Categorias
Brasil Destaque Notícias

Morador em situação de rua morre em centro de convivência em São Paulo

Um morador em situação de rua morreu na manhã da última quarta-feira (18) enquanto aguardava o café da manhã no Núcleo de Convivência São Martinho, no bairro do Belém, na zona leste da capital paulista.

Segundo a prefeitura de São Paulo, a pessoa em situação de rua, identificada como Isaias de Faria, de 66 anos, passou mal logo depois de entrar no centro de convivência, espaço conveniado com a prefeitura de São Paulo, mas administrado pelo Centro Social Nossa Senhora do Bom Parto e que serve refeições. Profissionais da área de saúde tentaram reanimá-lo, mas não tiveram sucesso.

O caso aconteceu por volta das 7h da manhã, no dia em que a capital registrou a mais baixa temperatura para um mês de maio dos últimos 18 anos, segundo o Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas (CGE).

Durante a madrugada, a média da temperatura mínima foi de 7 graus Celsius (°C) , mas os fortes ventos e rajadas fizeram a sensação térmica ser abaixo de 0°C, o que intensificou a sensação de frio.

Informações são de que Isaias de Faria teria passado a madrugada na rua e só seguiu para o Núcleo de Convivência para tomar o café da manhã.

A prefeitura informou que ele já tinha passado pelo local em outra ocasião, mas que não havia registro de passagem dele pela rede de acolhimento socioassistencial. Um boletim de ocorrência foi registrado no 8° Distrito Policial, no Brás.

Nesta madrugada, segundo a administração municipal, 293 pessoas foram encaminhadas para os serviços de acolhimento, mas 54 não aceitaram o serviço de acolhida. A população de rua na cidade de São Paulo é estimada em mais de 31 mil pessoas.

O governo municipal informa que sua rede de acolhimento conta com 15.116 vagas para pernoite e de 2.138 em hotéis e que está criando mais 2 mil vagas para abrigar essas pessoas nas noites mais frias.

Para hoje, a expectativa do CGE é de que as temperaturas voltem a ser muito baixas e batam recordes: a máxima não deve passar dos 14°C. Em alerta divulgado hoje, a Defesa Civil informou que o alerta para baixas temperaturas vale até sábado (21).

Por causa do frio intenso dessa semana, a Estação Pedro II do Metrô de São Paulo, na região central da capital paulista, estará aberta para abrigar pessoas em situação de rua durante a noite. A medida vai ocorrer até a próxima sexta-feira (20).

O serviço de acolhimento tem capacidade para atender até 100 pessoas, entre as 19h e 8h. É oferecido ainda jantar, por uma unidade móvel do Bom Prato, e café da manhã, na unidade do serviço na Rua 25 de Março.

A Catedral da Sé também vai abrir suas portas para receber pessoas que vivam nas ruas. A iniciativa é da Pastoral do Povo de Rua. O local foi preparado com 20 leitos.

A prefeitura deu início, nessa semana, à Operação Baixas Temperaturas. Por meio dela, equipes vão ser ampliadas para trabalhar no atendimento e acolhimento da população em situação de rua.

A prefeitura informa ainda que ampliou as vagas que são oferecidas na rede socioassistencial. Também serão disponibilizado cobertores, sopas e bebidas quentes.

 

 

Agência Brasil

Categorias
Brasil Cultura Destaque Notícias Samba

Zeca Pagodinho e Cadência da Vila fazem show em São Paulo

Evento em prol dos projetos sociais da Unidos de Vila Maria promete muita animação na quadra da escola

Foto: Divulgação

Neste sábado (19/03), às 20h, o cantor Zeca Pagodinho se apresenta na quadra da Unidos de Vila Maria, em São Paulo. O show em prol dos projetos sociais da escola de samba, terá a participação de outros artistas como Canto de Rei, Naninha Cantor, Grupo Quintal da Vila e da bateria da “Vila mais famosa”, Cadência da Vila. A bateria vai abrir o evento, com a rainha Sávia David, agitando a galera.

 

Foto: Divulgação

O show está sendo organizado pela Premium Camarotes e os ingressos estão sendo vendidos online e na sede da escola.

SERVIÇO:

Zeca na Vila

Data: 19/03/2022

Horário: 20h

Local: Quadra da Unidos de Vila Maria

R. Cabo João Monteiro da Rocha, 448 – Jardim Japao, São Paulo

Ingressos no site

E na sede da escola de samba

Categorias
Brasil Cultura Destaque

ANCEC promove evento Selo Referência Nacional 2021

Foto: Carlos Titanero

Na noite da última segunda (13) a ANCEC – Agência Nacional de Cultura, Empreendedorismo e Comunicação promoveu o evento Selo Referência Nacional 2021, na cidade de Guarulhos/SP.

O encontro que tem como objetivo homenagear personalidades e empresas de diversos ramos pelos seus serviços prestados no ano de 2020.

A ANCEC – Agência  Nacional de Cultura, Empreendedorismo e Comunicação nasceu da união de empresários, artistas e comunicadores com a função de valorizar o empreendedorismo, a arte e a comunicação em uma união inédita e inovadora através de ações de reconhecimento, promoção e execução de atividades nas três áreas.

A ANCEC é uma das principais entidades do Brasil comprometida com o reconhecimento de empresas que se destacam em sua área, entregando o Selo Referência Nacional.

As empresas indicadas ao prêmio são criteriosamente avaliadas pela comissão da agência, tendo como requisitos a qualidade no atendimento, serviços e produtos, a imagem da empresa perante o público, e as ações culturais e sociais desenvolvidas ou apoiadas pela empresa.

 

 

 

 

 

 

 

Esteve presente no evento, a Dr. Ana Cristina Campelo, diretora do Jornal DR1, que recebeu o Selo Apoiador Cultural pelo incentivo que promove à cultura. Na mesma noite a mesma recebeu o Selo Ação Social pelos projetos e ações promovidos em prol à sociedade.

Na mesma noite, o colunista do Jornal DR1 o advogado Carlos Augusto Aguiar também foi homenageado com o Selo Referência Nacional Advocacia e Justiça 2021 – categoria Ouro por ter sido destaque e referência em seu segmento.

A cerimônia contou com a apresentação do produtor, ator e fotógrafo Sacha Rodrigues, além de contar com apresentações musicais do Cantor JP Silva e Orquesta e Coral Vision. Houve também a exibição da microsérie “ÉDEN 20 63”, além da palestra do CEO do Grupo SEVEN e Presidente do Conselho de homenagens da ANCEC, Wanderley Pedroso.

Também estiveram presentes o CEO do Grupo Servidone, Marcelo Servidone, o presidente do Instituto Cultural da Fraternidade Universal, Dr Valdeci de Oliveira, o empresário e escritor Leandro Souza, juntamente com sua esposa,a advogada Rita Nascimento.

 

Categorias
Cultura Destaque Notícias

Esquenta para o carnaval 2022 no sambódromo do Anhembi

Escola de Samba Unidos de Vila Maria faz workshop de samba com  Sávia David e Carlinhos do Salgueiro

Com a redução da mortalidade no país para abaixo de 300 por dia, na
média, as pessoas estão animadas com a volta da vida ao normal. E o
Carnaval e os desfiles fazem parte dessa alegria genuinamente
brasileira. E para esquentar os tamborins e preparar aquele samba no pé que só o Brasil tem, a Escola de Samba Unidos de Vila Maria promoveu um workshop para a ala de passistas e malandros, em sua sede social,ministrado pela rainha de bateria da Vila mais famosa de São Paulo, Sávia David e pelo dançarino, coreógrafo, embaixador  do samba internacional, Carlinhos do Salgueiro.

Foto : Divulgação

A escola me convidou para fazer o workshop e como tenho formação em Educação Física quis agregar isso à minha experiência como rainha da bateria.  Ter Carlinhos, que tem formação em ballet, dança afro e contemporânea, foi incrível –  diz Sávia.

Carlinhos já levou o samba, com apresentações e workshops para mais
de 32 países.

Levar toda a minha didática e bagagem que tenho com o Salgueiro

Foto : Divulgação

foi muito importante. Sempre é uma troca. Aprendi, conheci o trabalho deles. Fazer essa mistura de Rio e São Paulo, Vila Maria com o Salgueiro, foi de uma importância incrível e fundamental para mim.

“O mundo precisa de cada um de nós” é o título do enredo da
escola para o próximo Carnaval. O desfile será desenvolvido pelo
carnavalesco Cristiano Bara. O samba-enredo leva a assinatura dos
compositores Dudu Nobre, Zé Paulo Sierra e Diego Nicolau. E, para mostrar samba no pé no sambódromo do Anhembi, é preciso treino, aprendizado e dedicação. Sávia levou toda sua bagagem, também como musa da Beija-Flor, e todo o preparo físico de fisiculturista, para as passistas e os malandros.

Eu amei a quadra, adorei conhecer um pouco da história da escola, e
a boa vontade e o carinho que fui recebido e tratado foi maravilhoso. E já agradeço a todos pela confiança em mim e pelo convite. Espero voltar outras vezes – conclui Carlinhos.

Categorias
Brasil Destaque Diário do Rio Notícias

Pelé faz cirurgia para retirada de tumor no cólon

Da Agência Brasil

Considerado o maior jogador da história do futebol mundial, o ex-atleta Edson Arantes do Nascimento, chamado pelos admiradores de Rei Pelé, está internado no Hospital Albert Einstein, em São Paulo. A informação foi confirmada pelo próprio Pelé, em suas redes sociais, e também pela assessoria do hospital.

Pelé escreveu que, no último sábado, foi submetido a uma cirurgia de retirada de lesão suspeita no cólon direito. “O tumor foi identificado na realização dos exames que mencionei na última semana”, diz a mensagem do ex-jogador nas redes sociais. De acordo com o hospital, o tumor foi identificado durante a realização de exames cardiovasculares e laboratoriais de rotina, e o material retirado foi encaminhado para análise patológica.

O boletim médico informa também que Pelé está bem, em recuperação na unidade de terapia intensiva (UTI) do hospital, e que pode ser transferido para o quarto amanhã (7).

Na publicação em suas redes sociais, Pelé disse que se sente “muito bem” e agradeceu as mensagens de apoio recebidas e ressalta estar “acostumado a comemorar grandes vitórias” ao lado das pessoas. “Vou encarar mais essa partida com um sorriso no rosto, muito otimismo e alegria por viver cercado de amor dos meus familiares e amigos”, afirmou o tricampeão mundial de futebol.

Na semana passada, Pelé deu entrada no hospital para exames de rotina. Na ocasião, desmentiu nas redes sociais que tivesse desmaiado ou passado mal. “Pessoal, eu não desmaiei e estou muito bem de saúde. Fui fazer meus exames de rotina, que não havia conseguido fazer antes por causa da pandemia”. E brincou: “Avisem que eu não jogo no próximo domingo.”

Categorias
Brasil Fica a Dica

Helena Grillo revela detalhe do segundo livro da trilogia Espadas e Pistolas

 

 

Autora já iniciou a escrita da continuação e afirma que a história segue com novo protagonista

Lançado pelo Grupo Editorial Coerência em março de 2021, o livro “Hona Pirata” marca o início da trilogia Espadas e Pistolas, um novo projeto de Helena Grillo. Recentemente a artista anunciou para seus seguidores que iniciou a escrita do segundo título e revelou alguns detalhes sobre a sequência.

“O protagonista da segunda história é diferente da primeira”, segundo a autora alguns leitores já levantaram essa hipótese após concluírem a leitura do primeiro título, mas essa mudança de perspectiva vai fazer muita diferença dentro da trilogia.

A ideia do universo de Espadas e Pistolas surgiu durante o isolamento social, foi por meio da escrita que Helena Grillo conseguiu suprir toda paixão que tem pela praia e o primeiro título pode concorrer ao Coerência Choice Awards 2021 na categoria Melhor Fantasia.

“Honra Pirata” gira em torno de Marina voltando no tempo após uma experiência científica. A jovem servia como cobaia de um projeto do seu pai, mas após ele perder o controle de uma máquina do tempo, ela volta ao passado diretamente para o navio do Barba Negra. Como uma garota do século XXI conviveria ao lado dos piratas? Nessa jornada recheada de descobertas, a personagem precisará lutar por sua vida e conhecer os verdadeiros prazeres da vida.

Os exemplares de “Honra Pirata”, primeiro livro da trilogia, já estão à venda na loja do Grupo Editorial Coerência e na Shopee. O segundo livro tem data prevista para lançamento no dia 07 de Agosto, com início às 12h na Festa Literária de São Paulo (Flisp) que acontecerá O evento acontece na Associação Osaka Naniwa-Kai (Rua Domingos de Morais, 1581 – Vila Mariana / SP) e será uma tarde de autógrafos e brindes.

 

Sinopse:

Durante toda sua vida, Marina foi usada como cobaia nas experiências do pai cientista. Somente as visitas escondidas de sua irmã gêmea, Mônica, traziam-lhe algum conforto. Tudo parece perdido até que seu pai perde o controle de um experimento e Marina viaja no tempo diretamente para o navio do Barba Negra. Diante dessa nova realidade, é obrigada a amadurecer e lutar por sua sobrevivência, mas também tem a oportunidade de enxergar o mundo pela primeira vez: conhecer os verdadeiros prazeres da vida, descobrir sobre o amor e entender o sentido da amizade.

Sobre a autora:

Filha de João Luiz e Maria Alice, Helena Grillo Miranda já nasceu complicada. Mesmo com um grande coração, acabou tendo um problema cardíaco, que foi curado por Deus logo depois de completar um ano de idade. Por isso, agarrou-se à vida, dando tudo de si em cada tarefa. Quando não está lendo ou escrevendo, Helena dá aulas de judô na equipe Força Jovem Judô, vê filmes de ação ou anime com o marido Hugo e brinca de lutinha no sofá com os irmãos mais velhos, Thalita e Thiago, que partilham o DNA do esporte. Após se formar em Jornalismo, conquistou seu MBA em Jornalismo Esportivo. Atualmente mora no Rio de Janeiro, onde nasceu e foi criada.

Saiba mais:

@comunicahype

@grupoeditorialcoerencia

@autorahelenagrillo

www.editoracoerencia.com.br

Categorias
Aconteceu Brasil Destaque Notícias Política Saúde

Bruno Covas morre aos 41 anos vítima de câncer

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), morreu às 8h20 deste domingo (16) aos 41 anos, em São Paulo, informou a prefeitura, em nota. Desde 2019, ele lutava contra um câncer no sistema digestivo com metástase nos ossos e no fígado. Deixa o filho Tomás, de 15 anos.

De acordo com o comunicado, Covas morreu “em decorrência de um câncer da transição esôfago gástrica, com metástase ao diagnóstico, e suas complicações após longo período de tratamento.”

O corpo de Bruno Covas será velado no Edifício Matarazzo, sede da Prefeitura de São Paulo, às 13h. Somente familiares e amigos próximos devem participar de uma cerimônia restrita, para evitar aglomerações na pandemia. Após a cerimônia, um cortejo em carro aberto vai percorrer a região central da cidade, em trechos como o Viaduto do Chá e Rua da Consolação, até chegar na região da Avenida Paulista. O prefeito vai ser sepultado em sua cidade natal, Santos, no litoral paulista. A cerimônia será restrita aos familiares.

POLÊMICA RECENTE

Já se tratando do câncer, Bruno Covas foi muito criticado por estar entre os convidados da final da Copa Libertadores, no Maracanã, em janeiro. Santista declarado, Covas e mais cerca de 5 mil convidados assistiram ao vivo a vitória do Palmeiras sobre o Santos.

O prefeito, então na época, afirmou que aceitou o convite, mesmo sabendo da pandemia, porque queria passar este momento de lazer ao lado de seu filho. O Santos lamentou nas redes sociais a morte de Covas e postou foto dele com o seu filho.

 TRAJETÓRIA DE VIDA

Filho de Pedro Lopes e Renata Covas Lopes e pai do jovem Tomás Covas, Bruno nasceu em Santos, no litoral paulista, no dia 7 de abril de 1980, e foi advogado, economista e político brasileiro.

Mudou-se para a capital paulista em 1995 e, dois anos depois, filiou-se ao PSDB, seguindo os passos do avô, o ex-governador Mário Covas (1930-2001), sua grande inspiração e influência política . No partido, chegou a ser presidente estadual e nacional da Juventude do PSDB e ocupou cargos na Executiva Estadual.

Sua carreira política começou em 2004, quando se candidatou a vice-prefeito de sua cidade natal. Dois anos depois, foi eleito deputado estadual na Assembleia Legislativa de São Paulo e reeleito para o mesmo cargo e m 2010, com mais de 239 mil votos, sendo o mais votado daquele ano.

No ano seguinte, assumiu a Secretaria Estadual do Meio Ambiente no governo de Geraldo Alckmin, permanecendo no cargo até 2014, quando foi eleito deputado federal para o mandato 2015-2019.

Além de Bruno Covas, morreu neste domingo também a  atriz Eva Wilma vítima de câncer.

Categorias
Aconteceu Cultura Destaque

Atriz Eva Wilma morre aos 87 anos

Atriz estava internada para tratar um câncer no ovário em São Paulo, no Hospital Albert Einstein.

A atriz Eva Wilma morreu neste sábado (15) aos 87 anos. Ela enfrentava um câncer no ovário e estava internada no Hospital Albert Einstein, na Zona Sul de São Paulo, desde o dia 15 de abril para tratamento de problemas cardíacos provenientes do tumor.

Um comunicado oficial, postado pela assessoria de imprensa da artista, detalhou a causa da morte de Eva. “Comunicamos que a atriz Eva Wilma acaba de falecer as 22h08, em função de um câncer de ovário disseminado, levando a insuficiência respiratória. Nossos profundos e sinceros sentimentos a todos os familiares, especialmente a John Herbert Buckup Jr. e Vivien Buckup”, disse, referindo-se aos filhos da atriz, frutos do casamento de Eva com John Herbert, morto em 2011. O segundo casamento de Eva Wilma foi com o também ator Carlos Zara e durou 23 anos.

Longe da TV desde 2019, quando viveu a personagem Drª Petra na novela “O Tempo não Para“, da TV Globo, um ano antes Eva Wilma interpretou Dora, no filme “Minha mãe, minha filha”. Nos palcos, suas duas últimas peças foram apresentadas em 2018: “Quarta-feira, sem falta, lá em casa” e o show “Casos e Canções”, que protagonizou ao lado do filho John Hebert Jr.

Categorias
Fica a Dica Notícias do Jornal

#Fica a dica…

 

Por: Claudia Mastrange

Dançando pelo Rio

Até o dia 28 de março, a dança toma conta de teatros, praças, ruas, em diversos pontos do Rio de Janeiro e de Niterói. Trata-se da edição especial MÓVERÂO, que conta com bailarinos de várias partes do mundo, que precisaram atuar na rua, durante a pandemia, e agora vão se apresentar em lugares abertos e em patrimônios históricos, como Parque Lage, Teatro João Caetano, Aterro do Flamengo, entre outros.

As atividades são on-line e presenciais. Audições, workshops, oficinas, mesas de debates, palestras, apresentação de danças populares, aulas a céu aberto, intervenções urbanas artísticas, mostra competitiva e de cinema ao ar livre de vídeodança, residência artística, tudo de graça, exceto o Teatro João Caetano que terá preços populares.

Foto: Divulgação

Toda a programação em https://www.moviriofestival.com

 

Misturas do confinamento

A cantora, compositora e artista visual Pilar está lançando o videoclipe ‘Junto e misturando’ (Zago Remix). O clipe foi produzido e gravado no apartamento da cantora, em São Paulo. O vídeo conta a história de uma pessoa confinada, que cansada da solidão, acaba se deparando com seus próprios alter egos.

O clipe fala de amor próprio, ao reconhecer as múltiplas facetas que existem dentro de cada um de nós, e acolhê-las. Como bônus, a produção apresenta um filtro do Instagram inspirado em umas das múltiplas personalidades que a artista exibe.

‘Junto e misturando’ (Zago Remix) foi fotografado e editado por Sarah Outeiro, com direção da própria Pilar em parceria com a multi-artista Alice Hellman. Já o roteiro envolveu as três profissionais. Vale e muito conferir.

 

Categorias
Brasil Destaque

Contrato para 10 milhões de doses da Sputnik, vacina russa contra a Covid-19 é assinado pelo Ministério da Saúde

 

O Ministério da Saúde assinou nesta sexta-feira (12) um contrato para a compra de 10 milhões de doses da Sputnik V, vacina contra a Covid-19 desenvolvida pelo instituto russo de pesquisa Gamaleya. Ela ainda não tem autorização para uso no Brasil. Os desenvolvedores firmaram parceria com a farmacêutica brasileira União Química. De acordo com o ministério, a União Química afirmou que pretende fabricar o imunizante em São Paulo e no Distrito Federal.

De acordo com resultados preliminares publicados na revista científica “The Lancet”, a vacina Sputnik V teve eficácia de 91,6% contra a doença. A eficácia dela contra casos moderados e graves da doença foi de 100%. A vacina é a quarta a ter resultados publicados em uma revista, depois de Pfizer/BioNTech, Oxford/AstraZeneca e Moderna. Quando isso ocorre, significa que os dados foram revisados e validados por outros cientistas.

 

Cronograma previsto pelo ministério:

*400 mil doses até o final de abril

*2 milhões no fim de maio

*7,6 milhões em junho