural School, onde estudou de 2014 a 2020, Jullia é muito grata ao colégio:

O CEL sempre foi muito mais do que um colégio para mim, ele foi o meu verdadeiro porto seguro com tanto carinho, atenção e reconhecimento. Sou muito grata a todos que fizeram parte disso, minhas conquistas com certeza não seriam possíveis sem eles. Sempre participei de muitas viagens e competições, além dos treinos que muitas vezes duravam um dia inteiro. O CEL sempre me deu todo o apoio e suporte para que eu alcançasse todos os meus objetivos dentro e fora das piscinas – agradece.

Atualmente, Jullia concilia os treinos e competições com os trabalhos como modelo:

Gosto muito das duas áreas, em certos momentos elas se completam e sou muito feliz. Sempre tento conciliar os horários e encaixar meus trabalhos como modelo nos meus horários vagos, intervalos de treino e folgas.

Categorias
Destaque Diário do Rio Esportes Notícias

Justiça mantém ação contra 8 acusados de incêndio no Ninho do Urubu que deixou 10 mortos

Da Agência Brasil

A 36ª Vara Criminal do Rio de Janeiro decidiu manter ação penal contra oito dos 11 denunciados pelo incêndio no centro de treinamento do Flamengo, conhecido como Ninho do Urubu, em fevereiro de 2019. O incêndio resultou na morte de dez jovens atletas da base do Flamengo. Outros três adolescentes ficaram feridos.

O juiz Marcos Augusto Ramos Peixoto rejeitou denúncia contra o ex-diretor de base, Carlos Noval, e o engenheiro Luiz Felipe Pondé. O monitor Marcus Vinícius Medeiros foi absolvido da acusação de envolvimento no incêndio.

Os outros oito denunciados continuam como réus no processo, entre eles, o ex-presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello, um ex-diretor e um engenheiro do clube. Eles vão responder por incêndio culposo qualificado pelos resultados de morte e lesão grave.

A Justiça considerou que o clube preferiu pagar multas recorrentes ao Poder Público em vez de procurar se adequar às exigências feitas pelo Corpo de Bombeiros.

Categorias
Destaque Esportes Giro Esportivo Notícias Rio

Com um a menos, Flamengo arranca empate e se classifica na Libertadores

O Flamengo conseguiu confirmar à classificação para as oitavas de finais da Copa Libertadores, na noite desta quarta-feira (19), no Maracnã. Com um a menos desde o início da partida – William Arão foi expulso – o Rubro-Negro arrancou o empate por 2 a 2, com a LDU, do Equador, nos últimos minutos e carimbou sua passagem à próxima fase.

Necessitando apenas do empate, o Flamengo nem teve tempo de agredir o adversário. Logo aos 14 minutos de jogo, William Arão deu uma entrada dura em Amarilla e tomou cartão vermelho direto. Mesmo com um a menos, o Fla abriu o marcador em uma jogada confusa dentro da área, que Pedro empurrou para as redes.

Contudo, a alegria rubro-negra não durou muito tempo e, de cabeça, Guerra deixou tudo igual, ainda no primeiro tempo. Na etapa complementar, Julio aproveitou bobeada da defesa do Flamengo para fuzilar o gol de Gabriel Batista e virar a partida.

O Flamengo buscou o empate aos 43 do segundo. Após falta na lateral da área, Arrascaeta colocou na cabeça de Gustavo Henrique, que deu números finais e confirmou a vaga para o Flamengo, eliminando os equatorianos.

Com o empate, o Flamengo lidera o grupo com 11 pontos, dois a mais que o Vélez Sarsfield (ARG), que também já se classificou. Na última rodada as duas equipes se enfrentam, no Maracanã, em partida que vale a ponta do Grupo G. Novamente, o Fla joga pelo empate.