Categorias
Brasil Destaque Notícias Rio

Confira 3 empresas de tecnologia que estão com mais de 50 vagas abertas

O mercado das startups e empresas de tecnologia está em um momento delicado. Devido aos cortes de gastos e investimentos recentes, a demissão em massa veio à tona. Dados do mais recente relatório da Distrito, hub de inovação aberta, mostram que em um ano o decréscimo nos cheques assinados a empresas de tecnologia do Brasil foi superior a 60%. Mas nem tudo são más notícias. As startups e empresas de tecnologia que apostaram em movimentos inteligentes e sustentáveis, sem o deslumbramento dos investimentos exagerados dos últimos anos, estão indo na contramão dos layoffs e oferecendo diversas vagas de emprego.

Confira quais são elas:

Idez: A Idez é a primeira fintech especializada em serviços financeiros para PMEs, que atua sob o modelo Bank as a service. Com o objetivo de aumentar a equipe, está com mais de 10 vagas abertas, no modelo home office, para diferentes áreas como: Designer UI e UX, desenvolvedor pleno, bizdev, entre outras.

Doctoralia: A Doctoralia, empresa do Grupo Docplanner, é a maior plataforma de saúde do mundo. Presente em 13 países, o grupo é responsável por atender 53 milhões de pacientes e processar mais de 7,5 milhões de agendamentos de consultas por mês. A healthtech está com mais de 10 vagas abertas para coordenador de aquisição de talentos, especialista em importação global, especialista de treinamento e desenvolvimento, consultor de vendas, entre outras.

Track.co: A Track.co, startup brasileira especialista em indicadores de performance da Experiência do Cliente, está com mais de 10 vagas abertas para diferentes áreas de atuação, como Consultor(a) de Sucesso do Cliente, Analista de Compliance, Cientista de Dados, Estágio de Comunicação Interna, Líder de Cloud e Infraestrutura, Pessoa Desenvolvedora Backend (Sênior), Golang (Pleno) e Full Stack. As vagas são 100% remotas e a empresa aposta, sobretudo, na liberdade e flexibilidade para trabalhar, além de oferecer todo o suporte necessário para o funcionário, como auxílio home office, convênio médico e odontológico, day-off no aniversário, VR ou VA, PLR, short friday e muitos outros benefícios.

Categorias
Destaque Emprego Meu Emprego Notícias Notícias do Jornal Rio

Rio de Janeiro tem 2 mil vagas para jovens de baixa renda

O Instituto PROA tem reforçado cada vez mais a importância da empregabilidade para os jovens de baixa renda. Com isso, oferece milhares de oportunidades para eles se aperfeiçoarem para o mercado de trabalho, conectando-os com vagas de emprego. E, a próxima turma, que começa no dia 1º de agosto, está com inscrições abertas no site: https://www.proa.org.br/, com 2 mil vagas disponíveis.

Para participar é preciso ter entre 17 e 22 anos, estar cursando ou ter concluído o 3º ano do Ensino Médio em escola pública e morar no Estado do Rio de Janeiro. As inscrições vão até o dia 26 de julho.

Na Plataforma PROA, os jovens que concluíram o Ensino Médio em escolas públicas e que buscam seu primeiro emprego, têm acesso gratuito a 100 horas de aulas com orientação e apoio de tutores em encontros semanais ao vivo, às quartas ou quintas-feiras, no melhor horário para o aluno.

“O PROA foi um divisor de águas para tudo o que eu pensava sobre o mercado do trabalho. Apenas depois de passar pelas disciplinas de Planejamento de Carreira, Projeto Profissional, Autoconhecimento, Raciocínio Lógico e Comunicação, que eu pude entender e me sentir preparada para o mundo. Tanto a plataforma PROA quanto as tutorias semanais foram essenciais para que eu me tornasse apta para conseguir meu primeiro emprego. Além disso, foi através do time de empregabilidade do curso que tive acesso à oportunidade de emprego que conquistei duas semanas após a conclusão do PROA”, afirma Paloma Oliveira, PROANE do Rio, formada em 2021 e que hoje trabalha na ESPM-Rio.

A Plataforma PROA oferece módulos de: Autoconhecimento (20 horas), Planejamento de Carreira (20 horas), Projeto Profissional (20 horas), Raciocínio Lógico (20 horas), Comunicação (20 horas). Ao final, os alunos que concluírem estarão aptos para participarem de processos seletivos para vagas de posições de início de carreira e primeiro emprego. Todos recebem certificado de conclusão emitido pelo PROA e têm acesso a vagas de emprego disponíveis no mercado.

E agora os alunos que preferem estudar presencialmente têm acesso ao espaço do Instituto PROA e P&G exclusivo, onde podem utilizar computadores para estudar e tirar dúvidas direto com um monitor. A sala fica na Biblioteca Parque Estadual, no Centro do Rio e conta com 20 computadores, com acesso à internet. A sala funciona de segunda a sexta, das 10h às 17h.

“A Biblioteca Parque Estadual foi escolhida por ser um espaço que estimula a criatividade do jovem e ser um local de fácil acesso, no centro da cidade. Vimos a necessidade dessa conectividade com nossos alunos, apoiando de perto cada um. Está sendo ainda mais produtivo e tendo grandes resultados com todos os jovens que buscam uma nova oportunidade. Nosso objetivo é construir um grande legado para a cidade, com novos profissionais especializados e prontos para o mercado”, afirma Alini Dal’Magro, CEO do Instituto PROA.

Além da trilha básica do curso, o PROA oferece cinco trilhas técnicas patrocinadas por diferentes empresas, onde os alunos podem aprender Análise de Dados (patrocinado pelo iFood), Varejo (Via – Fundação Casas Bahia), Administração (P&G), Logística (P&G), UX Design (Accenture) e Promoção de Marcas (BRF).

“Seguimos confiantes na parceria Instituto PROA, P&G, o CODIN e a SEDEERI para promover a inclusão produtiva do jovem fluminense no mercado de trabalho. O objetivo é trazer cada vez mais soluções para os jovens do Estado do Rio”, afirma o Governador do Estado do Rio de Janeiro, Cláudio Castro.

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico participa ajudando a inserir os jovens formados no mercado de trabalho.

“Para nós é muito importante ter essa iniciativa em nosso estado. Gerar emprego e renda é a prioridade do governador Cláudio Castro. Daí a importância de aumentar a empregabilidade. Queremos capacitar cada vez mais jovens e trazer competitividade ao mercado de trabalho fluminense”, explica o secretário de Desenvolvimento Econômico, Energia e Relações Internacionais, Cássio Coelho.

A iniciativa conta com a parceria da Procter & Gamble, da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Energia e Relações Internacionais (SEDEERI) e da Companhia de Desenvolvimento Industrial do Estado do Rio de Janeiro (CODIN RJ).

“Nosso objetivo com a parceria com o PROA é fomentar o mercado de trabalho para os jovens, promovendo a inclusão produtiva. Centenas de jovens serão conduzidos às vagas em empresas parceiras do PROA em municípios do Estado e na própria P&G”, finaliza André Felicíssimo, presidente da P&G no Brasil.

Inscrições e informações: http://www.proa.org.br

Serviço:

– Ter entre 17 e 22 anos;
– Morar no Estado do Rio de Janeiro;
– Estar cursando ou ter concluído o 3º ano do Ensino Médio em escola pública.
Inscrições: 2 de maio a 26 de julho
Início das aulas: 1º de agosto
As inscrições podem ser feitas pelo site: http://www.proa.org.br

Categorias
Destaque Meu Emprego Notícias Notícias do Jornal

Supermercados no estado do Rio oferecem mais de 100 vagas

Boa notícia para quem está em busca de emprego. Os supermercados no estado do Rio de Janeiro estão com mais de 100 vagas abertas, para cargos como promotor de vendas, repositor, vendedor, auxiliar de carregamento, confeiteiro, operador de caixa, açougueiro, padeiro, motorista, auxiliar de cozinha, balconista, fiscal, entre dezenas de outras ocupações. Também há vagas específicas para pessoas com deficiência e jovem aprendiz. As vagas estão distribuídas em mercados de Três Rios, Resende, Teresópolis, Niterói, Duque de Caxias, Nova Iguaçu, São Gonçalo e Rio de Janeiro.

Para facilitar a busca pelos empregos, a Associação de Supermercados do Estado do Rio de Janeiro (ASSERJ) disponibiliza em seu site uma relação dos mercados com vagas abertas e daqueles que estão recebendo currículos ou fazem cadastro de reserva. São 27 estabelecimentos com lojas em diversas regiões do estado.

Em abril, os supermercados voltaram a contratar, registrando a abertura de 591 postos no estado. De acordo com dados divulgados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), o Rio de Janeiro foi o segundo estado que mais abriu postos de trabalho no Brasil, com 22.403 vagas no mês de abril.

Segundo o presidente da ASSERJ, Fábio Queiróz, a tendência é de otimismo. “O setor de supermercados é uma das principais portas de entrada para o mercado de trabalho. Durante a pandemia, foi um dos setores que mais contratou no estado e, nos últimos meses, mesmo com as adversidades econômicas, estamos gerando vagas. Este é um bom momento para os jovens que estão em busca do primeiro emprego ou para quem está procurando uma recolocação”, comentou.

Para encontrar os supermercados e acessar as vagas, basta entrar no site da ASSERJ: Link

Categorias
Brasil Destaque Emprego Meu Emprego Notícias

Rede Walter’s Coiffeur abre 34 vagas de emprego no Rio para manicures, cabeleireiros e barbeiros

A rede de salões Walter’s Coiffeur anunciou que está com 34 vagas de emprego abertas para manicures, cabeleireiros e barbeiros. O modelo de contratação é como PJ (Profissional Parceiro), com recebimento de percentual do valor do serviço oferecido.

Para manicure são ao todo 16 vagas nas unidades de salão de beleza da rede, sendo 8 para porcelanistas, com exigência de experiência na função, flexibilidade de horário e ensino fundamental completo.

Para a função de cabeleireiro, a rede Walter’s Coiffeur conta com 17 vagas, e uma vaga para barbeiro, que exigem certificado profissionalizante, experiência na função, ensino médio completo e flexibilidade de horário.

As oportunidades são para unidades localizadas em diferentes bairros, como Barra da Tijuca, Recreio, Freguesia, Leblon, Botafogo, Sulacap, Vila Isabel, Nova Iguaçu, Ilha do Governador e Niterói.

Além disso, a rede também oferece vagas para banco de talentos nas áreas de relacionamento, comercial, estoque e administrativo. Os interessados podem enviar currículo para os e-mails rh@walterscoiffeur.com.brr e rh2@walterscoiffeur.com.br

Melhores empresas para se trabalhar

Nos anos de 2020 e 2021, em meio a pandemia, a rede Walter’s Coiffeur foi a primeira rede de salões de beleza do Brasil a receber a certificação da consultoria Great Place to Work das melhores empresas para de trabalhar do Rio de Janeiro. “Na rede Walter’s Coiffeur sempre investimos na capacitação, ambiente saudável e bem-estar dos nossos colaboradores. Temos princípios e valores inegociáveis, o clima que conquistamos é fruto de dedicação diária, feedbacks e amor ao que fazemos”, celebra Walter Filho.

Categorias
Brasil Destaque Notícias

Empresas e startups abrem vagas de emprego em diversas áreas

O número de startups e empresas de tecnologia cresce cada vez mais e esse é um dos setores que mais emprega no Brasil. Em 2021, a área de tecnologia contratou, entre janeiro e agosto, 147.248 profissionais, segundo dados da Associação das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom). E diversas empresas estão com vagas abertas no momento:

Nexaas: 7 vagas

A Nexaas, retail Tech especialista em inovação para o varejo, está com sete vagas abertas para trabalhar em São Paulo. A empresa busca UX Designer PL, Analista de Implantação PL, Analista de Conteúdo SR, Coordenador de Marketing, Coordenador de People, Analista de Produto PL (PO) e Analista de Qualidade PL. A Nexaas oferece plano de carreira, acesso gratuito a cursos on-line, estacionamento, vale refeição ou vale alimentação, seguro saúde, odontológico, auxílio creche e seguro de vida. Para se inscrever, acesse a página de carreiras da Nexaas

Loja Integrada: 7 vagas

A plataforma que oferece recursos para a criação de lojas virtuais de maneira prática e intuitiva e tem mais de 2,5 milhões de lojas criadas, tornou-se uma das maiores plataformas gratuitas da América Latina e a mais popular do Brasil e está com sete vagas abertas para trabalho remoto.

As oportunidades são para Data Engineer, Site Reliability Engineer – SRE (Engenheiro (a) de software), Software Engineer – Backend (Engenheiro (a) de software), Software Engineer – Frontend (Engenheiro (a) de software), Banco de Talentos LI – PCD (Pessoa com Deficiência), Product Designer sênior (Designer de produtos digitais) e Product Manager (Gerente de produtos digitais).

As vagas são exclusivas ​para pessoas negras e pardas. ​A iniciativa integra as ações afirmativas que a empresa vem tomando para tornar seu quadro de colaboradores mais diverso e representativo. Os benefícios são PLR anual, vale alimentação ou vale refeição, plano de saúde, odontológico, seguro de vida, auxílio creche, gympass e auxílio idiomas.

Para se inscrever, acesse o site a página de carreiras da Loja Integrada

Categorias
Brasil Destaque Notícias Rio

CASA&VIDEO anuncia vagas de emprego no Rio de Janeiro

A CASA&VIDEO, uma das maiores redes de varejo do Brasil, anuncia a abertura de vagas de emprego para atuação no Rio de Janeiro, nas lojas de Itaocara e Arraial do Cabo. As oportunidades são para as funções de GERENTE DE LOJA, SUBGERENTE e PROMOTOR DE VENDAS. Os interessados devem acessar o site e inscrever-se nas oportunidades com “Rio de Janeiro” no nome.
Com aproximadamente 3 mil colaboradores e mais de 200 lojas na região Sudeste, a empresa não para de crescer e enxerga potencial em um dos maiores mercados do Brasil, São Paulo. A companhia de sonho grande, visa triplicar o tamanho em 5 anos (2021-2025), de forma sustentável, sendo a principal solução para equipar a casa da família brasileira.

A CASA&VIDEO se denomina como uma empresa diversa, inclusiva e em franco crescimento. A companhia busca candidatos com vontade de crescer e se desenvolver para fazer parte do time de talentos. As políticas internas reforçam a diversidade e inclusão, com oportunidades iguais para todos. “Acreditamos na força da diversidade dentro da nossa companhia e da sociedade. Trabalhamos constantemente na manutenção de um ambiente de trabalho que inclui e oferece a oportunidades a todos. Fugir dos rótulos e abraçar a diversidade são características fortes do nosso time de sangue amarelo”, ressalta Marcia Lassance, diretora de Gente & Gestão da companhia.
A CASA&VIDEO reconhece a importância das pessoas na organização. Com sua estratégia de desenvolvimento profissional, a companhia possibilita aos membros do seu time a possibilidade de crescimento de carreira de forma tangível. “Construímos nossas políticas visando tornar os sonhos dos nossos clientes e colaboradores acessíveis. Ver o nosso time crescendo junto com a empresa é nossa prioridade”, ressalta Marcia Lassance, diretora de Gente & Gestão da empresa.

Além das quase 200 plataformas físicas de vendas no Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo e São Paulo, com diferentes modelos de lojas, a CASA&VIDEO possui uma plataforma digital que se complementa. O site pode ser acessado também pelo APP CASA&VIDEO com uma plataforma amigável e fácil de navegar.

Categorias
Brasil Destaque Economia Meu Emprego Notícias Notícias do Jornal

Empresa abre 30 vagas de emprego e aposta na diversidade regional

A crise na geração de empregos no país parece não se refletir em alguns setores da economia. Responsáveis por detalhar, para o mercado varejista, o potencial de consumo de determinadas localidades, e assim fornecer dados precisos para abertura de um negócio, as empresas de geomarketing estão em busca de mão de obra para fazer frente ao crescimento desse tipo de demanda. A Geofusion, uma das maiores neste segmento, pretende dobrar, até final deste ano, o número de funcionários. A ideia é contratar profissionais de diversas regiões do país, dentro do modelo home office, para que atuem justamente em suas cidades de origem.

Para a Head de Pessoas e Cultura da Geofusion, Aila Rodrigues, o objetivo da empresa, sediada em São Paulo, é atender à demanda crescente dos clientes e, ao mesmo tempo, criar um vínculo maior com a diversidade regional do varejo brasileiro.

– Além dos dados que produzimos e estudamos, precisamos do olhar local para observar mais de perto potencialidades que podem fazer diferença numa análise. O investimento na diversidade é um fator essencial no trabalho que desenvolvemos aqui. Precisamos, cada vez mais, ter um olhar mais condizente com as realidades díspares do nosso país, ainda mais quando estamos falando de varejo — explica Aila.

A Geofusion conta, atualmente, com 30 vagas abertas, em cargos como Analista de Dados e Mercado Júnior, Engenheiro de Dados Pleno, Engenheiro de Dados Sênior, Analista de Dados Junior, Desenvolvedor Frontend Pleno, Desenvolvedor Backend Sênior, Analista de Suporte Pleno, Customer Success Manager Júnior, Analista de Marketing de Produto Sênior, Cientista de Dados de Produto, Product Designer, Analista Financeiro JR/PL, Gerente de Negocios Junior, Gerente de Negócios Sênior, Data Product Manager e Estágio em Machine Learning .

– Temos profissionais distribuídos por 49 localidades diferentes, incluindo capitais, como São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Aracaju, Salvador e Curitiba, e em cidades como São Gonçalo (RJ), Campinas (SP), Governador Valadares (MG), Maringá (PR), Paço do Lumiar (MA), entre outras — revela a Head da Geofusion.

Em 2022, a empresa já conta com pessoas contratadas em localidades como Jequié (BA), São Luís (MA), Cabo de Santo Agostinho (PE), Guanambi (BA), Belo Horizonte, Curitiba, São Gonçalo (RJ) e Salvador.

– Esse modelo já está dando resultado positivo, sua ampliação acontece naturalmente e vem agregando muito à empresa. Não se trata apenas de uma expansão devido às condições do mercado, que obviamente permitem que haja esse movimento, mas de trazer uma riqueza maior de informações, olhares e costumes necessários para entendermos de forma mais completa o comportamento do consumidor dentro de um país continental e tão diverso – avalia Aila.

Categorias
Destaque Meu Emprego Notícias do Jornal

Contratação de mulheres em vagas de trabalho temporário tem expansão de 39,29% em 2021

O aumento nas contratações das temporárias foi de 39,29% em 2021 na comparação com o ano anterior, de acordo com a Employer, uma das maiores empresas de RH do país. No total, foram registradas mais de 700 mil admissões temporárias no país no ano de 2021, diante de mais de 500 mil no mesmo período em 2020.

Essa modalidade de contratação é um caminho natural para que muitas pessoas deixem o desemprego. Segundo dados do IBGE indicam que o número de pessoas nessa situação encontra-se abaixo de 13 milhões. As oportunidades temporárias são o caminho para muitos retornarem ao mercado de trabalho — apesar do tempo limitado, muitas vagas oferecem potencial oportunidade de efetivação.

Os homens representam o maior percentual de contratações entre os temporários, porém o número de mulheres é cada vez mais representativo.

Um dos fatores atrativos desse tipo de contrato para as mulheres é a opção de trabalhar um período do ano e poder dedicar outro com exclusividade a família ou outra atividade. “As gestantes, principalmente, recebem mais inclusão no mercado por essa modalidade, conquistando renda para providenciar itens essenciais de cuidados e tempo para cuidar do bebê”, ressalta a diretora de Serviços da Employer, Vânia Montenegro.

“O crescimento de temporários é uma realidade em todo o país. Surgiu como uma alternativa para aqueles que precisam retornar rapidamente ao mercado devido à crise do desemprego e para empresas que precisam ocupar vagas sazonais”, explica Montenegro. “As vagas ainda são dominadas por homens, porém estamos observando um crescimento expressivo de mulheres em busca dessas chances também”, ressalta Montenegro.

Essa possibilidade está abrindo portas cada vez mais para mulheres. “É a primeira vez que trabalho como temporária: estou há dois meses atuando em uma operadora de saúde, como enfermeira auditora de serviços assistenciais”, diz a trabalhadora temporária Victoria Regina Almeida Sousa Gaspar. “Tem sido uma experiência ótima: tenho todos os benefícios do contratante e ainda a possibilidade de ser efetivada pelo desempenho como temporária”, acrescenta.

Direitos do trabalhador temporário

Na modalidade temporária, o trabalhador tem anotação em carteira e os direitos assegurados pela Lei 6.019/1974. Dentre os direitos, estão inclusos pagamento de horas extras, descanso semanal remunerado, 13º salário e férias proporcionais ao período trabalhado. Ele recebe 8% dos seus proventos a título de FGTS e o período como temporário conta como contribuição para a aposentadoria.

De acordo com a legislação, o trabalhador temporário pode ser contratado por até 180 dias, com possibilidade de prorrogação por até mais 90 dias. A efetivação pode acontecer a qualquer momento desse período. “Junto à Previdência, o trabalhador temporário também tem todos os direitos garantidos, como auxílio-doença, desde que se respeite a carência mínima exigida para o pagamento dos benefícios”, diz Vânia.

Categorias
Destaque Economia Meu Emprego Notícias

Inscrições para concurso da Eletronuclear ficam abertas até dia 21

Dá Agência Brasil

As inscrições para o concurso público da Eletronuclear estão abertas até o próximo dia 21 e poderão ser feitas no site da Fundação Cesgranrio em: https://www.cesgranrio.org.br/concursos/evento.aspx?id=eletronuclear0122, organizadora do certame. A taxa de inscrição tem valor de R$ 100 para cargos de nível médio operacional e de R$ 150 para cargos de nível superior. O concurso vai ofertar vagas para contratação e também para formação de cadastro de reserva sob o regime da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).

A ideia é complementar o quadro de pessoal da companhia, considerando a demanda de mão de obra necessária para a conclusão da Usina Angra 3, localizada em Angra dos Reis, cujas obras serão retomadas em breve. Há vagas reservadas para pessoas com deficiência e para aquelas que se declararem pretas ou pardas.

Os candidatos aprovados e classificados no concurso poderão ser convocados ao longo da validade do edital (dois anos), prorrogável uma única vez por igual período, dentro das necessidades da Eletronuclear, para trabalhar nas unidades da empresa em Angra dos Reis, na Costa Verde fluminense, no Rio de Janeiro ou em quaisquer localidades onde a companhia venha a ter representação.

Salários

Os salários variam entre R$ 3.653,06 e R$ 7.382,28, além de benefícios, conforme o cargo a ser ocupado. O processo seletivo será composto de uma prova objetiva de conhecimentos básicos e específicos, prevista para ser aplicada no dia 15 de maio. O cargo de especialista em segurança de área protegida de nuclear terá uma etapa adicional de capacitação física, de caráter eliminatório.

A Eletronuclear recomenda que os interessados leiam com atenção o edital e os seus respectivos anexos. Mais informações podem ser obtidas junto à Cesgranrio por e-mail através do endereço concursos@cesgranrio.org.br. Os cargos profissionais de nível médio operacional requeridos no edital são especialistas em proteção radiológica e em segurança de área protegida de nuclear; técnicos de segurança do trabalho, eletricista, em construção civil, em eletromecânica, em eletrônica, em eletrotécnica, em mecânica, em meio ambiente e em química.

Para os cargos de nível superior são requisitados administrador, advogado, analista de comunicação social, analista em proteção radiológica, analista de sistemas (aplicações e segurança de tecnologia da informação e comunicação – TIC), analista de sistemas (gestão e governança de TIC), arquivista, assistente social, biólogo, contador, designer, economista; engenheiro ambiental, engenheiro auditor, engenheiro civil, engenheiro de análise probabilística de segurança, engenheiro de produção, engenheiro de segurança do trabalho, engenheiro de telecomunicações, engenheiro de treinamento, engenheiro eletricista, engenheiro eletrônico, engenheiro mecânico A e B, engenheiro metalúrgico, engenheiro nuclear, engenheiro químico, físico A e B, pedagogo, químico.

Resultados

A Eletronuclear esclareceu que, em razão da pandemia da covid-19, as datas previstas no edital podem sofrer alteração, dependendo da evolução da situação sanitária e dos decretos reguladores nos municípios onde serão realizadas as provas. A recomendação da empresa é que os candidatos fiquem atentos às comunicações no site da organizadora do concurso. Os resultados finais deverão ser divulgados no dia 30 de junho. O edital foi publicado no Diário Oficial da União (DOU) no último dia 25.

Categorias
Destaque Meu Emprego Notícias do Jornal

Conheça as principais perguntas feitas em entrevistas de emprego

Entrevista de emprego é uma situação que desperta nervosismo e receio em muitas pessoas. As perguntas feitas aos candidatos variam de acordo com a empresa, a área e o cargo pretendido. No entanto, como a maioria das entrevistas possuem objetivos similares, é possível identificar alguns questionamentos que se repetem e, dessa forma, se preparar para eles.

Segundo Juliana Braga, professora de Gestão de Recursos Humanos no Centro Universitário Newton Paiva, “Fale um pouco sobre você” e “Quais são seus pontos fortes?” são alguns dos questionamentos feitos para avaliar o nível de autoconhecimento do candidato. “É uma oportunidade de se posicionar como pessoa e mostrar que tem clareza acerca de suas características. Ao contrário do que muitos pensam, não é o momento de falar sobre o currículo, e sim de suas realizações. Uma dica importante é refletir um pouco sobre essas questões antes da entrevista”, recomenda.

Outro critério avaliado pelos recrutadores é o engajamento do candidato. Perguntas como “O que você sabe sobre a empresa?” e “O que sua experiência pode agregar?” servem para medir o nível de identificação entre a empresa e o indivíduo. Para isso, é preciso pesquisar previamente e conhecer o máximo possível sobre a organização e seu core business. O candidato não deve apenas repetir o conteúdo encontrado no Linkedin e na página “sobre nós”, mas sim buscar estabelecer um vínculo com a empresa.

A honestidade também é uma característica que pode ser um diferencial em um processo seletivo. “Quais são seus pontos fracos?” e “Porque saiu do último emprego?” são as perguntas mais utilizadas nessa avaliação. “Os recrutadores têm consciência de que não existe um profissional perfeito. Portanto, nesse momento o importante é o candidato mostrar que conhece os pontos que devem ser trabalhados em si mesmo, e que existe um esforço para aprender com os erros e não repeti-los no futuro” recomenda a professora da Newton Paiva.

Por fim, um aspecto ao qual os recrutadores mais ficam atentos é o comportamento do candidato. A pergunta “Fale sobre um desafio ou conflito que enfrentou no trabalho” é importante porque, a partir da resposta, é possível avaliar a capacidade de lidar com pressão e de tomar decisões. “A pessoa deve escolher uma situação que evidencie bem suas competências e habilidades. Lembrando que se deve explicar o desafio, apresentar a estratégia utilizada e analisar o resultado”, finaliza Juliana.