Categorias
Destaque Educação Rio

Com certificado internacional de Escola do Caráter, colégio carioca promove o ‘Mural da Gentileza’

 

 

O CEL Intercultural School se tornou, em 2021, a única entidade do país a conquistar o certificado internacional de Escola do Caráter. E uma das ações recentes nesse sentido foi a criação do ‘Mural da Gentileza’, em substituição ao tradicional ‘Correio do Amor’, por conta do distanciamento, na semana da festa junina.

Após reunião em sala sobre o assunto, os alunos (Ensino Fundamental II e do Ensino Médio) foram motivados a escrever mensagens de gentileza direcionadas aos funcionários, colegas, professores, enfim, a qualquer pessoa para qual se quisesse dedicar palavras gentis. Essas mensagens foram colocadas no Mural da Gentileza – conta Cristiane Félix, líder de Língua Portuguesa do CEL.

A certificação Escola do Caráter é entregue pela ONG Character.org, sediada em Washington, nos EUA. Há mais de 28 anos, a entidade é responsável por validar, credenciar e certificar as melhores iniciativas nesse sentido em todo o mundo.

O CEL já trabalhava com valores desde a sua fundação, há 50 anos, mas, no final de 2018, tivemos a oportunidade de conhecer a proposta da Educação do Caráter. A partir daí, tivemos o envolvimento de todos os nossos colaboradores, alunos e familiares – recorda May Chagas, diretora pedagógica do CEL.

Coordenadora geral do Ensino Fundamental 2 do CEL, Adriana Litaiff aponta os frutos do certificado Educação do Caráter:

Vai muito além de ganhar um documento oficial e um selo da Character.org. É o reconhecimento de tudo que nós fazemos desde o início do CEL, colocando ensino de excelência e caráter como nossos pilares.

Categorias
Destaque Rio Tecnologia

Conectividade Como Maior Aliada

 

 

Willian Coelho, secretário municipal de Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro fala sobre a importância da conectividade no quadro atual.

Desde janeiro deste ano, quando assumi a Secretaria Municipal de Ciência e Tecnologia da Prefeitura do Rio, temos como foco identificar, apoiar, promover, fomentar e executar políticas públicas de integração e acesso de crianças e jovens no mercado digital, tecnológico e científico, tendo como objetivo a constituição de uma cidade referência na área da informação, da inovação e do conhecimento. Esses são instrumentos essenciais para o desenvolvimento humano e o crescimento econômico da Cidade.
Com o surgimento da pandemia mundial de Covid-19, a conectividade então se transformou em uma questão urgente. Na verdade, o isolamento social causado por ela só evidenciou esse contexto. Logo, levar novos métodos e ferramentas tecnológicas para comunidades carentes passou a ser um grande desafio e uma missão, pois jovens que vivem em regiões menos favorecidas sem acesso à Internet foram substancialmente atingidos pelos impactos sociais causados pelo isolamento social.

Diante do atual cenário mundial, gerar iniciativas para promover aprendizado por meio da conectividade é inquestionável. Vejo a adaptação as ferramentas tecnológicas e a sua utilização diária como fato irreversível para vida humana. A conectividade atualmente é nossa melhor aliada. Com a interação em todas as áreas ocorrendo hoje de maneira remota, também surgiram novas adversidades que não existiam, como problemas de conexão e ameaças virtuais. O conhecimento tecnológico se torna então elementar.

A Secretaria Municipal e Ciência e Tecnologia está trabalhando na reabertura e reestruturação das nove Naves do Conhecimento, espaços que visam a democratização do acesso à informação e ao conhecimento oferecendo acesso gratuito à internet. Quando reabertas, elas também funcionarão como pontos de apoio para a inserção de jovens no campo tecnológico por meio de treinamento e cursos de capacitação, o que já estamos fazendo desde o início desta gestão.

Hoje, de modo geral, a necessidade de profissionais especializados na área de Tecnologia da Informação e Comunicação é uma realidade e tem crescido quase o dobro se compararmos com outros segmentos de formação técnica no nosso país. Mesmo nos últimos anos, quando dados de desemprego no país está decrescente ou estável, o segmento de TI tem se expandido.

Por conta disso, desde janeiro, a SMCT através de parcerias, já promoveu oito cursos gratuitos online de tecnologia com o objetivo treinar e facilitar a utilização destas ferramentas através de módulos com conteúdo em Cibersegurança, Internet das Coisas, Linux, Empreendedorismo, entre outros. Já estamos com outros cursos programados ainda para este semestre. Esse é apenas o início do trabalho que temos pela frente. Tecnologia e conectividade passaram a ser um direito de todos.

Categorias
Destaque Diário do Rio Notícias Rio

Prefeitura reabre estação Pedro Taques, no corredor Transcarioca

A Prefeitura do Rio, por meio do BRT Rio, informou que a estação Pedro Taques, no corredor Transcarioca, foi reaberta na manhã desta quarta-feira ( 21). A estação estava fechada desde maio de 2020, por causa de furto de equipamentos e vandalismo.

É a quinta já recuperada e em operação desde o início da Intervenção, que encontrou 46 fechadas em março. Até o fim de setembro, a prefeitura diz que todas serão devolvidas à população.

A reforma da Pedro Taques seguiu o mesmo projeto das demais estações que foram reabertas – Olaria, Cardoso de Moraes, Ibiapina e Praça do Carmo. Entre as alterações estão a substituição de painéis e portas de vidros por chapas metálicas vazadas; fiação embutida; e mecanismos das portas blindados.

Todas as mudanças implementadas visam minimizar problemas graves no sistema, como depredação e o calote, e à redução dos custos com vandalismo e furto, cuja média mensal em todo o sistema é de R$100 mil.

Categorias
Destaque Diário do Rio Notícias Rio

Emprega Juv: Programa que busca ajudar na empregabilidade de jovens cariocas é lançado

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, e o secretário da Juventude, Salvino Oliveira, lançaram nesta terça-feira (20) o Emprega Juv, programa que tem como objetivo promover a inclusão profissional e a emancipação de jovens cariocas em situação de vulnerabilidade social.

Segundo a prefeitura, o Emprega Juv terá por base dois projetos também apresentados em cerimônia realizada na Cidade das Artes, na Barra da Tijuca: “Fala, Juventude!” e “Papo de Futuro”. Ambos vão contribuir para a efetivação do direito ao trabalho, à profissionalização e à renda. A meta da pasta é a de atender 20 mil jovens em quatro anos.

Cerca de 20% da população de 15 a 29 anos na cidade do Rio não estuda e nem trabalha, de acordo com os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) Contínua, 2º trimestre de 2019, IBGE. O Emprega Juv reúne projetos, ações e parcerias diretas de orientação profissional, oferta de oportunidades de qualificação e inserção no mercado de trabalho, além de encaminhamento para vagas de emprego e de Jovem Aprendiz.

“Não é um momento simples, mas a gente vai aos poucos recuperar a confiança na nossa cidade. Precisamos acreditar na juventude e no Rio de Janeiro. É um lugar muito especial, uma cidade com muito potencial e vai voltar a dar certo”, disse o prefeito, durante o evento na Cidade das Artes, na Barra da Tijuca.

Também lançados nesta terça-feira, o “Fala, Juventude!” e o “Papo de Futuro” fazem parte do Emprega Juv, amparados pelo Estatuto da Juventude, que começam a funcionar em outubro. A expectativa é que somente os dois projetos impactem 10.400 jovens em quatro anos.

“O Emprega Juv é um programa muito ousado, de empregabilidade para a juventude. A gente sabe que o Rio passou por um momento muito delicado, precisa renascer de várias formas. Uma delas é a empregabilidade e isso passa, necessariamente, pela juventude. Essa é a importância desse programa, qualificar uma mão de obra para profissões do futuro, ligadas a outra dinâmica pós-pandêmica’, disse o secretário Salvino Oliveira.

Os participantes dessas iniciativas ainda vão receber um auxílio remunerado, com valor a ser definido. As atividades serão oferecidas em todas as Áreas de Planejamento (AP) da cidade, na busca por atingir as regiões de maior vulnerabilidade. O Emprega Juv está alinhado aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU), relacionados a educação de qualidade, trabalho decente e crescimento econômico, indústria, inovação e infraestrutura.

Papo de Futuro

O projeto Papo de Futuro vai oferecer aos jovens cariocas de 14 a 24 anos ferramentas e conhecimentos que contribuam para sua inserção no mundo do trabalho, possibilitando a identificação de atividades ou profissões compatíveis com suas aptidões e interesses. São ciclos formativos de 25h de carga horária mediados por equipe composta de educador, psicólogo e assistente social.

Os ciclos vão trazer noções essenciais de autoconhecimento para auxiliar no reconhecimento de suas habilidades e competências, visão de futuro/plano de ação, finanças e gerenciamento socioemocional. As diretrizes do projeto são: acesso à educação e trabalho e renda; cidadania e direitos da Juventude; e qualificação e capacitação profissional.

Fala, Juventude!

Já o Fala, Juventude! vai promover oficinas temáticas nos eixos de audiovisual, arte, cultura e saúde estimulando o desenvolvimento dessas capacidades para facilitar a inserção de jovens de 15 a 29 anos nestas áreas profissionais. Incentivará o olhar para as atividades que já acontecem nas favelas e zonas periféricas da cidade, trazendo referências para contribuir e potencializar as habilidades artísticas e comunicativas da juventude.

Serão realizados cinco encontros presenciais, denominados oficinas, diariamente, totalizando 20 horas semanais, criando em cada edição um ciclo de oficinas de duração total de uma semana. Serão contemplados 40 territórios prioritários com o projeto Fala Juventude.Juventude e emprego

Dados mais recentes do IBGE na Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) Contínua do 1º trimestre de 2020 apontam que 152 mil jovens cariocas com idade entre 14 e 24 anos estavam desempregados. A taxa de desocupação entre os jovens de 14 a 17 anos foi de 61,8% e a de jovens entre 18 e 24 anos é de 32,6% na mesma pesquisa. Esses números refletem a pressão e a dificuldade do início da vida profissional dos jovens, cenário que afeta de maneira ainda mais acentuada a juventude negra e periférica.

Por isso, ampliar as oportunidades da juventude carioca, garantindo as ferramentas necessárias para a sua emancipação é uma tarefa urgente que a JUVRio assume como prioridade a fim de mudar o quadro de desemprego que se agrava por meio da promoção de instrumentos e políticas públicas intersetoriais voltadas às temáticas de empregabilidade, geração de renda e acesso à educação e à qualificação profissional.

Calendário do programa

Julho: evento para organizações da sociedade civil conhecerem o programa;

Agosto: lançamento do edital para escolha de organização da sociedade civil que executará os projetos Fala Juventude e Papo de Futuro;

Setembro: Seleção da organização da sociedade civil executora;

Outubro: Início dos projetos.

Categorias
Culinária Entrevistas Rio

Transformação de vida: carioca cria delivery de comidas naturais

 

 

Há cerca de um ano, Beatriz Fernandes, moradora da Estrada das Canoas, em São Conrado, largou outras atividades para se dedicar integralmente a uma paixão: a culinária. Nascia ali o Tempero da Bia, um delivery de comida mais light.

 Costumo falar que faço comida de verdade. Não faço uso de embutidos e uso o mínimo de industrializados – conta a cozinheira, que, antes do negócio próprio, havia trabalhado como vendedora de loja, garçonete e atendente de site que comercializa roupa.

Bia, há pouco mais de um mês, passou a oferecer comida ainda mais saborosa aos clientes, desde que começou o curso Cozinheiro Profissional, do Instituto Gourmet, em São Conrado. Ter feito a matrícula foi uma verdadeira guinada:

 O instituto entrou como um presente na minha vida, está mudando muito minha visão sobre cozinhar, meus clientes já estão notando a diferença. Eu mesmo sou crítica, mas percebi que a comida está mais gostosa – elogia a aluna.

Casada e com uma filha de 19 anos, Beatriz conheceu o Instituto Gourmet ao passar em frente enquanto ia para a academia:

Malho ali perto e, passando um dia, vi o instituto, mas não entrei. Fui ao Instagram e descobri o que era. Pensei em fazer um curso, mas imaginei ser caro.

Logo após enviar mensagem pelas redes sociais, Bia foi atendida por Geyse Ferreira, gerente comercial do instituto:

 Ela é um ser humano diferenciado, me incentivou a fazer o curso, me deu o workshop e uma aula experimental. Quando fiz a aula, pensei: preciso estar nesta cozinha (risos).

Com o sonho de se tornar chef e abrir um restaurante, Bia termina em maio de 2022 o curso atual, mas outros do Instituto Gourmet estão no seu radar:

 Já estou de olho em outros, pois temos salas muito bem estruturadas, os professores são nota mil. Também fiz um workshop de comida de boteco e os professores são excelentes.

A motivação da criadora do Tempero da Bia foi renovada ao conhecer o Instituto Gourmet:

 Sinto que iniciei uma caminhada que nunca mais vou parar de andar. Afinal, a gastronomia é um mundo infinito.

Categorias
Destaque Diário do Rio Notícias Rio

Secretaria doa objetos pessoais de atletas renomados para leilão do RioSolidario

A Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude e o RioSolidario deram na segunda-feira (19) o pontapé inicial para o leilão virtual Atletas Solidários, que terá todo o valor arrecadado revertido em ações de combate à fome e à pobreza no Rio de Janeiro. Ao todo, mais de 20 peças foram doadas por ídolos do esporte.

Entre os itens estão uma chuteira do Neymar Jr; pranchas dos campeões mundiais de surfe Adriano de Souza, o Mineirinho, e Ítalo Ferreira; o kimono do José Aldo; a sapatilha de Usain Bolt; e a raquete da ex-tenista Maria Sharapova, entre outros.

Uma cerimônia no Salão Nobre do Palácio Guanabara marcou a entrega das peças, feita pelo Secretário de Esporte, Lazer e Juventude, Leandro Alves, para a primeira-dama do Estado e presidente de honra do RioSolidario, Analine Castro.

“A pandemia da Covid-19 causou muitos danos econômicos e sociais, agravando a situação da população mais vulnerável. O RioSolidario, comprometido com a causa, não poderia deixar de contribuir e apoiar quem mais precisa. Todos os recursos arrecadados serão destinados às instituições cadastradas pelo RioSolidario”, afirmou a primeira-dama.

O secretário Leandro Alves aproveitou a solenidade para agradecer os atletas pela doação e ratificar a importância da campanha para ajudar numa das principais missões do Governo do Estado: o enfrentamento à pobreza.

“Venho construindo desde o início do ano essa ideia do leilão, conversando diretamente com alguns atletas e com seus representantes para que nos ajudassem com as doações. Agradeço muito a cada um que contribuiu! O esporte motiva o trabalho em equipe e o pensamento coletivo, por isso nada mais justo do que essa parceria com RioSolidario na principal missão do Governo do Estado, que é erradicar a fome, consequência da pandemia da Covid-19”, disse.

Confira a lista com todos os objetos arrecadados até agora:

– Chuteira Neymar
– Sapatilha Usain Bolt
– Prancha Adriano de Souza
– Prancha Ítalo Ferreira
– Raquete Sharapova
– Lycra Adriano de Souza
– Lycra Tatiana Weston-Webb
– Lycra Silvana Lima
– Lycra Silvana Lima
– Lycra John John Florence
– Kimono (gandola) José Aldo
– Blusa Seleção Brasileira – Roberto Dinamite
– livro Bernardinho
– Camisa de vôlei Bernardinho
– Collant de Ginástica Artística e Rítmica utilizado nos Jogos Olímpicos de Londres 2012 pela Atleta Daniele Hypolito
– Faixa de Judô A2 da Rosicléia Campos
– Camisa Retrô Flamengo Tri Carioca 78/79/79 edição especial – Zico
– Camisa 1 Flamengo 21
– Camisa Adidas Flamengo I 2020 Patrocínio
– Camisa Puma Palmeiras II 2019 – Branca
– Camisa Vasco autografada por todos os jogadores

Categorias
Destaque Diário do Rio Notícias Rio

Prefeitura do Rio reabre a estação Cardoso de Moraes, no corredor Transcarioca

A Prefeitura do Rio, por meio da Secretaria Municipal de Transportes e do BRT Rio, reabriu a estação Cardoso de Moraes, no corredor Transcarioca. A estação, que estava desativada desde maio de 2020, devido a vandalismo e furto de equipamentos, é a segunda a ser totalmente reformada desde o início da intervenção.

A equipe que trabalhou no projeto levou em conta problemas graves no sistema, como depredação e evasão (calote). Os pontos considerados frágeis no modelo anterior foram mudados. As principais alterações são: substituição dos painéis e portas de vidro por chapas metálicas vazadas – o que evita o alto índice de quebra de vidros e permite a ventilação natural; fiação embutida e mecanismos das portas blindados; alarmes luminosos e sonoros das portas, indicando a abertura e o fechamento delas, para a segurança dos usuários; e trava automática das portas (só destrava quando o BRT para na estação).

As obras incluíram o fechamento do acesso ao forro e à cobertura. A entrada é possível apenas pelas catracas próximas à bilheteria, que foi reformada. Entre os serviços executados estão ainda pinturas interna e externa, novas instalações elétricas e programação visual, reforço na iluminação e colocação de guarda-corpos.

Todas as mudanças implementadas na estação, diz a prefeitura, visam à redução dos custos com vandalismo e furto, cuja média mensal em todo o sistema é de R$100 mil. O processo de reforma e reabertura gradativa das outras 44 estações fechadas segue em ritmo intenso. Até o final de setembro, a prefeitura disse que todas serão entregues à população.

Categorias
Destaque Diário do Rio Notícias Rio

Primeiro caminhão elétrico desenvolvido no Brasil é produzido em Resende

A Volkswagen Caminhões e Ônibus, instalada no município de Resende, região Sul Fluminense, lançou nesta semana o primeiro caminhão elétrico totalmente projetado e desenvolvido no país. Ao todo, a companhia investiu R$ 150 milhões no desenvolvimento do modelo e em seu complexo produtivo.

“Com a produção do veículo elétrico, o Rio de Janeiro reforça o seu papel de pioneirismo no setor de energia e torna-se o principal centro de eletromobilidade da América Latina”, disse o governador Cláudio Castro.

A AmBev foi responsável pelo grande primeiro pedido do caminhão elétrico, com mais de 1.600 veículos a serem entregues até 2023, sendo as 100 primeiras até outubro deste ano. Outras empresas já fecharam parceria para adquirir o caminhão 100% elétrico, dentre elas, Coca-Cola e JBS.

“Todo caminhão da Volkswagen que roda no mundo, nasce no Rio de Janeiro. E agora, os primeiros caminhões elétricos são fabricados 100% no Estado”, comemorou o secretário de Desenvolvimento Econômico Vinicius Farah.

No fim do ano passado, a Volkswagen Caminhões e Ônibus havia anunciado o maior ciclo de investimentos de sua história no Rio de Janeiro, R$ 2 bilhões no período de 2021 a 2025. Em reunião com o governo, no início de julho, a montadora reforçou o compromisso com o estado.

“Sem dúvida, acertamos em cheio ao estabelecer a fábrica no Rio de Janeiro e inaugurar um novo polo automotivo para o país. E vamos continuar investindo no estado por muito tempo”, ressaltou, na ocasião, o diretor de Relações Governamentais e Institucionais da Volkswagen Caminhões e Ônibus, Marco Saltini.

Categorias
Destaque Entrevistas Rio

Frio que fala? Atleta do Flamengo celebra título no nado artístico após treino no inverno

 

 

Enfrentar uma piscina pela manhã, no inverno carioca, não é para os fracos, literalmente. Desde que essa estação do ano começou, no dia 21 de junho, é normal o carioca encarar temperatura por volta dos 13ºC, o que é bem frio para quem está acostumado com o tradicional calor na cidade.

E como faz quando é preciso encarar o frio e a piscina, ao mesmo tempo? Com a palavra Jullia Catharino, de 18 anos, atleta do Flamengo e da seleção brasileira de nado artístico:

Aqui no Rio não temos treinamento em piscinas cobertas. Então, essa fase do inverno é um pouco mais sofrida para nós, que somos atletas aquáticos (risos).

Pela seleção, Jullia faz um treino pela manhã, às 7h30, e outro de noite:

A maioria das vezes a água é até aquecida, mas não chega a ser quente de fato. Então, de manhã cedo e à noite são os horários que mais sentimos o frio externo. Procuramos ficar o mínimo de tempo paradas para nos manter mais aquecidas durante o treino.

Esforço à parte para encarar a baixa temperatura, Jullia e as colegas do clube rubro-negro conquistaram, no último final de semana, o 1º lugar na equipe livre e na prova de highlight do Estadual de Inverno.

Foi a nossa primeira competição presencial por aqui, com protocolos, público completamente reduzido, mas foi muito bom para voltarmos a sentir aquela adrenalina que só tem em competição – festejou a atleta.

E por ter sido o primeiro torneio com torcida após tanto tempo, a nova conquista foi ainda mais comemorada:

Foi especial, estávamos muito animadas e também gostamos muito do nosso desempenho nesse retorno, de estarmos competindo as provas de equipe, com os adversários, juízes e com aquela atmosfera de competição de novo – celebrou.

Ganhar competições, aliás, não é novidade para Jullia. Em junho, ela venceu, de maneira on-line, o Pan-Americano de Aruba. Há dois anos, Catharino foi eleita a melhor atleta da América do Sul na modalidade.
No currículo, a jovem atleta também tem o tetracampeonato sul-americano.

Gratidão ao CEL

Convocada pela primeira vez para a seleção adulta aos 16 anos, Jullia pratica o nado desde os 5 anos. A inspiração foi Rafaella, sua irmã.

Desde cedo a nadadora teve que aprender a conciliar os treinos com os estudos. Ex-aluna do CEL Intercultural School, onde estudou de 2014 a 2020, Jullia é muito grata ao colégio:

O CEL sempre foi muito mais do que um colégio para mim, ele foi o meu verdadeiro porto seguro com tanto carinho, atenção e reconhecimento. Sou muito grata a todos que fizeram parte disso, minhas conquistas com certeza não seriam possíveis sem eles. Sempre participei de muitas viagens e competições, além dos treinos que muitas vezes duravam um dia inteiro. O CEL sempre me deu todo o apoio e suporte para que eu alcançasse todos os meus objetivos dentro e fora das piscinas – agradece.

Atualmente, Jullia concilia os treinos e competições com os trabalhos como modelo:

Gosto muito das duas áreas, em certos momentos elas se completam e sou muito feliz. Sempre tento conciliar os horários e encaixar meus trabalhos como modelo nos meus horários vagos, intervalos de treino e folgas.

Categorias
Cultura Destaque Rio

Enredo do Salgueiro sobre Benjamin de Oliveira, ganhará versão teatral em 2022

 

 

Espetáculo traz circo do século XX e personagens do presente com mensagens de empoderamento e luta contra o racismo.

Em 2020, Benjamin de Oliveira completava 150 anos. Dono de circo, palhaço, dramaturgo, ator, cantor, compositor, músico. Muitos desses talentos foram exaltados durante o desfile da Acadêmicos do Salgueiro na avenida no carnaval carioca. Mas agora é a vez dos palcos.

Com produção em desenvolvimento desde 2018 e alavancado graças às inspirações do desfile da Acadêmicos do Salgueiro em 2020, o musical “Benjamin – O Palhaço Negro” traz o picadeiro aos palcos numa mistura lúdica de passado e futuro. Uma companhia mambembe fracassada resolve criar um novo espetáculo, já sem esperanças de sucesso, têm um encontro com Benjamin, fundador da trupe, informação que, até então, era desconhecida aos artistas. Contando a história de Benjamin, o espetáculo espelha passado e presente, mostrando a luta e o preconceito vivido pelo povo negro desde lá até hoje.

Com direção de Tauã Delmiro, idealização de Isaac Belfort, texto de Rebeca Bittencourt e direção musical de Nakiska Muniz, o espetáculo visa levar a história do palhaço negro e a voz de artistas pretos aos palcos com um grito de luta contra a opressão, trazendo junto a ele uma celebração ao artista inovador e inspirador que foi Benjamin, e que a história tentou abafar. No palco, nove artistas negros de musical darão vida a trajetória: Layla Santos, Isaac Belfort, Elis Loureiro, Maria Antônia Ibraim, Marcelo Vittória, Peterson Ferreira, Alex Carbral, Sara Chaves e Léo Araújo como ator convidado.

A peça, realizada pela Belfort Produções, tem previsão de estreia para abril de 2022 no Rio de Janeiro, com ingressos a preços acessíveis para maior acessibilidade  e democratização do público.

Para mais informações sigam o perfil do espetáculo no Instagram: @musicalbenjamin