Categorias
Beleza Brasil Destaque Diário do Rio Notícias Notícias do Jornal Rio

Como manter a saúde capilar

No dia 7 de abril, foi celebrado o Dia Mundial da Saúde, data criada em 1948 pela Organização Mundial de Saúde (OMS). A data é uma ótima oportunidade para que os hábitos de saúde sejam repensados, e para que questões ligadas à saúde e bem-estar sejam refletidas.

Para ter um cabelo bonito e saudável, é importante cuidar da saúde capilar.  A exposição e agressões do dia a dia, somadas aos produtos e aparelhos que passamos no nosso cabelo, fazem com que as fibras capilares percam os nutrientes naturais.  Por isso, é indispensável pensar caminhos para repor essas proteínas que perdemos diariamente.

A rotina pode contribuir com o fortalecimento dos cabelos, tornando-os mais saudáveis. Para tanto, é importante começar pela alimentação, dando mais atenção ao que se come no dia a dia. Proteínas, vitaminas e minerais consumidos na medida correta podem influenciar diretamente no crescimento dos seus fios, por isso, busque sempre por alimentos ricos em nutrientes.

Atenção ao excesso de doces, o açúcar aumenta a quantidade de insulina no sangue, causando um desequilíbrio hormonal. Isso atrapalha o funcionamento dos folículos capilares, impedindo a entrega de nutrientes. Com o exagero, os fios passam a crescer menos e de maneira menos saudável.

Algumas pessoas podem recorrer a suplementos por conta própria e isso pode causar alterações hormonais, e até mesmo ocasionar a queda capilar. O uso desses remédios precisa ser acompanhado por um profissional de preferência médico nutrólogo, dermatologista ou nutricionista para ajudar na identificação do que é necessário repor.

Na hora do banho, procure evitar lavar o cabelo com água quente. A água fria ou morna ajuda a manter as cutículas (parte externa dos fios) fechadas, evitando a desidratação e a danificação dos fios. E durante a lavagem, o cabelo precisa receber um cuidado especial, pois é nessa hora que retiramos os resíduos acumulados e limpamos e condicionamos os nossos fios. Por esse motivo, procure usar produtos específicos para seu tipo de fio.

Depois de fazer a higienização dos fios, uma boa máscara de tratamento pode reforçar a nutrição, fortalecendo-os ainda mais. O ideal é usá-la quinzenalmente, mas para cabelos muito danificados, o processo pode ser feito uma vez por semana.

Vale lembrar, que caso utilize aparelhos que emitem calor diretamente nos fios, como secadores ou chapinhas, é importante utilizar um protetor térmico antes, que ajudam a criar uma barreira protetora.

Existem diversas opções para tratamento capilar, sendo fundamental identificar o problema e buscar a abordagem adequada com especialista.

Categorias
Beleza Destaque Notícias

Estudo comprova que clareadores naturais não funcionam

Milagres prometidos na internet podem prejudicar a saúde bucal
As redes sociais são grandes dissiminadoras de promessas milagrosas para clarear os dentes. As hashtags #dentebranco e #whiteteethchallenge têm milhões de visualizações no aplicativo e mostram vídeos de usuários testando truques para fazer um clareamento caseiro nos dentes.

Contrariando todas essas promessas, um estudo da Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (USP) constatou que ingredientes como Banana, cúrcuma e carvão ativado, que são amplamente divulgados nas redes sociais como clareadores dentais, falham na promessa e ainda podem criar problemas. A pesquisa, que durou dois anos, testou em laboratório as receitas miraculosas da internet e avaliou minuciosamente seus efeitos na estrutura dental.

O ideal, segundo a pesquisa, é procurar por um dentista da sua confiança que irá indicar a forma mais adequada para clarear os seus dentes.

No consultório, as técnicas utilizadas podem ser um clareamento caseiro, no qual o paciente recebe uma moldeira feita especialmente para sua arcada dentária e o dentista oferece um gel clareador com a proporção, que varia de acordo com o grau do grau do clareamento“, afirma o Dr. Márcio Ramos.

Os clareamentos mais rápidos expõem mais à sensibilidade, então o dentista vai dosar conforme a sensibilidade do dente do paciente qual será o melhor jeito”.

Categorias
Beleza Brasil Destaque Diário do Rio Notícias Rio

Tendência de cores de unhas para 2022

Pela primeira vez, em 23 anos, a Pantone, empresa conhecida por criar escalas de cores, criou uma nova cor: a Very Peri, que se enquadra na paleta dos azuis e também pode, segundo especialistas da própria empresa, estar no limite para a paleta dos roxos e lilases.

Seguindo a tendência da Cor do Ano de 2022, Larissa Cardoso, artista e manicure da Singu, principal marketplace de beleza e bem estar do Brasil, revela que as escolhas de esmaltação entre as clientes já tem um padrão: tons coloridos e unhas degradê seguindo a paleta.

“Diferente das esmaltações de uma única cor, as coloridas e degradê dão espaço para criatividade e imaginação, tanto para cliente quanto para nós. Digamos que as cores são a vibração do que queremos passar, então esse estilo passa a impressão de mais descolada e vibrante,” comentou a artista.

No inverno, a tendência também será voltada para unhas coloridas, porém em cores mais frias.

“Os tons mais escuros e terrosos são sempre os mais procurados pelas clientes nessa época, em 2022, não será diferente, mas cores diferenciadas também farão parte da paleta, como verde-militar”, explicou Larissa. Além disso, cinza, nude, caramelo, preto, roxo e vinho também entraram na lista de mais pedidas.

Para as clientes que têm receio de usar tons coloridos, “minha dica é apostar em cores mais discretas, por exemplo, rosa pastel ou até cintilantes. Dessa forma, a pessoa vai se acostumando e aos poucos começa a inserir coloração mais intensa,” comentou Larissa.

Por fim, em relação ao formato, esse ano as unhas arredondadas também estarão em alta, independentemente do comprimento que a unha estiver. “Essa técnica é bem vista pelas clientes, ainda mais porque é o formato mais resistente nas unhas, além de não arranhar com facilidade e dar um toque de alongamento nos dedos,” concluiu Larissa.

 

Categorias
Beleza Brasil Destaque Diário do Rio Notícias Notícias do Jornal Rio

Como a estética pode melhorar a qualidade de vida das pessoas

Cuidar da pele, maior órgão do corpo humano, é questão de saúde e bem-estar. O tecido epitelial de revestimento exige tanta atenção quanto outras partes do organismo, como coração, fígado e pulmão. Além de ajudar na prevenção e tratamentos de doenças, o acompanhamento com dermatologista pode ter também finalidade estética, impactando diretamente a saúde mental.

A dermatologista e membro da Doctoralia, Gislaine Sales, especializada em cosmiatria, cirurgia dermatológica, dermatologia pediátrica e câncer de pele, fala sobre o papel dessa importante especialidade.

“O tratamento estético melhora a qualidade da pele e seus anexos, como cabelos e unhas, por exemplo. Devolve a autoestima perdida por alguns pacientes, o tal do “sentir-se bem quando se olha no espelho”. Vai muito além de tratar rugas e preencher o que falta, é um tratamento para a alma. Hoje, já existem estudos que mostram essa correlação entre o tratamento com toxina botulínica e a melhora da depressão quando comparada com outros tratamentos”, contou a dermatologista, Gislaine Sales.

“Você se olhar no espelho e gostar do que vê é muito gratificante. Não estou falando de querer alcançar um objetivo inatingível ou querer se transformar em outra pessoa, que é o que vemos muito por aí hoje em dia. Mas, por exemplo, repor o colágeno que se perdeu ao longo dos anos, tratar a musculatura para que não tenha formação de rugas, melhorar a qualidade de pele, é o cuidado de se ver na sua melhor versão”, afirmou a dermatologista.

O dermatologista é o profissional mais capacitado para tratar a doença de pele e a estética do paciente. Quando se procura um profissional para realizar um tratamento, ele deve ser capaz de entregar o resultado almejado, mas também ser capaz de resolver qualquer eventualidade que possa aparecer, já que estamos sujeitos a isso também. O tratamento do paciente deve ser feito com segurança, o que só um médico especializado será capaz de oferecer em muitas intercorrências.

A consulta com o dermatologista deve ser feita pelo menos uma vez ao ano, quando o intuito é o acompanhamento da pele como um todo. Se houver algum diagnóstico, como neoplasia maligna da pele, por exemplo, esse acompanhamento deve ser feito em períodos mais curtos, variando de três a seis meses. Para o acompanhamento estético, depende muito do tratamento realizado e do resultado que se quer alcançar.

A Sociedade Brasileira de Dermatologia define a área como uma especialidade médica cuja atuação é diagnosticar, prevenir e tratar patologias e enfermidades relacionadas à pele do ser humano. A dermatologia compreende doenças da pele, pelos, cabelos, unhas e mucosas.

Estima-se que existem mais de 3 mil doenças relacionadas à pele que afetam crianças, adultos e idosos. Entre essas doenças, as mais comuns são: câncer de pele, queda de cabelos, pele com acne, alergias, psoríase, lepra e vitiligo. Os dermatologistas podem atuar em procedimentos médicos estéticos, oncológicos e cirúrgicos.

 

Categorias
Beleza Destaque estética Notícias

Busca por procedimentos estéticos corporais pouco invasivos aumenta 300%

Levantamento conduzido pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) aponta para tendência surgida nos últimos anos; Médico cirurgião plástico e membro da entidade, Victor Cutait explica as diferentes intervenções e quais as vantagens.

Os procedimentos estéticos pouco invasivos têm despertado a atenção das pessoas que desejam mudanças no corpo por meio de técnicas que não causam muitos traumas no corpo. Prova disso é o estudo divulgado pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) que mostra que a procura por procedimentos estéticos não-cirúrgicos e pouco invasivos cresceu mais de 300% nos últimos anos.

O médico cirurgião plástico e membro da SBCP, Dr. Victor Cutait, percebeu o aumento da procura em seu consultório por este tipo de cirurgia e analisa as vantagens:

“Os procedimentos pouco invasivos é uma série de técnicas que
proporcionam a execução da cirurgia e a recuperação muito mais
rápidas e simples, já que não demandam tanto ‘trauma’ no corpo
dos pacientes. Além disso, tais técnicas oferecem menor risco de
complicação durante e pós-cirurgia, o que garante maior segurança.
É uma grande vantagem – avalia o profissional.

Procedimentos minimamente invasivos

O médico lista abaixo procedimentos que são pouco invasivos.

Confira:

Lipoaspiração fracionada

De acordo com o cirurgião plástico Victor Cutait, o procedimento é uma lipoaspiração, porém realizada com anestesia local e em uma região corporal por vez, divididas por etapas.

O primeiro benefício da lipofracionada é que, como o paciente está acordado durante a cirurgia, é possível movimentá-lo e ter uma melhor visualização da gordura, obtendo melhores resultados.

Outra grande vantagem é que na lipofracionada é possível retirar toda a gordura localizada. Em cada seção retira-se até 5% do peso, respeitando a normativa do Conselho Federal de Medicina.

Além disso, a operação minimamente invasiva não oferece risco de perfuração e tampouco embolia pulmonar, o que garante mais segurança ao paciente. Por fim, como a intervenção é mínima e espaçada entre semanas, o paciente não precisa parar as atividades cotidianas, como trabalhar.

Microlifting

Já o microlifting é uma série de procedimentos minimamente invasivos na face, nos quais incluem tratar os excessos de pele, rugas, gordura e flacidez. Tal técnica é indicada para pacientes que não possuem recomendação para realizarem o lifting completo da região.

A vantagem é proporcionar o rosto revitalizado sem grandes intervenções e uma recuperação mais rápida e mais simples.

Mini dermolipectomia braço, coxa e abdômen

A retirada de excesso de pele nos braços, coxa e na região do abdômen abaixo do umbigo, chamado dermolipectomia, também pode ser realizada de modo pouco invasivo.

O procedimento elimina o excesso de pele – muito comum após grande perda de peso- e proporciona um contorno mais natural e menos flácido da região – explica o profissional.

Cuidados necessários antes de realizar qualquer procedimento

Após decidir realizar uma cirurgia estética, mesmo que minimamente invasiva, é necessário se atentar às informações como o local, profissional escolhido e até o valor do investimento.

Cutait explica que o primeiro passo é escolher um profissional qualificado para executar procedimentos cirúrgicos estéticos. Tal profissional deve ser cadastrado na Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. Após a escolha, a relação médico- paciente deve ser a melhor possível já na primeira consulta.

Outro ponto essencial é o local. Procedimentos menos invasivos podem ser realizados em clínicas especializadas ou ambulatoriais. No entanto, o local deve ter alvará para realizar este tipo de procedimento.

Além disso, duvide de preços muito abaixo do valor de mercado. Caso o investimento do procedimento seja muito abaixo comparado com outras clínicas, deve-se desconfiar da qualidade do serviço prestado.

Victor Cutait possui graduação em Medicina pela Faculdade de Medicina de Marília (2001) com especialização em cirurgia plástica pelo Instituto Brasileiro de Cirurgia Plástica, em São Paulo. Ele é membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), professor de cirurgia plástica da Universidade Nove de Julho (UniNove) e dirige a Clínica Cutait Cirurgia Plástica, especializada em Cirurgia Plástica, Dermatocosmiatria e Fisioterapia Dermatofuncional. O médico cirurgião é pioneiro em lipoaspiração fracionada no Brasil.

Categorias
Beleza Destaque Moda Notícias Rio

Festival Internacional de Documentários de Moda entra na sua reta final e acontece até 14/11

De forma híbrida,  online para todo brasil e presencial, no Teatro Riachuelo (RJ). A programação conta ainda com estreias de filmes, debates, talks e oficinas para refletir, inspirar e abrir novos caminhos no mundo da moda.

Na sexta, dia 12/11, às 20h, o festival recebe um dos maiores talentos das novas gerações do design de moda do Brasil, o estilista Fause Haten, que participa de master talk presencial após a exibição do documentário inédito “Fause Haten.doc”,de Renato Rossi, no Teatro Riachuelo, com transmissão online ao vivo.

O festival realiza no sábado, 13/11, às 14h, o workshop  “Beleza e Passarela” com Julio Lima, da JCRE Facilitador, com dicas de passarela, fotos de moda e beleza (trança afro nagô) para modelos negras (de qualquer gênero) entre 16 e 20 anos, valendo também como seleção para o casting da agência, que tem parceria com Phillipa Black, de Londres. No mesmo dia, também às 14h, acontece a oficina “Moda Atemporal, com Vania Soares, do Ateliê Ms Vee, que se caracteriza por vestir mulheres com arte usando roupas adaptáveis e multifuncionais.

Ainda no sábado, às 18h, o festival exibe o premiado “Favela é Moda” , de Emílio Domingos, sobre jovens modelos de uma agência localizada na favela do Jacarezinho, Zona Norte do Rio de Janeiro. E, às

Foto: Divulgação

20h, acontece a estreia do documentário “O Ponto Firme”, de Laura Artigas, que acompanha o processo criativo inusitado de um grupo de detentos que aprenderam crochê e criaram uma coleção apresentada na São Paulo Fashion Week.

Na Sessão de Encerramento, o Feed Dog Brasil exibe a cópia restaurada do clássico “Paris is Burning”, considerado um marco na cultura LGBTQIA+,  dirigido por Jennie Livingston, que passou sete anos imersa na subcultura “Voguing”, a dança que se baseava na cópia de poses da revista de moda Vogue, e que ganhou visibilidade mundial com o clipe da cantora Madonna. A sessão acontece exclusivamente de forma presencial, no dia 14/11, seguida de showcase com a “House of Xtravaganza BR”, promovendo uma autêntica performance de Voguing.

Com patrocínio máster da Riachuelo e da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Rio de Janeiro, o FEED DOG BRASIL 2021 conta com o apoio da Colombo Agroindústria e parceria do IED Rio. A realização é de Hasta la Luna e In Brasil Cultural.

Book Interativo com toda programação – AQUI

Serviço:

FEED DOG BRASIL 2021 – Festival Internacional de Documentários de Moda

09 a 14 de Novembro – gratuito

Online – com acesso em todo Brasil

Presencial – Teatro Riachuelo – Rua do Passeio, 38/40,  Centro – Rio de Janeiro

Atendimento à Imprensa:

ATTi Comunicação

Eliz Ferreira e Valéria Blanco

(11) 3729.1455 / 3729.1456 /(11) 9 9105.0441

PROGRAMAÇÃO

09 NOV – TERÇA-FEIRA

17H30 – MASTERCLASS com Giovanna Nader

20H – SESSÃO DE ABERTURA – Yellow is Forbidden – TEATRO RIACHUELO (PRESENCIAL)

10 NOV – QUARTA-FEIRA

18H – MESA | Moda Brasileira Afro e Indígena: Estilo e Diversidade – TEATRO RIACHUELO (PRESENCIAL)

20H – FILME | One Man And His Shoes – TEATRO RIACHUELO (PRESENCIAL)

11 NOV – QUINTA-FEIRA

18H – MESA | A Sustentabilidade nos Negócios de Moda – ONLINE

18H – FILME| In the footsteps of Christian Louboutin – TEATRO RIACHUELO (PRESENCIAL)

 20H – DEBATE | Moda e Cinema – ONLINE

20H – FILME | Westwood: Punk, Icon, Activist – TEATRO RIACHUELO (PRESENCIAL)

12 NOV – SEXTA-FEIRA

18H – FILME | Dries  – TEATRO RIACHUELO (PRESENCIAL)

 20H – FILME | Fause Haten.doc (com presença do diretor Renato Rossi)

MASTER TALK | FAUSE HATEN

13 NOV – SÁBADO

14H – OFICINA | Beleza e Passarela com Julio Lima e JCRE Facilitador – TEATRO RIACHUELO (PRESENCIAL)

14H – OFICINA | Moda Atemporal com Vania Soares – Ateliê Ms Vee – TEATRO RIACHUELO (PRESENCIAL)

18H – FILME | Favela é Moda (com presença do diretor Emílio Domingos) – TEATRO RIACHUELO (PRESENCIAL)

20H – FILME | O Ponto Firme (com a presença da diretora Laura Artigas)  -TEATRO RIACHUELO (PRESENCIAL)

14 NOV – DOMINGO

16H – FILME | Advanced Style – TEATRO RIACHUELO (PRESENCIAL)

Online: consultar horários no site

18H – FILME| Paris is Burning – TEATRO RIACHUELO (PRESENCIAL)

19H15 – PERFORMANCE | Vogue Dance – Xtravaganza BR – TEATRO RIACHUELO (PRESENCIAL)

09 A 14 NOV – VIDEOAULA | O Rock feminino brasileiro e sua influência na moda e no comportamento – com Érika Martins. – ONLINE

Categorias
Beleza Destaque Tendências

Ícone dos anos 90, sobrancelhas finas é tendência e famosas como Rihanna, Bella Hadid e Cleo já aderiram ao novo formato

 

Nós demoramos anos para deixarmos as sobrancelhas grossas e volumosas, mas todo esse esforço agora vai por água abaixo, ou melhor, pinça abaixo… Sim! Os arcos finos e bem levantados, que eram tendência nos anos 90 estão de volta e vieram para ficar.

“A diferença é que agora as sobrancelhas seguem com o formato arqueado e com o efeito arrepiado, mas com o desenho bem menor em comparação ao antigo”, explica a micropigmentadora  Natasha Sheeny.

E a tendência que tomou conta do mundo fashion por décadas, parece estar voltando com força total, que o diga a cantora Rihanna, que já anda desfilando por aí com sua sobrancelha pra lá de fina e ditando moda como sempre faz.  A modelo Bella Hadid também aderiu ao novo estilo e apareceu no festival de Cannes com suas sobrancelhas bem naturais.

Por aqui, quem aderiu a moda foi Cleo. Conhecida por ser um dos maiores símbolos da beleza e principalmente invejada pelo tamanho das suas sobrancelhas no qual toda mulher desejava ter, a atriz e cantora agora ostenta um formato arqueado, com o efeito arrepiado e finas.

Pelo que tudo indica,  as mais antenadas deixarão de lado a micropigmentação, a hena, microblading, entre outros procedimentos. De acordo com Natasha, o ideal é sempre procurar um profissional para fazer a sobrancelha do jeito que combine mais com o formato do seu rosto.

“ Se deseja mudar e afiná-la, o ideal é sempre ir em uma designer. Mesmo que você queira afinar, a designer saberá ajustar de acordo com o formato do seu rosto e deixar o desenho mais harmônico! Tirar em casa é sempre um perigo, pois um pelo que fique “fora do lugar”,pode acabar deixando um buraco na sua sobrancelha. Hoje, temos técnicas avançadas de mapeamento facial, que moldam a sua sobrancelha de forma única e exclusiva para você. Nem grossa, nem fina, exatamente o que é ideal para o seu tipo de rosto”, finaliza.

Categorias
Beleza Destaque Famosos

Ícone dos anos 90, sobrancelhas finas é tendência e a atriz e cantora Cleo já aderiu à nova tendência

Nós demoramos anos para deixarmos as sobrancelhas grossas e volumosas, mas todo esse esforço agora vai por água abaixo, ou melhor, pinça abaixo… Sim! Os arcos finos e bem levantados, que eram tendência nos anos 90 estão de volta e vieram para ficar.
“A diferença é que agora as sobrancelhas seguem com o formato arqueado e com o efeito arrepiado, mas com o desenho bem menor em comparação ao antigo. Ao que parece a tendência de sobrancelhas finas como era nos 90 e 2000 voltaram com força entre as famosas”, explica a micropigmentadora Natasha Sheeny.
A modelo Bella Hadid foi uma das primeiras a apostar na nova tendência. Recentemente sua aparição no festival de Cannes 2021 deixou todos atônitos com seu visual e as sobrancelhas finas presentes.
Por aqui, quem aderiu a moda foi Cleo Pires. Conhecida por ser um dos maiores símbolos da beleza e principalmente invejada pelo tamanho das suas sobrancelhas no qual toda mulher desejava ter, ela agora ostenta um formato arqueado, com o efeito arrepiado e finas.
“ Se deseja mudar e afiná-la, o ideal é sempre ir em uma designer. Mesmo que você queira afinar, a designer saberá ajustar de acordo com o formato do seu rosto e deixar o desenho mais harmônico! Tirar em casa é sempre um perigo, pois um pelo que parece “fora do lugar”, sendo tirado, pode acabar deixando um buraco na sua sobrancelha. Hoje, temos técnicas avançadas de mapeamento facial, que moldam a sua sobrancelha de forma única e exclusiva para você. Nem grossa, nem fina, exatamente o que é ideal para o seu tipo de rosto”, finaliza Natasha.

Categorias
Beleza Destaque Notícias Rio

Rio de Janeiro recebe Jornada de Cosmiatria

Marcelo Daher, cirurgião plástico e presidente da regional Rio de Janeiro, da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBPC), é o organizador e mediador da segunda Jornada de Cosmiatria, que acontece de 07 a 09 de outubro, no hotel Windsor Flórida, no Flamengo. O evento vai contar com vários especialistas na área de medicina estética nacionais e internacionais.

O cirurgião é reconhecido mundialmente por ser o idealizador da plástica Eutrófica, técnica de lifting facial que proporciona um rejuvenescimento natural e abordará o tema durante o evento.

Categorias
Beleza Destaque Rio

Óleos para recuperar os fios danificados

 

Os dias mais quentes estão chegando, é hora de aproveitar o calor curtindo passeios ao ar livre, praia ou piscina, mas sem esquecer que essa exposição ao sol traz alguns prejuízos para a pele e o cabelo, que perde sua proteção natural, ou seja, perde a hidratação e deixa os fios opacos em sem vida. Pensando nisso, a  hairstylist Bella Assumpção, fez uma lista com sete óleos capilares para recuperar os fios prejudicados pela exposição excessiva

  • Óleo de girassol:  rico em vitaminas E e C, esse óleo possui a capacidade de hidratar, alinhando os fios do seu cabelo e ainda auxilia na queda e os fortifica.
  • Óleo de argan: contém ácidos graxos em sua composição, e é rico em vitamina E. Esse óleo é poderoso, hidrata, nutre e reconstrói ao mesmo tempo. Melhora a qualidade do seu couro cabeludo, na elasticidade do fio e garante uma profunda hidratação para todos os tipos de cabelos, até os tingidos.
  • Óleo de semente de algodão:  tem ação antioxidante, rico em nutrientes, vitamina E e ômega 6. Manda embora o ressecamento e possui  ação emoliente, ou seja, hidrata e nutri ao mesmo tempo os fios.
  • Óleo de linhaça: possui em sua composição diversas proteínas , fibras alimentares, ácidos graxos e ômega 3. Hidrata profundamente o cabelo deixando ele macio, brilhoso e sem frizz!
  • Óleo de abacate: é recomendável utilizar esse óleo para turbinar a máscara de nutrição. Possui uma textura fluída, por isso é fácil de aplicar. Só que é preciso ter cuidado, pois é um óleo que pode pesar os fios, sendo indicado para cabelos que estão muito danificados.
  • Óleo de macadâmia: grande fonte de ácido palmitoléico ( 25%) e rico em ácido oleico. Com ação hidratante, anti-envelhecimento e emoliente, é facilmente absorvido pelos fios.
  • Óleo de coco (extra virgem): possui proteínas, vitamina K, vitamina E, ácidos graxos, ferro e gorduras saturadas, monoinsaturadas e poliinsaturadas. Ele age melhorando a circulação sanguínea do couro cabeludo, hidrata profundamente, tem propriedades antifúngicas e antibacterianas prevenindo a caspa. Sela as cutículas e pode ser usado de diversas maneiras.