Categorias
Destaque Diário do Rio Notícias Rio

RJ: Operação Lei Seca flagrou 1,1 mil motoristas embriagados no trânsito em maio

A Operação Lei Seca realizou mais de 200 ações de fiscalização e conscientização no mês do movimento Maio Amarelo, que chama a atenção da sociedade para o alto índice de mortos e feridos no trânsito. Nos 31 dias, 10.081 motoristas foram abordados, sendo que 1.184 deles estavam embriagados e foram retirados das ruas, segundo o governo do estado.

A média de alcoolemia no estado subiu em comparação com o mês anterior: de 9,95% para 11,74%.

No primeiro dia do mês, a Operação Lei Seca registrou um alto número de casos de alcoolemia nas blitzes de fiscalização no estado. Dos 535 abordados, 119 motoristas embriagados foram retirados das ruas. Os municípios de Queimados e Campos dos Goytacazes apresentaram altas taxas de condutores flagrados sob efeito de álcool. Duas blitzes foram realizadas em Queimados, e o percentual atingiu 28,4%. Já em Campos, as ações atingiram 21,4% dos motoristas. Nas ações realizadas na Estrada do Mato Alto, em Campo Grande, Zona Oeste da capital, foram abordadas 146 pessoas, e 23,3% de casos de alcoolemia, registrados no dia 1º de maio.

O recorde de alcoolemia aconteceu em Volta Redonda no dia 22 de maio. A Operação Lei Seca abordou 151 motoristas na Avenida Amaral Peixoto, e 36,42% dos casos eram de motoristas embriagados. No mesmo dia, dos 144 motoristas abordados em blitzes em Jacarepaguá, 25,69% estavam embriagados. Ainda naquele fim de semana, na sexta-feira (21/05), 125 pessoas foram abordadas na Rua Angélica, em Barra do Piraí, e o percentual de alcoolemia registrado foi de 20,8%.

O mês também terminou com alto número de motoristas embriagados flagrados nas ruas. No último sábado do mês (29), em Bom Jesus do Itabapoana foram registrados 26,47% de casos de alcoolemia.

Desde o início da Operação Lei Seca do Rio de Janeiro, em 2009, até hoje, 17.411 ações de educação e 26.652 ações de fiscalização foram realizadas em todo o estado.

Conscientização

O governo informa que palestras virtuais e presenciais para órgãos públicos e empresas de diferentes segmentos foram realizadas em maio pela equipe de educação da Lei Seca, composta por 28 agentes (pessoas com deficiência – PCDs) vítimas da mistura álcool e direção.

A conscientização, ainda de acordo com o governo, chegou a várias regiões do Brasil, como no caso das palestras virtuais para as redes de Drogarias Pacheco e de fast food McDonald’s. Já a Dínamo Engenharia distribuiu a mensagem para mais de 400 colaboradores. A Base Aeronaval da Marinha, em São Pedro da Aldeia, também recebeu equipe e irá disponibilizar em sua plataforma de conteúdos a palestra para que cada vez mais jovens sejam conscientizados sobre essa perigosa mistura.

Ações de conscientização como as blitzes educativas, em parceria com o Detran.RJ, também fizeram parte da programação de atividades realizadas no estado pela Operação Lei Seca durante a campanha do Maio Amarelo.

O superintendente da Operação Lei Seca, tenente-coronel Luiz Carlos Segala, ressalta que as ações de conscientização e fiscalização são essenciais para salvar vidas.

“O mês de maio é uma importante referência para alertar as pessoas sobre os riscos do trânsito. A campanha contribui para que a população reflita e repense suas atitudes para que possamos juntos construir um trânsito mais humano e diminuir os acidentes”, afirma o superintendente.

Categorias
Destaque Notícias Rio

Prefeitura restringe circulação de vans e veículos de transporte escolar nos corredores BRS

A Secretaria Municipal de Transportes informou que revogou, nesta quinta-feira (27), resoluções publicadas no ano passado que permitiam a livre circulação de veículos destinados ao transporte escolar (Resolução 3.284, de maio de 2020) e vans do Serviço de Transporte Público Local (Resolução 3.323, de novembro de 2020) em corredores BRS.

A medida, segundo a pasta, tem como objetivo manter a finalidade das faixas seletivas nos horários exclusivos e assegurar a redução do tempo de deslocamento de passageiros de ônibus convencionais, sistema com maior demanda de usuários da cidade.

A circulação nos corredores BRS em dias úteis, das 6h às 21h, e aos sábados, das 6h às 14h, é restrita a ônibus e microônibus de linhas regulamentadas de transporte público coletivo, táxis com passageiros e veículos destinados a socorro de incêndio e salvamento, os de polícia, os de fiscalização e operação de trânsito, ambulâncias, de policiamento ostensivo ou de preservação da ordem pública. Nos horários exclusivos, os demais veículos somente poderão acessar as faixas para fazer a conversão à direita no cruzamento seguinte, acessar as entradas de garagem existentes na mesma quadra ou acessar as baias de serviço existentes, obedecendo a sinalização existente em cada uma delas.

Embarque e desembarque

O embarque e desembarque ao longo do lado direito das faixas só é permitido a ônibus e micro-ônibus, transporte escolar regulamentado, transporte de pessoas com deficiência (identificado), veículos destinados a socorro de incêndio e salvamento, os de polícia, os de fiscalização e operação de trânsito e as ambulâncias (que além de prioridade no trânsito, gozam de livre circulação, estacionamento e parada, quando em serviço de urgência), de policiamento ostensivo ou de preservação da ordem pública.

Trânsito de veículos não autorizados nos corredores

De acordo com o Art. 184 do CTB – Código de Trânsito Brasileiro, os veículos que transitarem na faixa ou via de trânsito exclusivo, regulamentada com circulação destinada aos veículos de transporte público coletivo de passageiros, salvo casos de força maior e com autorização do poder público competente, estarão cometendo uma infração de natureza gravíssima, com multa no valor de R$293,47.

Categorias
Destaque Diário do Rio Notícias Rio

Maio Amarelo: campanha pela redução de mortes no trânsito ilumina locais do Rio

Os Arcos da Lapa e a Câmara Municipal, no Centro, e o Monumento aos Pracinhas, no Aterro do Flamengo, ganham uma cor especial nesta semana, de 17 a 23 de maio. A ação faz parte da campanha Maio Amarelo, um movimento de conscientização para a redução da mortalidade no trânsito.

A iniciativa da CET-Rio e da Rioluz tem como objetivo levar a sociedade a refletir sobre o alto número de mortos e feridos na circulação de veículos, além de propor uma mudança de atitude capaz de transformar essa realidade.  O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) aprovou o novo tema para as campanhas educativas deste ano: “No trânsito, sua responsabilidade salva vidas”.

Com o intuito de reforçar essa ação, a CET-Rio está veiculando mensagens pelas mídias sociais  da  Prefeitura,  além  de  cartazes  nos ônibus (busdoor) que destacam  a importância do cuidado, principalmente por parte dos motoristas, em relação aos mais vulneráveis no trânsito: pedestres, ciclistas e motociclistas.

Também na próxima semana, a CET-Rio vai participar da sexta edição da Road Safety  Week,  da  ONU,  e  da  campanha Streets  for  Life. A  ideia  é  aderir  a  esse evento mundial e implantar, no entorno de algumas escolas que já retornaram às aulas, projetos que visem à redução de velocidade, proporcionando maior segurança para todos, em especial para os alunos.

Acidentes de trânsito são a principal causa de morte na faixa dos 5 aos 14 anos, mas este cenário pode ser mudado com medidas simples, como a criação de áreas de baixa velocidade, promovendo maior segurança a pedestres e ciclistas. Uma das metas da Streets for life é implantar áreas com velocidade máxima de 30Km/h no entorno de algumas escolas  e revitalizar a sinalização. Aproximadamente 70% dos alunos de escolas públicas do município do Rio de Janeiro vão a pé para a escola. Por isso, 25 colégios municipais serão beneficiados pela campanha.

Categorias
Destaque Diário do Rio Notícias

Avenida Brasil terá interdições noturnas para obras do viaduto da Via Portuária

A CET-Rio informa que os serviços de pavimentação na Avenida Brasil, referentes às obras do Viaduto Via Portuária, serão continuados a partir de segunda-feira (17/05). A Avenida Portuária é uma via expressa exclusiva para veículos de carga e faz a ligação da Avenida Brasil, em Manguinhos, ao portão 32 do Cais do Porto.

Para viabilizar o procedimento e manter a segurança operacional, as seguintes intervenções serão feitas:

• Segunda (17/05) e terça (18/05), das 22h às 4h do dia subsequente:

– Interdição TOTAL da Av. Brasil, pista Lateral, sentido Centro, entre o Viaduto de Manguinhos e a Passarela 5;
– Interdição da Saída 9A da Linha Amarela, a qual liga a Linha Amarela, sentido Fundão, à pista lateral da Avenida Brasil, sentido Centro.

– A principal rota alternativa é a Linha Vermelha.

– As interdições contarão com a participação de operadores de tráfego, entre agentes da CET-Rio e terceirizados, que trabalharão para manter a fluidez, orientar os motoristas e efetuar os bloqueios durante as intervenções. Além disso, sinalização específica será instalada para orientar e alertar os motoristas.

Desvios

  • Veículos provenientes da Linha Amarela com destino à Av. Brasil, sentido Centro: deverão seguir pela Linha Amarela, pegar a saída 9B para fazer o retorno em direção à Barra, acessar a saída 9D e seguir pela pista lateral da Av. Brasil até a agulha de acesso a pista central.
  • Veículos provenientes da Av. Brasil: serão desviados para a pista central sob o Viaduto de Manguinhos e poderão retornar para a pista lateral na altura da Passarela 5.

Recomendações

  • Respeitar a sinalização e as orientações dos agentes de tráfego para o bom andamento da operação;
  • Aos motoristas que não necessitem passar pela região da obra, sugere-se a utilização de rotas alternativas para seus trajetos.
Categorias
Destaque Diário do Rio Notícias

Recurso de multa de trânsito no Rio agora pode ser feito por e-mail

Recorrer de multas de trânsito emitidas pela Prefeitura do Rio de Janeiro ficou mais fácil. Para dar mais agilidade aos processos, a Secretaria Municipal de Transportes agora passa a receber os requerimentos também por e-mail.

O cidadão só precisa informar no assunto o número do auto de infração e anexar os documentos necessários para a abertura do recurso (a lista completa pode ser vista abaixo). Na resposta, ele receberá o número do protocolo para acompanhar o andamento do processo.

O e-mail para recorrer é: multas.smtr@gmail.com.

Podem ser abertos por este e-mail o Recurso de Notificação da Penalidade (Cancelamento de Multa) e o Recurso da Notificação de Autuação (Defesa Prévia).

Outros meios

O e-mail não é a única opção para apresentar, de forma remota, recursos de multas emitidas pela SMTR. Os serviços de defesa prévia, apresentação de real infrator e conversão de autuação em penalidade podem ser feitos pelo portal Carioca Digital por qualquer pessoa física. Para ter acesso a este serviço, o cidadão deve estar cadastrado no Carioca Digital e registrar o veículo no portal.

Vale destacar que o atendimento presencial ficará suspenso em todas as unidades da Secretaria Municipal de Transportes a partir desta sexta-feira (26/03) até o dia 4 de abril, em conformidade com as medidas restritivas de proteção à vida adotadas pela Prefeitura do Rio.

Processo por e-mail

Para a abertura do processo por e-mail, o cidadão deve anexar no e-mail os seguintes documentos:

– Requerimento de Recurso impresso, assinado e digitalizado. Baixe aqui

– Notificação de Penalidade ou Auto de Infração ou documento emitido pela SMTR, através da página eletrônica, que conste a placa e o número do Auto de Infração de Trânsito ou Nada Consta do município do Rio de Janeiro

– Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo – CRLV.

– Carteira Nacional de Habilitação ou outro documento de identificação que comprove a assinatura do requerente. Quando Pessoa Jurídica, documento comprovando a representação.

– Procuração, quando for o caso.

– Cópia de comprovante de residência (se houver a alegação do não recebimento da notificação).

Categorias
No Barquinho da Paciência Notícias do Jornal

Educação no trânsito é fundamental

 

Um dos lugares mais estressantes e que exigem muita paciência sem dúvidas é o trânsito. A falta de respeito vem dos dois lados, tanto dos motoristas quanto dos pedestres. A educação nas ruas e estradas precisa ser lembrada dia a dia. Ter a consciência de que o trânsito é um local onde se precisa tomar alguns cuidados e sempre estar atento ao outro, evita acidentes e tragédias que podem ocasionar em mortes.

Alguns fatores levam ao estresse no trânsito. Um dos principais é o intenso congestionamento na rotina diária dos motoristas , especialmente nas grandes cidades. E os governantes precisam trabalhar para amenizar a falta de infraestrutura, superlotação nas vias e estradas de acesso.

Da parte dos motoristas é preciso evitar mexer no celular enquanto se dirige, controlar a velocidade e usar o cinto de segurança, além de ter a consciência de que o pedestre merece respeito, até porque, todos somos. Já para os pedestres, cabe respeitar a sinalização e atravessar na faixa. Se cada um fizer a sua parte, os acidentes irão diminuir cada vez mais e o trânsito se tornará um local mais seguro para todos.

 

Categorias
Brasil

DPVAT não é cobrado de motoristas mas vítimas continuam a receber indenização

 

 

Mudança na cobrança do DPVAT não altera o direito da vítima à indenização

No Brasil, uma pessoa morre a cada 15 minutos vítima de acidente de trânsito, segundo dados do Observatório Nacional de Segurança Viária (ONSV). Além disso, milhares de pessoas sofrem acidentes com sequelas anualmente no País. Essa realidade difícil, muitas vezes é agravada pelo desconhecimento da população sobre seus próprios direitos.

Desde 1974, condutores, passageiros e pedestres têm direito a indenização por danos pessoais em acidentes de trânsito, mesmo que tenham responsabilidade sobre o ocorrido. Essa indenização, assegurada pelo DPVAT, cobre morte, invalidez ou gastos médicos.

Em 2021 o DPVAT sofreu uma grande mudança em sua administração e agora é de responsabilidade da Caixa Econômica Federal. Essa alteração trouxe muita confusão e desinformação para quem precisa receber o seguro, principalmente após a notícia de que os proprietários de veículos não precisariam mais pagar o DPVAT, que até então era obrigatório.

É importante ressaltar que o DPVAT continua ressarcindo e indenizando vítimas de trânsito! A decisão da não cobrança do seguro para os proprietários de veículos não altera sua função: dar suporte para a vítima de acidentes de trânsito.

O DPVAT indeniza vítimas que com sequelas decorrentes de acidentes e herdeiros e familiares de vítimas fatais em até R$13.500 reais, além de reembolso de despesas médicas, como remédios, exames e consultas, no valor de até R$2.700 reais.

Saiba mais sobre o seguro DPVAT e indenizações para vítima de trânsito.

Categorias
Destaque Rio

Operação Lei Seca reforça ações durante o feriado prolongado

 

A Operação Lei Seca vai reforçar as ações de fiscalização e conscientização durante o feriado de Carnaval. O esquema especial, que será iniciado nesta sexta-feira (12/2) e vai até a quarta-feira (17/2), contará com todo o efetivo nas ruas. Ao todo, serão realizadas 56 ações inclusive durante o dia, nos acessos às praias, cachoeiras e áreas de lazer. As operações acontecerão na capital, região Metropolitana e interior do estado.

Neste período também serão realizadas blitzes de fiscalização nas principais rodovias estaduais, em parceria com o Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv). E para conscientizar a população sobre o perigo da mistura de álcool e direção, serão realizadas ações educativas em diversos pontos do estado. As equipes de educação da Lei Seca, compostas por pessoas com deficiência (PCDs), também vão reforçar a mensagem sobre a importância do uso da máscara, do álcool em gel e do distanciamento social para prevenção da Covid-19.

“Assim como nos anos anteriores, faremos blitzes diurnas e noturnas. O objetivo da Lei Seca é salvar vidas e proporcionar mais segurança para a população. Pedimos que os motoristas redobrem os seus cuidados para evitar que ocorram acidentes de trânsito, ainda mais neste momento de pandemia, por que um paciente politraumatizado ocupa um leito hospitalar por vários meses”, explica o superintendente da Operação Lei Seca, tenente-coronel Marcelo Rocha.

Devido à pandemia, novos procedimentos foram adotados nas blitzes para preservar a saúde dos motoristas abordados e dos agentes da Lei Seca. Algumas mudanças são o uso de barreira protetora de plástico, que separa o agente do motorista, e a realização de triagem utilizando um etilômetro passivo, sem necessidade de sopro.

“ O trânsito seguro é responsabilidade de todos. O motorista tem que ser cauteloso para preservar a sua integridade, de seus familiares e das demais pessoas – completa o superintendente”.


Foto: Operação Lei Seca

Categorias
Destaque Rio

Avenida Niemeyer ficará fechada neste fim de semana para obras emergenciais

 

Avenida Niemeyer será interditada pela Prefeitura do Rio nesta sexta-feira, às 22h, nos dois sentidos, e permanecerá fechada durante o fim de semana, para obras emergenciais de contenção.  A via será liberada às 5h de segunda-feira. Durante a semana a pista seguirá em sistema siga e pare.

A interdição , que será feita por meio da Secretaria de Infraestrutura e da GeoRio,  será necessária para que sejam descartados os riscos de deslizamento, apontados em recente relatório técnico elaborado pela GeoRio. A empresa vem fazendo um trabalho inédito e preventivo de limpeza das encostas na via. Somente por conta deste serviço foi possível identificar rochas fragmentadas que correm risco de rolamento iminente, na altura do número 101 da Avenida Niemeyer.

A fim de minimizar os transtornos no trânsito para a população, a obra vai contar com a montagem de um túnel temporário em que serão executados os serviços acima do muro já existente. Sendo assim, o trânsito nesse trecho será no sistema siga e pare com operadores durante todo o período da obra.

Nos últimos 15 dias, a GeoRio realizou no período da noite, serviços de limpeza da Avenida Niemeyer. Ao todo foram removidas 36 toneladas de lixo como folhas, galhos, garrafas pet, lixo residencial e até tubulação de ferro desativada, o que equivale a 20 caminhões.

Foto: ABr