Categorias
Destaque Esporte Esportes Natação Notícias Rio

Atleta do Flamengo prepara-se para os Jogos Estudantis

A relação de Pedro Brandão com a natação foi paixão à primeira vista. Começou aos seis anos. E, hoje, aos 17, o atleta coleciona vitórias e metas a serem alcançadas. No próximo dia 12, ele disputará os Jogos Estudantis, no Parque Aquático Júlio Delamare, no Maracanã.

Foto : Divulgação

Fã do ex-nadador Gustavo Borges, por sua dedicação e paixão pelo processo e por sempre buscar a excelência em tudo o que fazia, Pedro, aluno do 3º ano do Ensino Médio do CEL Intercultural School, está bastante confiante para o torneio:

As expectativas são as melhores possíveis. Espero fechar meu último ano de atleta estudante representando o CEL com chave de ouro.

Pedro está no colégio desde o 5º ano do Ensino Fundamental. Ou seja:

Foto : Divulgação

há sete anos ele está na escola, pela qual já venceu o Intercolegial (até hoje é dele o recorde nos 100m peito) e disputou o Sul-Americano Escolar, entre outras competições.

Eu não busquei o CEL apenas por conta de sua tradição na excelência de ensino, mas, também, por conta do apoio que a instituição dá a seus atletas estudantes. E não me arrependi, a escola sempre esteve ao meu lado dando todo tipo de suporte para que eu pudesse me manter estudando e no alto rendimento – agradece Pedro.

Paula Santanna, coordenadora da unidade Norte Shopping, tem sido importante na trajetória do nadador:

Por conta dos meus treinos à tarde, durante o horário das aulas, a Paula me envia aulas gravadas para que eu possa estar atualizado. Além disso, se há alguma competição nos dias das provas, a escola permite a flexibilização da data do teste para que eu não saia prejudicado. Só tenho, também, a agradecer ao professor Bruno Senna (coordenador de Educação Física), que dá todo tipo de apoio para que eu possa também defender a camisa do CEL em competições pela escola.

Orgulho à nação rubro-negra

Vice-campeão brasileiro e campeão do Sudeste, Pedro, desde março deste ano, é atleta do Flamengo. Motivo de enorme orgulho, também:

Está sendo maravilhoso vestir as cores do maior do Brasil e defendê-la nas competições. Com certeza é uma camisa pesada, mas estou dando meu melhor para poder continuar dando orgulho para a nação.

Categorias
Brasil Destaque Esportes Notícias Rio

JEB’s vai trazer nove instalações temporárias ao Parque Olímpico da Barra

Um time de mais de 25 profissionais, que serão 75 até o fim do mês, já está de forma permanente no Rio de Janeiro para a reta final de preparativos para a retomada dos Jogos Escolares Brasileiros (JEB’s). Um trabalho que envolve logística de transporte, hospedagem, alimentação, envelopamento de arenas e consolidação de estruturas. O evento está programado para ser realizado pela primeira vez em 17 anos entre 29 de outubro e 5 de novembro, numa edição voltada para estudantes com idade entre 12 e 14 anos.

O programa prevê a disputa em 17 modalidades: atletismo, basquete, futsal, handebol, judô, vôlei, vôlei de praia, natação, tênis de mesa, xadrez, caratê, wrestling, ginástica artística, ginástica rítmica, badminton, ciclismo e taekwondo. Dezesseis terão como palco o Parque Olímpico da Barra, coração dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016.

Os estudantes vão disputar provas nas Arenas Cariocas 1, 2 e 3, no velódromo e no Centro Olímpico de Tênis. Além disso, nove instalações temporárias serão erguidas, com espaço para quatro quadras de futsal, uma de handebol, uma para a disputa de tênis de mesa e outra para o badminton, além de espaços para alimentação, entretenimento e centros de convivência.

A única das 17 modalidades que não terá o Parque Olímpico como sede será o atletismo, que terá as provas no Centro De Educação Física Almirante Adalberto Nunes (Cefan), uma das instalações militares que passou por reformas com recursos do Governo Federal antes dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016.

Seletivas

Em função das diferentes realidades estaduais diante da pandemia do novo coronavírus, as seletivas para definição das equipes que vão representar cada uma das Unidades Federativas terão modelos diversos.

“Nos casos em que não for possível realizar seletivas esportivas estaduais, a definição da delegação poderá adotar critérios como rankings estaduais e convocações por critérios técnicos das federações esportivas e escolares dos estados e do Distrito Federal”, explicou Everson Ciccarini, diretor geral dos JEB’s. A definição oficial do número de integrantes por delegação sairá até o fim de setembro.

Segundo Ciccarini, assim como todos os eventos que vêm sendo realizados no Parque Olímpico da Barra ao longo do ano, os JEB’s terão uma série de protocolos sanitários para garantir a segurança de deslocamento e competição de todos os estudantes.

Pirâmide invertida

Do total de 17 modalidades oficiais, nove são seletivas para os Jogos Sul-Americanos Escolares, que serão disputados em 2022: atletismo, basquete, futsal, handebol, judô, vôlei, natação, tênis de mesa e xadrez.

Além disso, o país garantiu, na última semana, o direito de sediar em 2023 os Jogos Mundiais Escolares Sub-15, que tiveram a primeira edição em Belgrado, na Sérvia. Na ocasião, o Brasil levou uma delegação enxuta, de 28 atletas, e conquistou o título do futebol feminino e outras cinco medalhas de bronze no wrestling.

“Sempre bati na tecla de que era importante inverter a pirâmide esportiva brasileira e apostar no desporto escolar e de base. Com os JEB’s, o Sul-Americano e o Mundial em nosso horizonte, os nossos estudantes terão muito estímulo para investir no esporte como opção”, afirmou o secretário especial do Esporte do Ministério da Cidadania, Marcelo Magalhães.

Embaixadores estelares

Como forma de investir em espelhos e de motivar ainda mais os estudantes-atletas, a retomada dos JEB’s terá um time estelar de embaixadores. A mais recente incluída na lista foi a campeã olímpica Rebeca Andrade, da ginástica artística. Além dela, a competição terá o apoio de Natália Falavigna (campeã mundial e medalhista olímpica no taekwondo), Daiane dos Santos (campeã mundial na ginástica artística), Fofão (levantadora campeã olímpica pela Seleção Brasileira em 2008), Helen Luz (campeã mundial e medalhista olímpica no basquete), Maurren Maggi (única brasileira campeã olímpica no atletismo, com o título no salto em distância, em 2008), Jacqueline Silva (campeã olímpica no vôlei de praia em 1996), Mayra Aguiar (bicampeã mundial no judô e três vezes medalhista olímpica) e Flávia Saraiva (destaque da seleção de ginástica artística) no time feminino de embaixadoras.

Entre os homens, são embaixadores os craques do futebol Thiago Silva, Emerson Sheik, Zico e Edmilson, a estrela do futsal Falcão, Tiago Camilo (medalhista olímpico no judô), Joaquim Cruz (o campeão olímpico do atletismo), Nenê Hilário (17 anos pela NBA), Sandro Dias (multicampeão no skate), Daniel Dias (14 ouros em Jogos Paralímpicos na natação), Arthur Zanetti (campeão olímpico na ginástica artística), Serginho e Giba (campeões olímpicos no vôlei), André Domingos (medalhista olímpico no atletismo), José Aldo (bicampeão do UFC) e Renzo Gracie (mestre em jiu-jitsu).

A lista conta ainda com três atletas olímpicos que hoje trabalham na Secretaria Especial do Esporte do Ministério da Cidadania: Bruno Souza, que disputou os Jogos de Atenas 2004 e Pequim 2008 no handebol, atual secretário Nacional de Esporte de Alto Rendimento (SNEAR); Fabíola Molina, nadadora que disputou as Olimpíadas de Sydney 2000, Pequim 2008 e Londres 2012, atual secretária Nacional de Esporte, Educação, Lazer e Inclusão Social (SNELIS); e Luisa Parente, ginasta que disputou os Jogos de Seul 1988 e Barcelona 1992, atual secretária da Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem (ABCD).

Os Jogos Escolares Brasileiros são organizados pela Confederação Brasileira de Desporto Escolar (CBDE), em parceria com a Secretaria Especial do Esporte do Ministério da Cidadania, e contam com o apoio da Federação de Esportes Estudantis do Rio de Janeiro (FEERJ).

Categorias
Destaque Esportes

Definido calendário dos Jogos Estudantis 2020 do Estado do Rio de Janeiro

A edição 2020 dos Jogos Estudantis do Estado do Rio de Janeiro já tem data para começar. A primeira competição será no dia 23/11, na modalidade eSports, seguida por Tênis de Mesa, Corrida Virtual e Skate, que se iniciam no dia 28/11. Para dezembro, as demais modalidades seguem movimentando os jovens estudantes, de 12 a 17 anos*. O evento, promovido pelo Governo do Estado do Rio de Janeiro, por meio da Secretaria de Estado de Esporte, Lazer e Juventude, seguirá protocolos rígidos de segurança e saúde, devido à pandemia, e conta com co-produção da Spiridon e patrocínio da Enel Distribuição Rio, através da Lei de Incentivo Estadual.

O Estado do Rio de Janeiro assumiu o desafio de ser o único da Região Sudeste a realizar esta importante competição. Em um período em que pesquisas indicam que jovens têm deixado de praticar esportes, os Jogos Estudantis vêm contribuir para a mudança deste cenário. Este evento vai além da promoção da competição esportiva, pois fortalece o espírito de superação e engaja jovens e seus familiares no âmbito do exercício físico e bem estar, comenta Felipe Bornier, Secretário de Estado de Esporte, Lazer e Juventude.

As inscrições podem ser feitas gratuitamente no site www.jogosestudantisrj.com.br , e são limitadas. Os atletas, estudantes de escolas públicas e privadas, podem se inscrever com autorização de um responsável técnico e legal, não sendo mais necessária inscrição direta da escola. O calendário de competições e outras informações estão disponíveis também no instagram dos @jogosestudantisrj.

Algumas modalidades são de 12 a 17 anos, como eSports, também aberto para pessoas com deficiência, e ginástica rítmica que será virtual. As demais modalidades serão de 15 a 17 anos, afirma a coordenadora dos Jogos Estudantis, da Secretaria de Estado de Esporte, Lazer e Juventude, Priscilla Honório.

Confira abaixo as datas das competições por modalidade:

Novembro e Dezembro

eSportes – Xadrez, Fifa 2020, Fortnite e Clash Royale (12 a 14 anos, também PCD) 23/11 a 04/12

Tênis de Mesa (15 a 17 anos) e Skate (14 a 17 anos) – 28/11

Corrida Virtual (15 a 17 anos) – 28/11 a 20/12

Dezembro

Surf (15 a 17 anos) – 03 a 06/12

Handbeach (15 a 17 anos) – 05 e 06/12

Natação (15 a 17 anos) – 06/12

Ginástica Rítmica Virtual (12 a 17 anos) – 06/12

Atletismo (15 a 17 anos) – 11 a 13/12

Basquete 3×3 (15 a 17 anos) – 12 e 13/12

Fut 7 (15 a 17 anos) – 17 a 20/12

Vôlei de Praia (15 a 17 anos) – 19/12

Jogos Estudantis 2020

Inscrições em www.jogosestudantisrj.com.br

Regulamento completo, calendário de competições, protocolos de segurança e saúde e demais informações também disponíveis em @jogosestudantisrj.

Sobre a Lei de Incentivo ao Esporte

A Secretaria de Estado de Esporte, Lazer e Juventude tem como objetivo promover o esporte e a inclusão social, também por meio da realização de eventos esportivos através da Lei de Incentivo. Esta iniciativa permite que empresas contribuintes de ICMS patrocinem projetos com a futura compensação tributária em sua integralidade. Assim, fortalecer a juventude do estado, reforçar os mecanismos para o crescimento do indivíduo, contribuindo na formação da cidadania.

Sobre a Enel Distribuição Rio

A Enel Distribuição Rio, subsidiária da multinacional italiana Enel, atende 66 municípios do estado do Rio de Janeiro, abrangendo 73% do território estadual, com cobertura de uma área de 32.188 km². A Região Metropolitana de Niterói e São Gonçalo e os municípios de Itaboraí e Magé representam a maior concentração do total de 2,9 milhões de clientes atendidos pela companhia. A estratégia de atuação da Enel é baseada no seu Plano de Sustentabilidade e nos compromissos assumidos com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030 da ONU.

Categorias
Esportes

Jogos Estudantis 2020: inscrições abertas e gratuitas para alunos de todo o Estado

O ano de 2020 ainda promete muito para o esporte escolar. Os Jogos Estudantis do Estado do Rio de Janeiro terão, nesta edição, novos esportes muito populares entre os jovens, como surf, skate, fut 7, handbeach, basquete 3×3 rua, corrida virtual, entre outros. As inscrições já estão abertas para estudantes e atletas, de 12 a 17 anos*. O evento, promovido pelo Governo do Estado do Rio de Janeiro, por meio da Secretaria de Estado de Esporte, Lazer e Juventude, seguirá protocolos rígidos de segurança e saúde, devido à pandemia.

A Secretaria de Estado de Esporte, Lazer e Juventude assumiu o desafio e, com importantes parceiros, irá realizar este evento.  Acreditamos que é importante incentivar a prática esportiva estimulando nossos jovens a sonharem e conquistarem vitórias no esporte e na vida, comenta o Secretário de Estado de Esporte, Lazer e Juventude, Felipe Bornier.

A edição 2020 conta com o patrocínio da Enel, co-realização da Spiridon e coordenação dos Jogos Estudantis RJ.

O evento será um marco em um momento em que tantas atividades estão restritas. Estamos com protocolos alinhados com as federações esportivas e respeitando as orientações dos Decretos Estaduais para a realização do evento, afirma a coordenadora dos Jogos Estudantis, da Secretaria de Estado de Esporte, Lazer e Juventude, Priscilla Honório.

As inscrições são on-line e gratuitas, e devem ser feitas no site www.jogosestudantisrj.com.br . O calendário das competições está sendo elaborado, e todas as informações estão sendo divulgadas também no instagram @jogosestudantisrj. Os atletas podem se inscrever com autorização de um responsável técnico e legal, não sendo mais necessária inscrição direta da escola.

Modalidades esportivas

Novos esportes: surf, skate (14 a 17 anos), fut 7, handbeach, basquete 3×3 rua, corrida virtual e eSports (xadrez, Fifa 2020, Fortnite e Clash Royale / 12 a 17 anos, incluindo PCD).

Esportes mantidos com adequações: natação, atletismo, vôlei de praia, tênis de mesa e a ginástica rítmica (competição virtual / 12 a 17 anos).